Em Coêlho Neto-MA, crime bárbaro: homossexual é morto a pedradas
A forma como foi encontrado o corpo do homossexual

Em Coêlho Neto-MA, crime bárbaro: homossexual é morto a pedradas

BLOG DO CARLOS MACHADO (Coêlho Neto-MA)
Ontem, 25.12, a equipe do SAMU recebeu uma ligação anônima informando sobre a existência de um corpo em uma residência da Rua Mal. Castelo Branco no Centro de Coelho Neto.
O corpo era do homossexual Aldair José Soares, 35 anos, conhecido como Luana. Segundo informações a vítima foi vista, pela última vez, às 9 da noite em frente da casa em que morava.
Não havia sinais de arrombamento, pois a chave estava do lado de dentro e a porta encontrava-se aberta. Vários preservativos foram encontrados no local.
Para os policiais que investigam o caso existe a suspeita de que a vítima tenha sido assassinada por pedradas ou pauladas, provavelmente, por volta da meia noite do dia 24, pois o corpo já estava frio, enrijecido e o sangue coagulado. Foi encontrada despida e de bruços.
Ainda não há pistas do assassino ou, prováveis, assassinos.

A forma como foi encontrado o corpo do homossexual

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta