Com ajuda da esposa, pastor estupra adolescente alegando que ela estaria com ‘maldição de sexo’

Com ajuda da esposa, pastor estupra adolescente alegando que ela estaria com ‘maldição de sexo’

A esposa do pastor também foi presa, acusada de ser a responsável por aliciar a vítima em GO.

Pastor e mulher são presos suspeitos de estuprar menina para tirar ‘maldição do sexo’, em Edeia

O polícia prendeu um casal sob a acusação de terem abusado sexualmente um menor de idade, nesta sexta-feira (22), no município de Edeia, em #Goiás. O homem ocupa a função de pastor e não teve seu nome divulgado. Segundo a polícia, ele, juntamente, com a esposa, podem ser os abusadores da adolescente de apenas 16 anos de idade, membra da igreja dos acusados.

O que mais chama a atenção da polícia é que ao serem interrogados, os acusados falavam a todo instante que os abusos praticados eram para combater as obras do inimigo, e afirmavam que a adolescente estaria com a “maldição do sexo”.

O delegado responsável pelo caso, Quéops Barreto, informou que a situação só veio à tona, após a vítima procurar a polícia, afirmando que já não suportava sofrer os abusos do pastor.

“Ele fazia sempre do mesmo modo. Ele alegava que eu estava com um espírito e que eu precisava fazer um sacrifício como o de Abraão, pois só desta forma eu ficaria livre da minha suposta maldição. Nestes ‘sacrifícios’ ele me forçava a ter relações sexuais com ele”, afirmou a vítima na delegacia [VIDEO].

O pastor ainda fazia ameaças contra a adolescente, afirmando, caso ela não cedesse a ele, toda sua família iria morrer por conta da maldição. O delegado afirma que a esposa do pastor estava a todo o tempo ciente das práticas do esposo, inclusive, era ela quem fazia todo o processo de aliciamento na vítima, estimulando-a a realizar o ato sexual com o pastor.

Pastor abusava adolescente, mas sua ‘casa’ caiu após ação rápida da polícia de Goiás

As investigações da polícia apontam que a vítima teria sido estuprada por mais de 19 vezes.

 Tudo ocorria quando após o culto na igreja, o pastor conduzia a adolescente para sua residência, onde dava início aos abusos, que tiveram várias sessões [VIDEO].

Na primeira, o pastor obrigava a vítima a se relacionar sexualmente por três vezes consecutivas. Na segunda, a vítima passava pelo mesmo processo, mas ao invés de três, pratica o sexo sete vezes. Ao que parece, o pastor tinha o intuito de sempre ir aumentando as sessões.

Pastor evangélico fazia sexo com adolescente prometendo que ela ainda continuaria virgem

Sempre após a prática das sessões de sexo, o pastor utilizava-se do argumento de que a vítima não precisaria se preocupar, pois permaneceria virgem, pois tudo se tratava de uma sessão de ‘quebra de maldição’. A mãe da vítima passou desconfiar de que estaria ocorrendo algo diferente, pois o seu comportamento passou a ser estranho, e ela questionou se filha ainda seria virgem.

Somente após a pergunta, a filha resolveu contar o que de fato estava ocorrendo entre ela e o pastor de sua igreja. Após a acusação e os resultados dos exames, a polícia decidiu prender preventivamente o pastor e a esposa. Que foram encaminhados para a delegacia do município, onde permanecem à disposição da Justiça. #crime sexual#Pastor estuprador

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta