Enem já é aceito em 22 universidades de Portugal. Veja como se candidatar

Enem já é aceito em 22 universidades de Portugal. Veja como se candidatar

Em abril, mais três universidades de Portugal passaram a aceitar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para brasileiros: a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e os institutos politécnicos de Bragança e de Setúbal. Agora, são 22 as instituições de ensino superior portuguesas que reconhecem o Enem como instrumento de avaliação.

Os convênios foram firmados com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Também aderiu este ano ao Enem a cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, em março.

Desde 2014, a nota no exame já é válida para ingresso nas universidades de Coimbra e de Algarve. Em 2015, o Enem foi incluído na seleção das universidades de Aveiro e de Lisboa e nos institutos politécnicos de Leiria, Beja, Porto, Portalegre, Cávado e do Acre, Guarda, e de Coimbra. Em 2016 foi a vez das universidades do Porto, Madeira, Viseu, dos Açores, do Minho, da Beira Interior, e do Instituto Politécnico de Santarém.

Quer estudar em Portugal? Veja como se candidatar às universidades usando o Enem

Desde que a nota do Enem passou a ser aceita para ingressar nas universidades portuguesas, há três anos, o número de estudantes brasileiros que sonha em cursar o ensino superior em Portugal aumentou consideravelmente. O exame é válido para ingresso tanto em cursos politécnicos quanto em faculdades públicas e privadas.

No Salão do Estudante, a procura pelas faculdades lusitanas só ficou atrás das instituições de países de língua inglesa, conta Samir Zaveri, presidente do BMI, organizador do evento:

– Os preços de faculdade aqui no Brasil subiram e se você tem uma qualificação profissional internacional dá um destaque no currículo.

Que cursos lecionam as instituições de Ensino Superior portuguesas?

Os cursos de licenciatura são os de graduação (primeiro ciclo). Mestrado (segundo ciclo) e Doutoramento (terceiro ciclo) são cursos de pós-graduação conferentes do grau de Mestre e Doutor.

Quais são os pré-requisitos para a candidatura?

O Estatuto do Estudante Internacional estabelece um concurso especial para acesso aos cursos de licenciatura e mestrado integrado para estudantes internacionais. É preciso ter Ensino Médio completo, mas cada instituição exige condições específicas.

Aceita-se o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)?

As instituições portuguesas reconhecem o Enem como forma de ingresso para candidatura no âmbito do Concurso Especial de Acesso e Ingresso no Ensino Superior.

E se o candidato não tiver feito o Enem?

A maioria das instituições exige uma prova de ingresso, que pode ser feita no consulado português.

Quando começa o ano letivo?

Inicia-se em setembro e termina em julho do ano seguinte.

Quanto custa?

Todas as faculdades em Portugal são pagas, mesmo as públicas. As propinas, como são chamadas as mensalidades, têm custo diferenciado para estrangeiros. Algumas possuem, ainda, descontos especiais para brasileiros. O valor médio é de 4.000 euros por ano.

É preciso visto?

Sim, é necessário visto de estudante, que deve ser solicitado na Embaixada Portuguesa próxima da área de residência. Pelo site (www.portaldascomunidades.mne.pt/pt) é possível encontrar os endereços dos consulados.

O que fazer depois de aceito na faculdade?

Será necessário efetuar o registro de Serviço Nacional de Saúde da área de residência onde esteja alojado, além de manter o passaporte válido. Abrir uma conta bancária e adquirir um número de identificação fiscal (NIF) junto aos Serviços Fiscais também será necessário.

 Fonte: Extra/Globo

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. Adorei seu post sobre piscina portatil. Vou adicionar ao meu bookmark.
    Meu loja virtual https://www.casacia.com.br também possui diversos
    produtos sobre o assunto.
    Somos um novo ecommerce especializado em produtos de utilidades domesticas
    e para piscina portatil. Parabéns

Deixe uma resposta