Fundação que guarda memórias de Sarney reabre, mas sob o estilo Flávio Dino de governar
Os serviços prestados à comunidade no Convento das Mercês estão garantidos. Quanto a guardar o acervo de Sarney, é outra história...

Fundação que guarda memórias de Sarney reabre, mas sob o estilo Flávio Dino de governar

O governo do Maranhão vai reabrir nesta segunda-feira (19) a FMRB (Fundação da Memória Republicana Brasileira), entidade pública que administra o acervo do ex-presidente José Sarney (PMDB).

A decisão foi anunciada neste domingo (18) após reunião no Convento das Mercês, prédio histórico sede da instituição, entre secretários estaduais e moradores do bairro do Desterro, que participam de atividades oferecidas pela FMRP.

Na última sexta (16), a direção da fundação decidiu fechar a instituição após o governo Flávio Dino (PC do B) ter demitido os 48 servidores comissionados da FMRB.

Rival histórico dos Sarney, o novo governador venceu as eleições do ano passado e pôs fim a cinco décadas de domínio do grupo político do ex-presidente no Maranhão.

A gestão Dino afirma que vai ampliar as atividades desenvolvidas na FMRB. Uma comissão foi formada neste domingo para isso.

“Essa comissão que assumirá a Fundação a partir de amanhã (segunda-feira) e realizará estudos sobre a estrutura do prédio, sobre as atividades já desenvolvidas e sobre o importante acervo histórico ali presente”, afirmou por meio de nota a secretária de Cultura, Ester Marques.

Até o ano passado, a instituição oferecia a crianças e jovens do bairro do Desterro e adjacências um projeto de reforço escolar, cursos

Os serviços prestados à comunidade no Convento das Mercês estão garantidos. Quanto a guardar o acervo de Sarney, é outra história…

A reunião entre os secretários de Flávio Dino e a comunidade do Desterro que decidiu pela reabertura do convento…

profissionalizantes, curso pré-vestibular, entre outras iniciativas.

Segundo a secretária, essa comissão dará continuidade imediatamente às atividades já desenvolvidas no local e terá poder de ampliar a programação a partir de estudos de necessidades e de demandas da própria comunidade.

Após a reunião com a comunidade, os representantes do governo receberam os funcionários comissionados que foram demitidos para uma conversa.

Com informações da Folha de São Paulo

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta