Bancos, lojas, shopping alteram a rotina de atendimento durante feriado em SL

Bancos, lojas, shopping alteram a rotina de atendimento durante feriado em SL

O comércio de São Luís terá horário de funcionamento especial, no feriado da Sexta-Feira Santa, em centros comerciais como shoppings e no maior ponto comercial da capital a Rua Grande. Repartições públicas e bancarias não vão funcionar amanhã e só retornam as atividades na segunda-feira, 06.

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que não haverá atendimento nas agências bancárias no feriado nacional de Sexta-feira da Paixão. A população poderá utilizar os canais alternativos de atendimento para realizar as demais operações bancárias, como caixas eletrônicos, Internet Banking, Mobile Banking, banco por telefone, casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados.

As contas com vencimento marcado para esta data como contas de consumo as de água, luz, telefone e os carnês poderão ser pagos no próximo dia útil subsequente, dia 06, sem incidência de multa. De acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015, firmada entre empregadores e empregados do comércio de São Luís, a Quinta-Feira Santa, 02, e o Sábado de Aleluia, dia 04, são considerados dias normais de trabalho, e as lojas vão funcionar normalmente, apenas a Sexta-Feira Santa (03) é considerada feriado.

Shoppings 

Na Sexta-Feira Santa os shoppings da cidade vão funcionar em horários diferenciados. No São Luís Shopping, o supermercado vai abrir de 8h as 22h, já o cinema funciona de 13h às 22h a praça de alimentação e lazer funciona de 12h às 22h. Sábado (4) e domingo (5) o funcionamento será normal.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta