Crueldade sensacionalista! Homem mata idoso e transmite ao vivo pelo Facebook

Crueldade sensacionalista! Homem mata idoso e transmite ao vivo pelo Facebook

Polícia de Cleveland procura o suspeito, descrito como “armado e perigoso”

 

Video del asesino de Cleveland
Tiroteio em Cleveland:  Imagem do suspeito Steve Stephens.

 

A polícia de Cleveland (Ohio, EUA) procura um homem “armado e perigoso”, que matou um septuagenário e transmitiu o crime ao vivo pelo Facebook, neste domingo, segundo comunicado da polícia local. O suspeito, que afirma ter matado mais pessoas, fugiu após assassinar o homem num Ford Fusion branco com placas de licenciamento temporário.

O indivíduo – identificado como Steve Stephens, de 37 anos e morador de Cleveland – havia escrito em seu perfil do Facebook, antes do assassinato, que queria matar alguém. Nas suas mensagens, culpava sua ex-namorada, Joy Lane, pelas atrocidades que planejava cometer.

A polícia confirmou que Stephens escolheu sua vítima ao acaso: um homem de 74 anos, identificado como Robert Godwin, pai de nove filhos e avô de 14 netos. A vítima cruzou o caminho de Stephens por volta das 14h (15h em Brasília), quando passeava tranquilamente pelo bairro de Glenville

No vídeo, que o Facebook retirou, se vê que Stephens dirige seu carro dizendo “encontrei alguém que eu vou matar, esse sujeito aqui, esse velho”. Em seguida, desce do veículo e diz ao homem que pronuncie o nome “Joy Lane”, porque “ela é a razão” do que está prestes a lhe acontecer. A vítima tenta dizer que não sabe do que o rapaz está falando, mas Stephens atira a sangue frio. Depois, volta para o carro com a intenção de encontrar novos alvos.

Além de transmitir o assassinato ao vivo pela rede social, num vídeo posterior ele afirma ter matado 15 pessoas no domingo de Páscoa. Entretanto, a polícia só confirmou o assassinato do idoso que foi transmitido pelo Facebook, mas investiga as afirmações de Stephens sobre os outros supostos homicídios.

A mulher, que se encontra sob custódia policial, disse à CBS News numa mensagem de texto: “Tivemos um relacionamento durante vários anos. Lamento que tudo isto tenha acontecido. Meu coração e minhas orações estão com a família da vítima. Steve é realmente um bom sujeito… É generoso com todo mundo que conhece. Foi amável e amoroso comigo e com meus filhos. Este é um momento muito difícil para mim e minha família. Por favor, respeitem nossa privacidade neste momento”.

Stevens trabalhou para a Beech Brook, uma instituição que se dedica a atender crianças com problemas mentais. No vídeo, o suspeito mostra o emblema da Beech Brook, que por enquanto não se pronunciou.

A polícia de Cleveland mantém uma grande mobilização para localizar Stephens, descrito como um homem calvo, com barba abundante, camiseta de listras azuis e dirigindo um carro branco, como se vê no vídeo. Segundo a rede CNN, o FBI está colaborando com a polícia local.

Os agentes não ofereceram mais detalhes do incidente, mas afirmam que o suspeito está armado e é perigoso, e pedem aos cidadãos que se protejam em suas casas e não se aproximem dele se o virem. Segundo os agentes, Stevens pode ter saído de Ohio, por isso recomendaram aos moradores de Indiana, Michigan, Nova York e Pensilvânia que fiquem em alerta.

Calvin Williams, porta-voz da polícia local, dirigiu-se ao suspeito numa entrevista coletiva para lhe pedir que se entregue às autoridades, porque “claramente tem um problema”, e seus atos deste domingo “não têm sentido”.

“Todo mundo está procurando Steve. Queremos que isto termine o mais pacificamente possível, e queremos que se entregue. Isto precisa acabar hoje”, salientou Williams. O prefeito da cidade, o democrata Frank Jackson, pediu a Stephens que “não cause mais danos”, porque as autoridades sabem quem ele é e “vão capturá-lo”.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta