Demorou… Lula depõe na Polícia Federal sobre Mensalão, mas investigação será arquivada
Lula protelou como pôde seu depoimento sobre o mensalão, mas sai ileso, lixando-se para quem acha que ele deveria ser indiciado...

Demorou… Lula depõe na Polícia Federal sobre Mensalão, mas investigação será arquivada

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva prestou depoimento na sede da Polícia Federal em Brasília na última terça-feira (9). Lula depôs sobre o inquérito 12/2014, baseado em depoimentos feitos em 2012 pelo publicitário Marcos Valério de Souza, condenado como operador do Mensalão.
Desde o início do ano, há quase doze meses, a Polícia Federal tentava ouvir Lula. O inquérito investigava denúncia de Marcos Valério ao Ministério Público de que o ex-presidente “deu um ok” para empréstimos bancários ao PT destinados ao Mensalão e até teria intermediado um repasse de 7 milhões de reais feito por uma subsidiária da Portugal Telecom.
Valério disse que só daria mais informações sobre o caso, incluindo provas, se o ministério Público o beneficiasse em outros inquéritos criminais abertos contra ele, o que, obviamente, não foi aceito.
O processo do mensalão estava quase finalizado quando ele sinalizou com as novas informações e não havia espaço para recomeçar as investigações.
A este blogueiro e ao jornalista Felipe Seligman, em entrevista exclusiva à época, o então procurador-geral Roberto Gurgel disse que Valério queria “melar” julgamento do mensalão.
Valério cumpre hoje uma pena de 37 anos de prisão após ser condenado por corrupção ativa, formação de quadrilha, Lavagem de dinheiro, evasão de divisas e peculato.
Em 25 de setembro deste ano, ao ser questionado por jornalistas se iria prestar depoimento à Polícia Federal, Lula foi irônico: “Quando eu for convidado, meu amor. Não recebi nada”.
O blog apurou que o ex-presidente depôs e negou que as informações de Valério sejam verdadeiras. Ou seja, repetiu que “não sabia de nada”. A demora de ir ao depoimento, segundo o blog apurou, foi para evitar que o caso fosse usado politicamente durante as Eleições de 2014. O acerto da ida após as eleições foi feito por seu então advogado Márcio Thomaz Bastos,falecido no mês passado.
Com o depoimento tomado, e sem mais detalhes de Valério, um investigador envolvido com o caso confirmou ao blog que o inquérito será arquivado nos próximos dias.

Matheus Leitão

Lula protelou como pôde seu depoimento sobre o mensalão, mas sai ileso, lixando-se para quem acha que ele deveria ser indiciado…

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta