Bandidos resolvem desafiar a polícia e dizem que vão matar em represália
Tailler metralhado, a simboloia da ameaça dos bandidos

Bandidos resolvem desafiar a polícia e dizem que vão matar em represália

Atenção! Sem  nenhuma intenção de alarmar os habitantes de São Luís… Noticiamos a morte de um policial militar, metralhado quando estava de serviço no trailer da PM, na Vila Nova, na tarde de sábado (9) e de um sargento, no posto a PM no bairro de Fátima, que, juntamente com uma moradora, foi ferido e levado para o Socorrão.

O último informe diz que a quadrilha mafiosa denominada “Bonde dos 40, resolveu reagir por dois mafiosos que  foram mortos em confronto com a polícia – um deles acusado de ter morto a tiros o líder comunitário “Cabo Silva”, na região do Cohatrac – e teria prometido assassinar 10 policiais, só neste final de semana. Uma verdadeira inversão de valores…

Ontem , já foi executado um soldado da PM, na Vila Nova, e um sargento foi baleado no bairro de Fátima (veja abaixo). O que faz com que não se duvide da informação.

Não se sabe bem por que, mas as autoridades de segurança informam que devem ser evitados os bairros de Fátima, Renascença I e área do Reviver, na Praia Grande, onde os bandidos, se tiverem chances, vão fazer arruaças.

Muitos policiais militares se recolheram ao quartel da PM e, revoltados com o ataque aos colegas de farda, discutem com os comandantes estratégias para localizar os criminosos.

Barreiras também estão sendo montadas. O clima não é dos mais amenos…

Tailler metralhado, a simboloia da ameaça dos bandidos

No meuo de tudo, mais um ônibus incendiado no bairro de Fátima, como a querer confirmar as suspeitas dos informes…

Veja o nosso post anterior…

Por conta dos ataques a trailers da Polícia Militar, nos bairros Vila Nova e Fátima,  resultando em um soldado morto e um sargento ferido, esses equipamentos da PM estão fechados  em vários bairros da capital.

Pelo menos os postos dos bairros de Fátima, Coroadinho, Liberdade, Anjo da Guarda, Vila Nova e Vila Embratel foram abandonados.

Enquanto as atenções se voltavam para o jogo do Sampaio Correa, contra o Vila Nova, no Esta´dio Castelão, na tarde/noite de sábado,  dois ônibus também foram incendiados por bandidos – um durante a noite de ontem, no ponto final do Bequimão, e outro à tarde, no Alto da Esperança.

Ainda  à noite de sábado (9), a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) encaminhou nota à imprensa informando que os ataques criminosos fizeram três vítimas, sendo uma delas fatal.

A nota informa que o soldado que estava de plantão no trailer da Vila Nova, Francinaldo Sousa Pereira, morreu. O sargento Marco Antonio Correa Cutrim, que estava de plantão no posto do Bairro de Fátima, além de  uma moradora da região, não identificada, ficaram feridos e foram encaminhados para o Centro Cirúrgico do Socorrão I.

A nota da SSP não faz referência aos dois ônibus  incendiados – um durante a noite, no ponto final do Bequimão, e outro à tarde, no Alto da Esperança. Adianta, por fim, que o Serviço de Inteligência da Polícia Militar, o Grupo Tático Aéreo (GTA) e o Batalhão de Choque estão investigando para chegar aos autores dos atos criminosos.

Ííntegra da nota da SSP:

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) informa que o Serviço de Inteligência, com apoio de homens do Batalhão de Choque e do helicóptero do Grupo Tático Aéreo – GTA, que está sobrevoando áreas de  São Luís, está à procura dos envolvidos na morte do soldado Francinaldo Sousa Pereira, durante ataque, neste sábado (9), a um trailler da polícia, na Vila Nova.

A ação da SSP busca identificar, ainda, criminosos, que também num ataque a outro trailler da polícia, balearam o sargento Marco Antonio Correa Cutrim e uma moradora no Bairro de Fátima. Ambos foram levados para o Centro Cirúrgico do Socorrão I.

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta