Eduardo Campos, de trajetória política meteórica, era um homem simples, mas de uma sabedoria e humanismo raros

Eduardo Campos, de trajetória política meteórica, era um homem simples, mas de uma sabedoria e humanismo raros

Deputado estadual, deputado federal por três mandatos, governador de Pernambuco, eleito e reeleito e com uma das maiores votações da história do Estado, ministro das Ciências e Tecnologia. Foi assim a trajetória política de Eduardo Campos, um homem preparado, fala mansa, culto e sabedor das dores e aspirações do povo pernambucano e brasileiro. Foi este homem de ouro,  quase cinquentão,  que, novo, foi abatido hoje por uma tragédia. De norte a sul, o Brasil chora essa perda, porque sabe que são poucos os homens públicos do país com um perfil cada vez mais raro. Com pouco tempo de convivência, a respeitada ecologista Marina Silva juntou-se a ele por uma circunstância – o seu partido da Rede Sustentável foi barrado pela Justiça Eleitoral brasileira. Mas, há instantes, emocionada, chorando, disse que esse pouco tempo de convivência com Eduardo Campos foi o suficiente para “admirá-lo e respeitá-lo”,  por suas convicções e sabedoria. Ele tinha certeza de que o mundo e o Brasil podem mudar pra melhor. Se os homens e as mulheres quiserem…

Eduardo Campos

(1965 – 2014)

De família de políticos, candidato à Presidência foi deputado federal e governador de Pernambuco

Foto: Evaristo Sá/AFP

Infância e juventude

1965

Nasce no Recife, filho do poeta Maximiliano Campos e da ex-deputada federal e ministra do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes

1981

Entra no curso de Economia da Universidade Federal de Pernambuco aos 16 anos e vira diretor acadêmico

1986

Abdica do mestrado que faria nos EUA para ajudar na campanha que elegeu seu avô Miguel Arraes ao governo de Pernambuco

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Início da vida política

1990

Filia-se ao PSB e é eleito deputado estadual por Pernambuco

1991

Casa-se com Renata de Andrade Lima. Entre 1992 e 2014, o casal tem 5 filhos

1994

Aos 29 anos, é eleito deputado federal por Pernambuco.

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Participação no governo Lula

1998

Reeleito deputado federal

2002

Eleito deputado federal pela terceira vez

2004

Nomeado Ministro da Ciência e Tecnologia do governo Lula, onde trabalhou pela aprovação da lei que autoriza pesquisas com células-tronco embrionárias

Foto: Joedson Alves/Estadão Conteúdo

Governo de Pernambuco

2005

Assume a presidência do PSB

2006

Eleito governador de Pernambuco

2010

Reeleito governador de Pernambuco com 83% dos votos

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Candidatura à Presidência

Setembro de 2013

PSB entrega os cargos que o partido ocupava no governo federal e planeja lançar candidatura própria

Outubro de 2013

Alia-se à ex-senadora Marina Silva na disputa presidencial

Abril de 2014

Renuncia ao governo de Pernambuco para se dedicar à campanha presidencial

Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta