Em tempos de crise, senador Roberto Rocha (PSB) defende plano de desenvolvimento para o Brasil
Roberto Rocha, preocupado com a crise econômica brasileira, propõe um modelo para sair dela

Em tempos de crise, senador Roberto Rocha (PSB) defende plano de desenvolvimento para o Brasil

Roberto Rocha, preocupado com a crise econômica brasileira, propõe um modelo para sair dela

O senador Roberto Rocha (PSB-MA) usou as redes sociais para defender a elaboração com urgência de um plano de desenvolvimento factível para tirar o Brasil da crise. “O governo federal não pode apenas se fixar em ajuste fiscal”, afirmou o senador. Para ele, a maior conquista do governo do PT está em jogo e é preciso agir em duas frentes para que toda prosperidade alcançada nos últimos anos não se perca.Roberto Rocha defendeu prioridade para a exportação, o turismo interno e as áreas de infraestrutura e logística como forma de retomar o crescimento do País. Segundo ele, a alta do dólar torna o momento favorável para os serviços de turismo e negócios de exportação e os investimentos em infraestrutura e saneamento básico geram emprego:

– “O crescimento do desemprego é algo muito sério. Sem emprego, a inadimplência cresce e a crise se aprofunda,” avaliou o senador. Para ele, é preciso ir além de ajustar as despesas e começar a pensar uma saída que garanta as conquistas sociais e econômicas dos últimos anos. Caso contrário, “aqueles milhões de brasileiros que subiram para a classe C, podem voltar para D”.

O senador defende investimentos em infraestrutura, contando com a parceria da iniciativa privada, uma vez que os cofres públicos não suportariam novas e pesadas despesas. “Se não investir em infraestrutura, o País não continuará crescendo,” afirmou, lembrando as crises energética e hídrica, as más condições das estradas e a quase inexistências de hidrovias, ferrovias portos e aeroportos no Brasil.

“São obras caras, mas necessárias e que geram muito emprego”, concluiu

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta