Drama familiar: morte do filho de Alexandre Garcia tira-o temporariamente da Rede Globo
Alexandre Garcia: morte do filho e drama familiar

Drama familiar: morte do filho de Alexandre Garcia tira-o temporariamente da Rede Globo

Um dos mais conhecidos e respeitados jornalistas do Brasil, o comentarista da Rede Globo, Alexandre Garcia, está passando por um delicado momento em sua vida pessoal.
Gustavo Nunes Garcia, filho do jornalista com uma arquiteta, foi encontrado morto na madrugada deste domingo em Brasília.
Aos 27 anos, ele estava sem vida no Bloco C, onde morava com a mãe. Ainda não existem informações concretas sobre o caso, já que Gustavo era um garoto muito discreto, segundo depoimentos preliminares.
De acordo com a revista Veja, um inquérito foi aberto para investigar as causas da morte. A Polícia Militar do Distrito Federal trabalha com a hipótese de suicídio, já que Gustavo não teria saído de casa. O rapaz morava com a mãe na Asa Norte da capital federal.
Por conta desta perda, Alexandre Garcia ganhou alguns dias de folga da Globo para se recuperar. Além disso, ele não fará os comentários semanais que são distribuídos para rádios de todo o país, em estados como Minas Gerais, Bahia e Pernambuco.

Alexandre Garcia: morte do filho e drama familiar

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 2 comentários

  1. Claudio Lopes Soares

    Esta informação é antiga e circula na net desde o mês passado. Ainda por cima carece de veracidade.

  2. claudia sena

    Sou historiadora formada no Uniceub, e acho muito triste a perda ,
    do seu filho… meus pesames sinceros.
    eu tbm sou mãe e sei como e devastador , uma situação destas..
    forças… que deus o tenha…..
    Claudia Sena.

Deixe uma resposta