Governador Flávio Dino preside fórum para ações pela paz

Governador Flávio Dino preside fórum para ações pela paz

O Gabinete de Gestão Integrada (GGI), regido por portaria emitida pelo Ministério da Justiça, reuniu-se no Maranhão pela primeira vez, nesta última quinta-feira (12). A reunião foi presidida pelo governador Flávio Dino, que dentre as deliberações, para promover a paz e articular ações de prevenção ao crime e de combate às drogas, encaminhou a criação de uma comissão temática formada por movimentos sociais, igrejas e sociedade civil.

O governador Flávio Dino explicou que além de desenvolver ações de inteligência no combate à criminalidade, o Gabinete de Gestão Integrada envolverá a sociedade civil na promoção da paz, no combate às drogas e na prevenção da violência.

“O combate às drogas é importante porque elas alavancam outros crimes, mas esse esforço vai para além das políticas de segurança. Por isso, é preciso envolver a sociedade civil, convocar as igrejas, os movimentos sociais e todas as instituições com atuação reconhecida na área para que esse esforço conjunto tenha êxito”, explicou o governador.

A reunião articulou ações, em todos os âmbitos do Estado, para garantir a efetividade no combate ao crime organizado e no enfrentamento da violência nas cidades e no campo. Com a reunião das três esferas de poder foi possível compartilhar ações de inteligência entre o Executivo, o Legislativo, o Judiciário e o Ministério Público.

O debate teve a presença de secretários estaduais, comandantes de corporações, delegados e representantes dos demais poderes, que destacaram o GGI como uma ferramenta de integração, uma vez que possui também, o objetivo de compartilhar ações de inteligência, para a execução de planejamentos estratégicos no combate à criminalidade.

O desembargador Raimundo Barros explicou que a reunião dos poderes é positiva porque acumula esforços em prol da sociedade. “Nós, como membros do poder judiciário entendemos que esse trabalho de combate à violência jamais terá êxito se for feito apenas por uma instituição. Capitaneado aqui pelo governador Flávio Dino, o gabinete terá a missão de promover a paz. Estamos aqui com o espírito colaborativo para que as ações tenham efetividade”, disse.

O secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, explicou que a primeira reunião do GGI tratou sobre a instalação do órgão com a definição da pauta que será discutida no segundo encontro, como o encaminhamento da criação de comissões técnicas e temáticas, como a que será formada por entidades da sociedade civil, para discutir temas na área de segurança pública.

O secretário Jefferson Portela explicou ainda que o foco do GGI é integrar instituições federais, estaduais e municipais, com meta em resultados, como a redução da prática de crimes e de violência de qualquer natureza. “Os componentes do Gabinete vão agir de modo integrado na identificação, no planejamento, na execução e monitoramento dos índices de violência do estado do Maranhão”, relatou.

As linhas mestras que conduzem o GGI são a incrementação do diálogo entre os órgãos responsáveis pela Justiça Criminal; planejamento estratégico para implementação de ações no âmbito do combate à criminalidade; e constituição da informação como principal ferramenta da ação policial.

Para o comandante do 24° Batalhão do Exército Brasileiro, Carlos Frederico de Azevedo Pires, a implementação do Gabinete de Gestão Integrada, é essencial para a sociedade, que necessita de todos os setores da segurança trabalhando pelo bem comum. “Nesse primeiro momento vamos levantar as ações que são viáveis, já apresentando dados estatísticos que permitirão então traçar as estratégias, para que nós tenhamos uma real visão do que está acontecendo e priorizar os esforços”, disse.

O superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Maranhão, Antônio Fernando Oliveira, assinalou que a integração das forças é de fundamental importância. Ele relatou que durante a reunião o governador Flávio Dino ressaltou que o estado deve ser visto como um todo e, portanto, a segurança tem que agir como tal.

“Em suma, a reunião foi uma apresentação do GGI, de como ele funciona e qual documento legal o rege, e nos foi sugerido ainda algumas câmaras temáticas que vão ser debatidas na próxima reunião”, informou.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta