Clã Sarney tem plano para evitar que PT leve o Maranhão
Vice-governador Washington Oliveira, o "x" da questão

Clã Sarney tem plano para evitar que PT leve o Maranhão

Agência Estado

 

O grupo político do senador José Sarney (PMDB) tentará impedir que o PT ocupe o governo do Maranhão a partir de abril, quando sua filha, Roseana, deixa o cargo para disputar o Senado. O plano deve ser colocado em prática caso a direção nacional do partido da presidente Dilma Rousseff confirme apoio à candidatura de Flávio Dino (PC do B) ao governo, desfazendo assim a aliança com a família.

O clã Sarney pretende indicar o atual vice-governador Washington Luís (PT) para o Tribunal de Contas do Estado, tirando-o assim da linha sucessória do governo. Pela “engenharia” dos atuais mandatários, o secretário de Infraestrutura do Estado, Luís Fernando Silva, assumiria o governo e concorreria, no cargo, à reeleição em 2014 com o apoio dos Sarney contra Dino.

Vice-governador Washington Oliveira, o “x” da questão

Isso ocorreria da seguinte forma: depois de indicar Washington Luís para o cargo vitalício de conselheiro do TCE, o presidente da Assembleia, Arnaldo Melo (PMDB), aliado da família, assumiria o cargo de governador. Como teria de ficar mais de quatro meses no posto – entre a renúncia de Roseana e o fim do mandato são nove meses -, seria obrigado a convocar eleições indiretas para governador. Como os Sarney têm maioria no Legislativo, Luís Fernando Silva seria eleito pelos deputados.

Um aliado da família diz que o plano está no início e que as conversas dependem de concordância dos envolvidos. Oficialmente, aliados do governo dizem que “não estão discutindo” o assunto, apesar da vaga aberta no tribunal com a aposentadoria do conselheiro Yêdo Lobão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. José

    Monopólio politico…

Deixe uma resposta