Flávio Dino empossa quatro novos secretários do governo do Maranhão, depois de fundir pastas

Flávio Dino empossa quatro novos secretários do governo do Maranhão, depois de fundir pastas

Governador e demais autoridades prestigiaram posse de secretário estaduais. Foto: Karlos Geromy/Secap

Governador e demais autoridades prestigiaram posse de secretário estaduais. Foto: Karlos Geromy/Secap

O governador Flávio Dino empossou, nesta terça-feira (16), quatro novos secretários de Estado. A solenidade foi realizada em São Luís, no Palácio Henrique de La Rocque e representou nova fase de diminuição de gastos, agilização de processos administrativos e monitoramento do cumprimento do Programa de Governo.

A reordenação administrativa promovida pelo Governo incluiu a fusão das pastas de Assuntos Políticos e Federativos (Seap) e de Comunicação (Secom), de Agricultura e Pecuária (Sagrima) com a de Pesca e Aquicultura (Sepaq), da Secretaria de Turismo (Setur) com a de Cultura (Secma), além da criação da Secretaria de Governo.

Antigo titular da Seap, Márcio Jerry assume a Secretaria de Comunicação e Assuntos Políticos (Secap). Já Márcio Honaiser continua à frente da agora Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima). O ex-secretário de Cultura, Felipe Camarão, atuará na recém-criada Secretaria de Governo, enquanto em seu lugar assume o ex-secretário-adjunto, Diego Galdino, que agora será o titular da Secretaria de Cultura e Turismo (Sectur).

O governador explicou que as mudanças promovidas têm dois objetivos específicos: reduzir gastos e dar maior eficiência ao Governo. “Quando nós fundimos estrutura estamos visando economias com custeio, sobretudo. Além de estarmos agregando setores que tem finalidades similares para que com isso nós possamos ter maior velocidade na implementação das políticas públicas”, esclareceu.

Secretários Felipe Camarão, Diego Galdino, Márcio Honaiser e Márcio Jerry. Foto: Karlos Geromy/Secap

Secretários Felipe Camarão, Diego Galdino, Márcio Honaiser e Márcio Jerry. Foto: Karlos Geromy/Secap

Falando em nome dos secretários empossados, Felipe Camarão ressaltou que os ajustes são normais na gestão pública e que o Governo continua com o propósito maior de servir a população maranhense. “As metas, as políticas estabelecidas e os compromissos assumidos com a população maranhense ainda no ano de 2014 continuam exatamente os mesmos”, enfatizou o secretário de Governo.

Ao finalizar a solenidade, o governador Flávio Dino agradeceu aos servidores e secretários pela compreensão diante das necessidades e elogiou a demonstração de compromisso com o Estado.

“Exercemos as prerrogativas outorgadas soberanamente pelo povo nas urnas visando exatamente harmonizar o sentido coletivo da nossa equipe em direção à consecução de um único Programa. E nós estamos aferrados a esse conjunto programático que norteia nosso Governo, de melhorar a vida do povo. E é para isso que fizemos essas mudanças”, finalizou o governador.

Estiveram presentes à solenidade o Prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Jr., o presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Coutinho, vários deputados estaduais e lideranças políticas de todo o Estado.

Novos secretários estaduais

  • Secretário Márcio Jerry (Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos);
  • Secretário Felipe Camarão (Secretaria de Estado de Governo);
  • Secretário Márcio Honaiser (Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca);
  • Secretário Diego Galdino (Secretaria de Estado da Cultura e Turismo);

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta