Campanha faz mobilização pela zona franca de São Luís

Campanha faz mobilização pela zona franca de São Luís

A mobilização popular pode garantir a criação de uma zona de livre comércio para exportação em São Luís. Um abaixo assinado virtual e a campanha de apoio #ZonadeExportaçãoJá foram lançados pelo senador Roberto Rocha, autor do Projeto de Lei 319/2015, que cria a zona franca de São Luís e deverá ser votado na próximas semanas no Senado. A proposta vem encontrando resistência por parte da bancada do Amazonas, onde está situada a zona franca de Manaus.

“A zona de livre exportação de São Luís não concorre com a zona franca de Manaus em nada. A nossa proposta é aproveitar a localização privilegiada da ilha e a existência do porto para criar uma área de exportação, enquanto Manaus tem isenções para produzir para o comércio interno”, explica o senador. Roberto Rocha argumenta que a criação de uma zona franca para a exportação na ilha de São Luís tem o potencial de gerar milhares de empregos e promover o desenvolvimento econômico de toda a região, uma vez que levaria à criação de indústrias de beneficiamento de produtos.

Atualmente, o porto do Itaqui é grande exportador de minério e soja in natura. Com a zona franca, a exportação passaria a ser não apenas de matéria prima, mas também manufaturada.

Abaixo-assinado

Para evitar que a polêmica levantada pela bancada da zona franca de Manaus coloque o projeto em risco, o senador Roberto Rocha deu início a uma campanha de apoio da população do Maranhão, que pode ser fundamental na aprovação do projeto.

Veja todas as formas de participar na página do senador (www.robertorocha.com.br); ou assine o abaixo-assinado virtualhttps://goo.gl/EbL.Rnf

 

Confira a íntegra do texto do lançamento da campanha, assinado pelo senador Roberto Rocha:

Amigos e amigas do Maranhão,

O nosso estado precisa da ajuda e do empenho de todos. Nesta semana, está em discussão na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) a aprovação do projeto de lei nº 319/2015, que cria a Zona Franca de São Luís. O projeto irá transformar a nossa capital em uma área de livre comércio de exportações, com incentivos fiscais especiais, o que leverá desenvolvimento ao parque industrial da região.

A lógica é simples: com a aprovação de incentivos fiscais e a localização privilegiada do Porto do Itaqui no continente, São Luís irá se beneficiar bastante com a chegada de novas empresas. Desta maneira, mais empregos serão gerados para o nosso povo, melhorando os índices econômicos e sociais do Maranhão. O nosso estado e o nosso povo merece e você pode fazer isso acontecer.

Para isso, basta você fazer a sua parte. Você pode enviar um e-mail para os congressistas pedindo a aprovação do projeto, pode comentar nas redes sociais dos senadores e até ligar gratuitamente pro Alô Senado. A mobilização faz a força! Quanto maior a pressão popular, maior a chance do projeto ser aprovado. E se há desenvolvimento para o Maranhão, há desenvolvimento para o Brasil. Ajude!

Saiba como participar em www.robertorocha.com.br

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. Mário Jackson Siqueira Bayma

    Parabéns! O
    Maranhão precisa de desenvolvimento e projetos como estes, podem ajudar o nosso povo a dias melhores. Ao Senador Roberto Rocha o meu apoio e conte conosco. Abraços!

Deixe uma resposta