Fim da linha para Eike Batista. A OGX anuncia o calote
O ex-bilionário Eike Batista entrega os pontos e pede concordata juidicial

Fim da linha para Eike Batista. A OGX anuncia o calote

Empresa comunica ao mercado que não houve acordo com credores para reestruturar as dívidas de US$ 3,6 bilhões da companhia; próximo passo é a recuperação judicial, que deve ser anunciada ainda hoje; empresário que prometia ser o mais rico do mundo termina sua saga de forma melancólica; caso irá deflagrar nova guerra política, uma vez que Eike era apontado como um dos “campeões nacionais” apoiados pelo PT

Aviso ao mercado

A OGX, do empresário Eike Batista, avisou ao mercado que não conseguiu chegar a um acordo com seus credores para reestruturar a dívida de US$ 3,6 bilhões da companhia. Diante disso, a empresa pedirá recuperação judicial, naquela que será a maior moratória privada da história da América Latina. Termina, assim, de forma melancólica a saga do empresário brasileiro que prometia ser o mais rico do mundo, mas não conseguiu entregar os resultados prometidos a seus investidores.

O caso Eike também deverá deflagrar uma nova guerra política, uma vez que ele era apontado como um dos “campeões

O ex-bilionário Eike Batista entrega os pontos e pede concordata juidicial

nacionais” apoiados pelo BNDES e pelos governos do PT. O BNDES é um de seus principais credores, mas alega que não será afetado pelo calote.

Para o mundo, a Agência Reuters  anunciou: a petroleira OGX encerrou as conversas com detentores de 3,6 bilhões de dólares em bônus da dívida com vencimento em 2018 e 2022 sem obter um acordo para reestruturar sua dívida após meses de negociações, conforme disse a empresa em um comunicado na madrugada desta terça-feira (29)  

A OGX, controlada pelo ex-bilionário Eike Batista, se prepara para entrar com pedido de recuperação judicial a partir de hoje, disseram ontem três fontes com conhecimento da situação. (Agência Brasil-247)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta