Governo do Estado lamenta, em nota, a morte de Mestre Humberto de Maracanã

Governo do Estado lamenta, em nota, a morte de Mestre Humberto de Maracanã

O gabinete do governador do Estado, Flávio Dino,  divulgou, no início da noite, nota de pesar pela morte de Mestre Humberto de Maracanã, ocorrida na tarde desta segunda-feira (19), no Hospital Carlos Macieira.

A notícia da morte de Humberto, 75 anos, um dos mais populares cantadores de bumba-meu-boi do Maranhão repercutiu muito junto à população em geral, especialmente junto aos produtores culturais e comunidades com tradição junina.

O Maranhão, São Luís e a comunidade do Maracanã, no interior da Ilha, choram a perda do mestre autor de “Maranhão, meu tesouro, meu torrão”, que se tornou uma espécie de hino de exaltação da taba timbira.

NOTA DE PESAR – Humberto de Maracanã

19 de janeiro, 2015 – 18h14

“O Governo do Estado manifesta profundo pesar pelo falecimento de Humberto Barbosa Mendes, cantador do Boi de Maracanã, ocorrido na tarde desta segunda-feira (19).

“Humberto de Maracanã, como era conhecido, deixa um grande legado para a cultura maranhense. Cantador desde os 34 anos, marcou época, interpretando vários clássicos do folclore maranhense como a toada “Maranhão meu tesouro, meu torrão” e foi reconhecido pelo Ministério da Cultura como Mestre em Cultura Popular.

“O governador Flávio Dino, bem como o conjunto de servidores do Estado, solidarizam-se com a família, amigos e toda a população maranhense neste momento de dor.”

O corpo de Mestre Humberto de Maracanã está sendo velado na comunidade do Maracanã, e o enterro marcado para as 16 horas desta terça-feira (20)

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta