Celso de Mello se diz imune a pressões na hora do desempate no STF
Celso de Mello está mais para os infringentes...

Celso de Mello se diz imune a pressões na hora do desempate no STF

Celso de Mello está mais para os infringentes…

Em entrevista ao site do jornal O Estado de S. Paulo, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Celso de Mello, disse que não se sente pressionado pelo fato de ser o responsável pelo desempate da votação que poderá garantir o direito a um novo julgamento a 12 dos 25 condenados no processo do mensalão. O ministro disse ao Estadão que lê o noticiário sobre o caso, mas não sente nenhum tipo de pressão.

Ele afirmou na entrevista que após 45 anos de experiência esta é uma situação que “você tem e supera tranquilamente”.

O ministro também afirmou ao jornal paulista que o fato de ter que esperar um semana para dar seu voto e desempatar a sessão, que foi encerrada quando o placar estava 5 X 5, também não o abalou.

“O adiamento da sessão, longe de significar qualquer possibilidade de pressão externa, aprofundou ainda mais minha convicção”, disse o ministro.

Na quinta-feira, o presidente do STF, Joaquim Barbosa, encerrou a sessão mesmo depois de ter recebido de Celso de Mello um aviso de que estava pronto para votar e de que sua manifestação demoraria apenas cinco minutos. A sessão será realizada na próxima quarta-feira.

Em um despacho de 2012, Celso de Mello disse que esse tipo de recurso (os chamados embargos infringentes) nos processos criminais é plenamente válido, diz o site do Estadão.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta