Depoimentos de Lobão e Roseana Sarney à PF ainda não têm data marcada
Roseana Sarney e o senador são investigados na Operação Lava Jato por possível corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro.

Depoimentos de Lobão e Roseana Sarney à PF ainda não têm data marcada

Roseana Sarney e o senador são investigados na Operação Lava Jato por possível corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro.

 Chegaram mesmo a ser anunciados para hoje, 28. Mas as últimas informações  dão conta de que os  depoimentos da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney e do senador Edison Lobão, que estavam  previstos para acontecer nesta semana, ainda não têm previsão para acontecer.

O advogado dos peemedebistas, Antônio Carlos de Almeida Castro (Kakay), confirmou que os processos se encontram na Procuradoria Geral da República e não na Polícia Federal (PF). Roseana e Lobão são investigados na operação Lava Jato, por suposta prática de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro.

A defesa de Roseana Sarney apresentou ao STF um novo pedido de arquivamento do inquérito, com base nos vídeos da delação premiada de Paulo Roberto Costa,  na última quinta-feira (23).

O ex-diretor da Petrobras afirmou em seu depoimento que Roseana recebeu R$ 2 milhões para sua campanha eleitoral de 2010, a pedido do então ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Kakay  alega que o Ministério Público fez interpretação “inadequada” das respostas de Costa e disse que a expectativa é de que os pedidos de arquivamento sejam apreciados antes que os investigados sejam ouvidos “para não ter o constrangimento do depoimento”.

Logo após a abertura do inquérito contra os peemedebistas, a defesa entrou com os pedidos de arquivamento, argumentando que houve divergências nos depoimentos de Paulo Roberto Costa e Alberto Youssef, preso em março de 2014, em São Luís.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta