“Eu voto no PT”, disse autor do habeas corpus a favor de Lula

“Eu voto no PT”, disse autor do habeas corpus a favor de Lula

“Eu voto no PT e voto sempre no Ivan Valente, do PSOL. Mas veja bem, não tem nada a ver (o habeas corpus) com política, não. Quando eu acredito numa coisa, eu faço a coisa, entendeu?”

A declaração ao Estadão é de Mauricio Ramos Thomas, de 50 anos, autor do habeas corpus preventivo em favor de Lula, o “Brahma”, de quem diz ter apertado a mão “uma vez em 1982, 1983, sei lá o quê”.

Mauricio também disse:

“Existe uma ameaça concreta de que o Lula pode ser preso.”

Pois é. O próprio Brahma, espumando de raiva, já admitiu que é o “próximo alvo”.

Parece que seus eleitores entenderam o recado.

mauricioramostomaz

Maurício toma Heineken, mas veja bem: defende Brahma

Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta