Confirmado! Priscila é encontrada no Pará, já está em Açailândia, a caminho de casa

Confirmado! Priscila é encontrada no Pará, já está em Açailândia, a caminho de casa

Está confirmado. A jovem advogada Priscila Guimarães Pinheiro, que sumiu de forma misteriosa, depois que deixou o forum do Calhau, em São Luís, ao meio dia da última terça-feira (9), foi encontrada na cidade paraense de Santo Eliseu, no Pará.

Ela teria sido incialmente passado por um hospital da cidade, de onde teria sido levada, já sob segurança da polícia, para o batalhão da PM, na cidade de Açailândia, de onde estará sendo trazida, num heliccoptero do Grupo Tático Aéreo da Polícia Militar, para São Luís.

Alguns familiares de Priscila já teriam se deslocado para Açailândia, nesta madrugada, a fim de se enccontrar com ela.

Informações já divulgadas descartam sequestro da advogada. Ela, que teria um distúrbio neurológico que provoca um tipo de amnésia prolongada, teria pego a estrada sozinha, sem rumo. Por isso, a Polícia rastreou o sinal do seu aparelho celular, o que teria facilitado a localização de Priscila. Tanto que no primeiro rastreamento ela ainda estaria na cidade de Santa Rita, a 70 quilômetros de São Luís.

Essa não seria a primeira vez que Priscila tenha tido amnésia e se perdido. Porém, casos sem a gravidade de agora.

Tão logo a notícia do desaparecimento de Priscila foi divulgado, formou-se uma enorme corrente, junto à população, nas redes sociais e na mídia em geral, torcendo e rogando a Deus para que nada de mal acontecesse à jovem advogada e que ela pudesse voltar,, sã e salva, ao convívio da família, dos amigos e de todos que torceram por um final feliz.

Pelo visto, todas as preces foram entendidas.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem 2 comentários

  1. andrade

    Ou seja esta jovem estará mais vezes nas machetes…

  2. codoense atento

    COMO ELA FOI APROVADA NA OAB??

Deixe uma resposta