Gardeninha quer merenda diferenciada para portadores de diabetes e intolerância

Gardeninha quer merenda diferenciada para portadores de diabetes e intolerância

Obrigatoriedade para a distribuição de merenda escolar diferenciada a alunos de toda a rede estadual de ensino público, no Maranhão, que sejam portadores de diabetes, hipoglicemia, doença celíaca, lactose e outros problemas etiologia. É o que dispõe o projeto de lei 232/2013, em fase de tramitação na Assembleia Legislativa,  de autoria da deputada Gardênia Castelo (PSDB).

Pelo projeto, a escolas públicas terão prazo de dois anos para se adaptar às exigências da presente lei, cabendo ao Poder Executivo regulamentá-la em todos os aspectos necessários para sua efetiva aplicação.

Segundo a deputada, dados da Sociedade Brasileira de Diabetes apontam que 6% da população brasileira, ou seja, mais de 12 milhões de pessoas, são portadoras de alguma forma de diabetes, sendo que 1/3 desse total nem sabe que possui a doença, o que favorece as perspectivas de expansão e de agravamento.

– “Para os celíacos, isto é, para aqueles que possuem intolerância ao glúten, proteína encontrada no trigo e seus derivados, o tratamento eficaz consiste justamente numa dieta rigorosa, aonde devam ser retirados os alimentos que contenham esse tipo de proteína. Por sua vez, 40% da população brasileira têm intolerância à lactose, presente no leite e seus derivados”, explicou a deputada.

 

Gardenia: merenda diferenciada para alunos com problemas de saúde

De acordo com Gardênia Castelo, a intenção de transformar o projeto em lei é garantir alimentação adequada aos alunos que dela necessitam, possibilitando a que eles participem da vida escolar sem a preocupação do agravamento do seu estado de saúde, mercê da intolerância alimentar.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. Carlos

    A Deputada Gardeninha só agora teve essa ideia, pq durante 4 anos atrás ela tava ocupada administrando a prefeitura. kkkkkkk Agra ela quer mostrar serviço.

Deixe uma resposta