Fuga de presos vira piada no Maranhão

Chanchada: presos fogem outra vez pela porta da frente de Pedrinhas

Parece brincadeira. Mas está virando rotina presos fugirem do Centro de Detenção Provisória do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, o Cadeião, em São Luís. Nove deles empreenderam mais uma nova fuga,  por volta das 7h30 da manhã de sábado, 3. Dia 14 de julho, fugiram 15  por um túnel de metro e meio de diâmetro que ninguém vira cavar. Paralelamente, outras fugas ocorreram em prisões do interior do Estado.

A própria Secretaria de Estado da Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), informou que vários parentes de presos estavam do lado de fora da penitenciária, aguardando a hora da visita, quando um homem, dirigindo um automóvel Corsa Classic branco, deu marcha-à-ré no carro e acelerou, derrubando o portão da prisão. Parece piada, mas, com a ação, cerca de nove presos estavam prontinhos para fugir.

Conforme, ainda a Sejap, o planejado pelos criminosos seria que mais de 20 detentos fugissem, mas a segurança conseguiu conter vários presos. Menos mal…

Os fugitivos são do bloco Delta que,  segundo o agente segurança do CDP, William Roosevelt, estaria em reforma. Por isso, vários detentos estavam no pátio do Cadeião, o que teria facilitado a fuga. Coisa devidamente coordenada entre os ambientes interno e externo da penitenciária

A demissão de Sérgio Tamer do comando dessa secretaria seria por conta de um complô contra a sua presença na Sejap. Para acabar com isso, é trocado por  Sebastião Uchoa, mas  coisa degringola.

Muita coisa deve estar errada no sistema prisional do Maranhão. Ao que tudo indica, o complô pode ser mesmo é contra Roseana Sarney e seu governo.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta