Como no caso maranhense,  jovem paulista desaparece após ser vista desorientada na rua
Jovem foi vista desmaiada perto dos Arcos da Lapa - Reprodução / Facebook

Como no caso maranhense, jovem paulista desaparece após ser vista desorientada na rua

 Segundo amiga, a última informação é que uma senhora teria levado a jovem para uma igreja. A família da jovem está desesperada

Há aproximadamente um mês, u

Jovem foi vista desmaiada perto dos Arcos da Lapa – Reprodução / Facebook

ma jovem advogada  residente em São Luís desapareceu e foi encontrada, dias depois, completamente desorientada, em Santo Eliseu, no Pará. O caso ganhou  repercussão em todo o Brasil.

Como o caso do Maranhão, outra  jovem desapareceu após ser vista desorientada na Lapa, região central do Rio, na tarde do último domingo (5). A paulista Daniela Barbosa Batista, de 23 anos, é estudante da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e mora em Copacabana. O caso foi registrado na DDPA (Delegacia de Descoberta de Paradeiros).

Uma amiga de Daniela, Núbia Almeida, contou que a jovem foi vista desmaiada, por volta das 13h, perto dos Arcos da Lapa. Uma senhora teria levado a moça até uma igreja.

Segundo Núbia, o pai da moça chegou a falar com a senhora ao telefone.

— Ele pediu que a senhora levasse Daniela até a rodoviária. Daniela gritava e dizia não saber onde estava. O pai dela passou o número de telefone dele, mas não obteve retorno.

A família e os amigos não sabem se Daniela encontraria com alguém na Lapa ou iria a uma festa. Quem tiver alguma informação, pode entrar em contato com os telefones: (21) 97693-2295 ou (14) 997454862.

Há um mês, aproximdamente, uma jovem advogada  residente em São Luís desapareceu e foi encontrada, dias depois, completamente desorientada, em Santo Eliseu, no Pará. O caso ganhou  repercussão em todo o Brasil.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta