Especialistas internacionais começam a destruir arsenal químico da Síria
Especialistas internacionais chegam a um dos locais do arsenal de armas químicas

Especialistas internacionais começam a destruir arsenal químico da Síria

A equipe de especialistas internacionais que está na Síria começou, ontem (06), a “destruir” parte do arsenal químico do regime de Bashar al Assad, disse à Agência Efe um representante da missão conjunta da Organização para a Proibição de

Especialistas internacionais chegam a um dos locais do arsenal de armas químicas

Armas Químicas (Opaq) e da Organização das Nações Unidas (ONU).

A fonte, que pediu o anonimato, assinalou que durante o dia de ontem os investigadores têm programado “destruir parte das armas armazenadas e dos equipamentos para sua produção”.

Este é o primeiro dia em que os inspetores se dedicam à tarefa, segundo a fonte, que não quis detalhar o local exato em que estão trabalhando por “motivos de segurança”.

Durante os primeiros dias de sua missão, a equipe técnica trabalhou em verificar a informação proporcionada pelo governo sírio, a segurança das equipes de inspeção e a disposição para implantar o plano que estabelece a destruição do arsenal químico durante a primeira metade de 2014.

Os inspetores chegaram na terça-feira passada a Damasco para aplicar um plano estipulado pela comunidade internacional e ratificado pela ONU, após o acordo feito “na última hora” pelos Estados Unidos e pela Rússia para evitar uma intervenção militar.

A Convenção para a Destruição de Armas Químicas estabelece que seus Estados membros (a Síria aderirá no dia 14) são responsáveis pela segurança dos investigadores da Opaq, assim como pelos custos da destruição do armamento.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta