Em Pernambuco, Eduardo Campos sanciona lei que moraliza transição entre prefeitos e governadores
Eduardo Campos, moralizando a transição do poder

Em Pernambuco, Eduardo Campos sanciona lei que moraliza transição entre prefeitos e governadores

 

EDUARDO CAMPOS, direto do Facebook

Foi com muita satisfação que, hoje, sancionei a Lei de Responsabilidade de Transição. Com ela, o Tribunal de Contas do Estado e o Ministério Público de Pernambuco terão muito mais condições de fiscalizar com rigor o processo de transição entre prefeitos e governadores.

Eduardo Campos, moralizando a transição do poder

A iniciativa é muito importante e age especialmente contra a falta de informação. Ao assumir o cargo, prefeitos eleitos muitas vezes precisam lidar com a ausência de documentos importantes, e esta lei impede que arquivos sejam apagados e equipamentos sejam danificados propositalmente.

Com isso, preservamos o gestor que ingressa na administração pública e aquele que deixa o cargo mas, principalmente, garantimos o direito do cidadão. A transparência na mudança de uma gestão é um direito de todos os pernambucanos, que precisa – e vai – ser respeitado.

Se algumas pessoas ainda enxergam a transparência na administração pública no Brasil como uma utopia, é hora de rever este conceito. Este item é cada vez mais essencial na agenda do Brasil, sobretudo quando pensamos no desenvolvimento que queremos ver no País durante os próximos anos.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta