E a cidade dorme mais cedo: a paralisação é mantida, diz sindicato dos rodoviários

E a cidade dorme mais cedo: a paralisação é mantida, diz sindicato dos rodoviários

Paralisação iniciada na sexta-feira, 28, ainda clama por segurança

Em reunião realizada na tarde desta segunda-feira (31), entre representantes do Sindicato dos Rodoviários, decidiram que a paralisação será mantida por tempo indeterminado e às 18h os coletivos serão recolhidos as garagens e só retornarão às 4h de terça-feira.

Na manhã de hoje, aconteceu outra reunião entre representantes dos rodoviários, dos empresários do transporte coletivo e da Polícia Militar no auditório do Comando Geral da Polícia Militar, no bairro do Calhau. O comandante do Policiamento Especializado, coronel Ivaldo Barbosa, prometeu aos rodoviários que o policiamento será reforçado dentro dos coletivos.
Além disso, o comandante disse que a PM estará presente também dentro dos terminais de integração, onde segundo os rodoviários, os assaltos estão cada vez mais frequentes.
Mas as propóstas da policia militar não foram o suficiente para que o Sindicato dos Rodoviários suspendesse a paralisação.
Nesta terça-feira (1º) às 9h, será realizada uma nova reunião entre a policia militar e os rodoviárias, para decidirem o fim da paralisação.
Os rodoviários ainda reinvidicam que 15 viaturas que estão paradas no estacionamento da Secretária de Segurança Pública (SSP) estejam circulando nas ruas, para garantirem mais segurança a população.
Segundo a SSP, as viaturas que estão no pátio são exclusivas das Unidades de Segurança Comunitária (USC) que ainda estão em construção.
Segundo o coronel, Ivaldo Barbosa, as propostas feitas aos rodoviários são de fazer a segurança nas áreas de riscos e colocar serviço velado de identificação de bandidos. Em relação às viaturas que estão no pátio da SSP, amanhã a partir das 16h, irão juntamente com os rodoviários receber as 15 viaturas no Palácio Henrique de Laroque, onde será atendido a reivindicação dos Rodoviários para que essas viaturas circulem na cidade.
Em nota, o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros, discorda desta deliberação exclusiva dos Rodoviários, lamenta os transtornos causados à população, e está informando as autoridades sobre a medida tomada pelos Rodoviários.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta