Bezerra deixa o ministério de Dilma por determinação do PSB de Campos
Bezerra, do PSB, despede-se do governo de Dilma, do PT

Bezerra deixa o ministério de Dilma por determinação do PSB de Campos

Bezerra, do PSB, despede-se do governo de Dilma, do PT

Governador Eduardo Campos: PSB quer distância do governo Dima

“Acabo de sair de uma boa e agradável conversa com a presidente  Dilma. Agradeci a oportunidade de servir ao meu país, como ministro”, disse Fernando Bezerra Coêlho, em seu microblog Twitter, após entregar à presidente Dilma, hoje pela manhã (1), o cargo que ocupava no governo federal de inistro da Integração Nacional,  na quota do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que tem como liderança maior o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Numa segunda mensagem, ele afirmou: “Aguardo um comunicado da presidenta Dilma para transmissão de cargo entre hoje e amanhã”. Já indicado, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), deve assumir o ministério.

Há poucos instantes, a assessoria do Planalto divulgou nota na qual informou que o secretário de Infraestrutura Hídrica do ministério, Francisco Teixeira, assumirá o cargo interinamente.

A nota, assinada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência, diz, ainda, que  “nos dois anos e nove meses em que esteve à frente da pasta, Fernando Bezerra fez um trabalho extraordinário. O orçamento total do ministério dobrou na sua gestão.”

A saída de Bezerra  do ministério cumpre determinação do seu partido, o PSB, de entregar os cargos que ocupava no governo federal. A decisão foi oficializada em 18 de setembro, durante reunião da comissão executiva do partido. O encontro foi comandado pelo presidente da legenda, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, por quem Bezerra foi indicado para o posto. Tudo indica que o PSB  lançará Eduardo Campos candidato a presidente da República ano que vem. E terá como adversário ninguém menos que Dilma Roussef.

Bezerra entregou sua carta de demissão tão logo o PSB tomou a decisão, mas a presidente Dilma Rousseff pediu que ele permanecesse no cargo até que ela retornasse de viagem a Nova York, onde participou da Assembleia-Geral da ONU, o que aconteceu na última quinta-feira..

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta