Deu a louca na bandidagem! Série de ataques deixa 20 mortos e nove feridos na Grande São Paulo
Polícia ainda não sabe o que motivou a mortandade...

Deu a louca na bandidagem! Série de ataques deixa 20 mortos e nove feridos na Grande São Paulo

Polícia ainda não sabe o que motivou a mortandade…

Em Osasco, 17 pessoas foram mortas. Já em Barueri houve três assassinatos. Crimes aconteceram em duas horas e meia

Aproximadamente 20 pessoas foram assassinadas nas cidades de Osasco e Barueri, na Região Metropolitana de São Paulo, na noite desta quinta-feira (14). Os crimes aconteceram num intervalo de duas horas e meia.

Segundo informações, os ataques foram realizados por homens que passaram atirando dentro de um carro. Ainda não há informações da polícia sobre o que poderia ter motivado os ataques. A investigação é feita pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa, e concentrada no 10º DP (Jardim Baronesa) de Osasco. Os nomes das vítimas não foram divulgados.

No município de Barueri, de acordo com a Guarda Civil Municipal (GCM), o corpo de uma vítima foi localizado, às 22h40, na rua Carlos Lacerda. Às 23h45, corpos de dois homens baleados, na rua Irene, foram encontrados nas proximidades de um bar. Uma pessoa baleada na cidade sobreviveu e foi encaminha para o Hospital Geral de Itapevi. De acordo com o hospital, um homem está internado na UTI em estado grave.

No 10º Distrito Policial de Osasco, foram registradas, por enquanto, oito mortes. Todos são homens e um deles tem 16 anos. Segundo a Polícia Civil, os crimes ocorreram em seis pontos diferentes da cidade em um período de duas horas.

O primeiro assassinato ocorreu também perto de um bar, na rua Professor Sud Menucci, às 20h50. No local foi morto a tiros o jovem de 16 anos. Cinco minutos depois, um rapaz de 19 anos e outro de 33 anos foram mortos na rua Astor Palamin.

Série de ataques deixa ao menos 20 mortos em São Paulo
Futura Press

Série de ataques deixa ao menos 20 mortos em São Paulo

 

Às 21h29, um homem de 26 anos foi morto, também a tiros, na rua Cuiabá. Outro de 23 anos foi assassinado, na rua Moacir Salles D’Ávila, às 21h31. Outro rapaz de 26 anos foi assassinado, por volta das 21h, na avenida Eurico da Cruz. O último assassinato ocorreu às 22h02, na rua Viantonio de Abril. No local foi encontrado o corpo de outro homem de 26 anos.

A Polícia informou que ainda não identificou suspeitos. Os corpos estão sendo encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Osasco.

Publicidade

De acordo com informações da Secretaria de Saúde de Osasco, a Unidade de Pronto Atendimento da Vila Menck (UPA) recebeu quatro pacientes, um deles, um homem de 23 anos, morreu no local. Uma mulher de 15 anos recebeu primeiros socorros e foi levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Central.

Uma mulher de 19 anos também foi levada por parentes para um centro de saúde. Um homem de 32 anos foi encaminhado para o hospital Central. A secretaria informou, ainda, que o Pronto Socorro da Vila Ayrosa atendeu a um homem de 31 anos, que foi ferido com tiro no pé. Ele foi transferido para o Hospital Central. i

Fonte: iG

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta