Chapadinha – Direto do Blog do Samuel Bastos, o Gaditas…

Chapadinha – Direto do Blog do Samuel Bastos, o Gaditas…

O despreparo de Belezinha

Prefeita-Belezinha-e1361721985137

A Prefeita de Chapadinha (240 km de São Luís do Maranhão), Ducilene Belezinha (PRB), se configura numa das maiores decepções políticas de Chapadinha e o despreparo da mandatária pode ser analisado dos mais variados ângulos.

Se na iniciativa privada conseguiu fazer fortuna e comandar os negócios com mãos de ferro, no público a Prefeita mostra que não entende buiufas, comete um erro atrás do outro, decepciona eleitores, maltrata aliados e não consegue avançar num governo estagnado e centralizador.

No episódio mais recente, Belezinha conseguiu se sobressair sendo a única gestora a ser pega no flagra falando mal de auxiliares ao vivo e aceitando que um subordinado acuse os colegas de “ladrões” sem apresentar qualquer prova. Que diabos de competência administrativa é essa?

Uma Prefeita que não tem coragem de encarar para demitir quem ela mesma contratou, que semeia a prática do disse que me disse e que persegue quem ousa lhe contrariar não pode ser considerada uma boa gestora. Belezinha mostra seu despreparo quando entre quatro paredes aponta falhas nos secretários mas que na prática não se viu nenhuma medida para conter tais falhas… se é que elas realmente existiram porque até agora Belezinha não topou o desafio do ex-secretário de Educação Francejane Magalhães de mostrar as provas. Porque será? Porque ela não fala? Porque toda vez que uma bomba estoura no seu governo ela se esconde?

Apesar dos conselhos do guru e “todo poderoso” Secretário de Obras Aluísio Santos (que ninguém sabe ao certo seu preparo intelectual e político para tal) o governo parece inerte. Não há nada de novo e nenhuma conquista que imprima a identidade da gestão que ai está. Fora as máquinas do governo federal e os recursos do Estado, a Prefeita de Chapadinha não conseguiu mostrar a cara dessa competência que tanto tenta vender.

Como bem disse Francejane, por não entender nada de educação, de saúde e de nada relacionado a máquina pública, Belezinha tem cometido um erro atrás do outro. Foi assim com a licitação das vassouras, dos combustíveis, da compra do caminhão de lixo, ao ponto inclusive de ter sido denunciada na Polícia Federal.

No campo político a performance de Belezinha é catastrófica e a pecha de “traidora” se tornou latente após as investidas contra a família de Isaías Fortes, seu maior cabo eleitoral e carreador dos votos que lhe fizeram sair como líder da mudança. A mudança diga-se passagem ficou apenas no discurso porque na prática não mudou nadica de nada.

Fontes do Blog nos informaram que os áudios devem continuar sendo divulgados, já que das quase uma hora de gravação só fora liberado seis minutos da conversa.

A cidade assiste estupefata as aventuras de sua Prefeita enquanto a classe política do Maranhão condena o amadorismo de Belezinha em cair na própria armadilha.

Sarney diz que a política é cruel para os traidores e se assim for, Belezinha terá que colher o tratamento que tem dado a quem tanto se esforçou para ajudá-la e isso não é praga é apenas a lei da semeadura… é aguardar pra ver!

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta