Impeachment de Dilma seria ‘muito útil ao PMDB’, diz Arthur Virgílio (PSDB)
Virgílio: só o PMDB seria beneficiado...

Impeachment de Dilma seria ‘muito útil ao PMDB’, diz Arthur Virgílio (PSDB)

O prefeito de Manaus e ex-senador Arthur Virgílio Neto (PSDB), disse na noite desta segunda-feira (3) em entrevista ao “Roda Viva”, da TV Cultura, que um eventual

Virgílio: só o PMDB seria beneficiado…

da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) seria “muito útil ao PMDB”

A afirmação foi feita no momento em que o tucano apontava as dificuldades que Dilma pode ter no seu segundo mandato. “Não posso deixar de esquecer que o vice dela pertence ao PMDB. Qualquer coisa política que ocorra com ela pode ser muito útil ao PMDB, que tem o vice na boca dela”, disse.

O ex-senador criticou algumas propostas defendidas por Dilma, como o decreto que regulamenta os conselhos populares e a regulação econômica dos veículos de comunicação. “Se ela não entender que o país mudou, se continuar com a história de conselho, de querer controlar a mídia, poderá ter um final não muito feliz.”

Questionado sobre se crê na possibilidade do impeachment, Arthur Virgílio citou a suposta delação premiada do doleiro Alberto Youssef, que teria dito que Dilma e Luiz Inácio Lula da Silva sabiam dos desvios na Petrobras. “Se é verdade o que diz Youssef, ela corre [risco de impeachment].” (UOL Notícias)

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta