Buracos levam vereadores a interditar estrada da Baixada Maranhense

Buracos levam vereadores a interditar estrada da Baixada Maranhense

A MA-006, que liga o Porto do Cujupe aos municípios da região da Baixada Maranhense, em especial à cidade de Pinheiro,  foi interditada, hoje pela manhã (8). Mas, desta vez, não foram moradores, habitualmente revoltados com acidentes e mortes nas estradas. A manifestação foi comandada por vereadores de  todos os municípios da região – cerca de 32

O objetivo foi chamar a atenção do Governo do Estado para a precária situação da estrada que, cheia de buracos, complica a trafegabilidade de veículos que precisam usar a rodovia, às vezes, diariamente.

Bom que se diga que a estrada até tem passado por reformas, aqui e ali. Mas todas feitas com o tradicional “asfalto sonrizal” – aquele que quando pega chuva se desmancha todo -, fruto de operações mal feitas para a recuperação.

A impressão que passa é que quem contrata tem interesse de que a estrada não demore muito entre uma recuperação e outra, já que não exigem da empresa executora serviços de qualidade. O correto é que cada uma desse garantia do serviço, como um produto qualquer. Recuperou uma estrada e esta apresente buraco em menos de dois anos, teria que repará-la sem qualquer custo para o contribuinte.

Outra coisa. Essa estrada não inferniza dos motoristas apenas pela quantidade de buracos que apresenta. Também pelo número de quebra-molas, sem nenhuma especificação técnica. Parece até que os moradores das margens da rodovia usam esses quebra-molas como troféus na frente de suas casas. Sinalização e rigor legal com quem deseja construir um quebra-molas a seu bel-prazer seriam o aconselhável.

Quantos aos vereadores, deveriam usar essa força demonstrada na manifestação de hoje para outros embates em benefício dessa região tão abandonada e sofrida.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta