Herança do Murad: auditoria encontrou superfaturamento de até 30% nas terceirizadas da Saúde

Herança do Murad: auditoria encontrou superfaturamento de até 30% nas terceirizadas da Saúde

Ex-Secretário Estadual de Saúde, Ricardo Murad

O Governo do Maranhão divulgou nota esclarecendo a situação atual das terceirizações da secretaria estadual de Saúde e a proibição da redução dos salários dos funcionários, o governo do estado revelou que o resultado preliminar da auditoria na secretaria revela indícios de superfaturamento de 25% a 30% nos valores dos contratos com ICN, Bem Viver e Idac.

A secretaria de Transparência e Controle continua a auditoria que deverá culminar com as medidas criminais e civis contra quem superfaturou os contratos.

Justamente por causa deste reajuste do contrato ao preço de mercado, existiram denúncias de reduções de salários dos funcionários, o que expressamente proibido. Segundo o governo, o instituto que utilizar do artifício para continuar ganhando mais do que deveria, sofrerá as sanções previstas nos contratos de cada uma.

Confira na íntegra a nota
NOTA DE ESCLARECIMENTO

Sobre a Portaria Conjunta SES/STC Nº 002/2015, de 6 de fevereiro de 2015, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que:

  1. A Portaria estabelece no Art. 3º que as entidades com contratos, convênios e termos de parceria com a Secretaria de Estado da Saúde não poderão reduzir postos de trabalho ou o valor das remunerações;
  2. Caso seja formalizada denúncia por parte de funcionário sobre eventual redução em seus salários junto à Secretaria de Estado da Saúde serão adotadas providências e, caso constatado o fato, serão aplicadas sanções contratuais e legais previstas ao respectivo instituto;
  3. Por fim, informa que a portaria foi editada devido aos resultados preliminares de auditoria realizada pela Secretaria de Estado da Transparência e Controle nos contratos de serviços e fornecedores dos Institutos ICN, Bem Viver e Idac apontarem indícios de superfaturamento da ordem de 25% a 30%.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta