“Avança São Luís” já mostra resultados na capital, segundo balanço da prefeitura
Edivaldo Júnior no lançamento do "Avança, São Luís"

“Avança São Luís” já mostra resultados na capital, segundo balanço da prefeitura

O Programa Avança São Luís começa a demonstrar resultados para a capital maranhense. Lançado oficialmente pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior no início de setembro como um novo modelo de gestão orientado para resultados, o pacote de ações de obras a curto e médio prazo começou a ser executadas em 2013 e devem ser intensificadas em 2014. O programa conta com 43 projetos, divididos em 238 produtos. São R$ 526 milhões em investimentos.

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior reforça o compromisso de em 2014 trazer ainda mais benefícios para cidade de São Luís com o desenvolvimento mais intenso das ações do Avança São Luís. “Seguiremos superando obstáculos, vencendo desafios, para fazer de nossa cidade um lugar cada vez melhor para se viver e ser feliz. Passo a passo, com responsabilidade, com planejamento seguro, estamos avançando e fecharemos o ano com um balanço positivo, especialmente pelas obras em andamento em várias áreas e pelas perspectivas animadoras que temos para o próximo ano”, afirmou.

No setor de iluminação das vias públicas, 12.725 já foram instaladas. As Avenidas Avicênia (Calhau), Ferreira Gullar (Ilhinha) e Libaneses (Tirirical), além da praça do Rio das Bicas (Areinha) foram contempladas com novo projeto de iluminação mais moderna e eficiente. O sistema de cabeamento também está sendo renovado, com instalação subterrânea, feita com sistema antifurto.

Edivaldo Júnior no lançamento do “Avança, São Luís”

Vistoriando obras do “Avança, São Luís” – Cohab/Cohatrac

Área bastante demandada devido à sobrecarga de pacientes, a Prefeitura de São Luís realizou concorrência para a aquisição de equipamentos para os Hospitais Socorrão I e II e Hospital da Criança, com o objetivo de oferecer melhorias no atendimento à população e estruturar a unidades de saúde. O processo de licitação está finalizado e em breve os equipamentos já começam a ser instalados.

Está em execução a reforma da Unidade Mista do Coroadinho. Lá, estão sendo realizadas adequações em toda a estrutura física da unidade de saúde que vão de reparos na parte elétrica, cobertura (telhado) à rede hidráulica. A Unidade Mista do Coroadinho faz parte de um distrito sanitário (subdivisão administrativa), composto por mais 11 unidades de atendimento.

Ainda na área da saúde, já foram ampliadas as equipes do Programa Saúde da Família. Através do Programa de Valorização da Atenção Básica (Provab) 45 novos médicos já foram inseridos no atendimento nas unidades básicas de saúde e 10 profissionais também foram integrados através do Programa Mais Médicos, atuando em regiões com maior carência nesse tipo de serviço. O PSF ganhará mais 416 equipes para atuarem em São Luís. O pedido da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) para o credenciamento de novas equipes foi autorizado pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS). Com a medida, o número de equipes que trabalham na Atenção Básica no município subirá de 104 equipes para 520.

A gestão municipal também põe em prática a consolidação de um processo definitivo de conservação de vias da cidade de São Luís, com investimentos maciços em pavimentação, drenagem e recuperação das vias públicas nos bairros, avenidas e corredores de transporte.

As obras com relação a canais e limpeza estão com 57% concluído. Há duas semanas, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior acompanhou pessoalmente as obras no canal Cohab-Cohatrac e Bom Jesus. Na Cohab, já foi iniciado o serviço de concretagem. A obra, com dois quilômetros de extensão, está sendo construída nas imediações do Planalto Anil II até a Maioba. Ao longo de sua extensão, também estão previstas ações de requalificação urbana e paisagística.

O Programa Bacia do Bacanga está com ritmo avançado das obras. O prefeito conquistou a prorrogação do prazo em mais 22 meses para a conclusão das obras. São Luís estava prestes a perder os investimentos devido à perda de prazos pela gestão anterior. Com o aditivo de prazo, o prefeito Edivaldo já autorizou a imediata retomada do programa com o início das obras de esgotamento sanitário da região Itaqui-Bacanga. Estão sendo construídos 71,5 Km de rede de esgoto com 31,1 mil ligações condominiais e 802 módulos sanitários. Serão beneficiados 30 bairros e uma população de mais de 110 mil pessoas.

Já estão assinados os contratos para o início da construção de 12 creches. As obras beneficiarão mais de 1.800 alunos. A autorização para o início dos trabalhos foi aprovada pelo Ministério da Educação (MEC) e os recursos para as obras são oriundos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O processo licitatório para a contratação da MVC, empresa que será responsável pelas obras, também foi feito pelo ente federal que determina que as unidades construídas possuam espaços que, qualitativamente, contribuam com o processo de aprendizagem.

Já foi assinado também o contrato para a construção de uma das 10 novas escolas do município. Os recursos no valor de R$ 26 milhões serão repassados pelo Ministério da Educação (MEC) através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Outra ação que avançou bastante é a reforma do prédio administrativo da Prefeitura de São Luís, onde funcionava o antigo BEM. O novo centro administrativo desonerará gastos com aluguel de algumas secretarias. O estágio das obras está 80% concluído. O projeto inclui restauração e modernização do edifício e será adequado a qualquer estrutura pública e seu layout será preparado para eventuais mudanças.

O programa de valorização do servidor está em estágio avançado. Já foram capacitados 3.444 servidores em diversos cursos. O programa que vai até 2015, já está com 37% de seu estágio executado. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem também mantido o compromisso com o servidor, com pagamento em dia e reajuste de 9,5% aos profissionais da educação e 7,5% aos demais servidores.

No que condiz à geração de renda, o prefeito Edivaldo estimula o empreendedorismo permitindo o acesso às linhas de crédito na finalidade de diminuir a pobreza na capital. Projeto resultado de um acordo de cooperação técnica entre o Banco do Nordeste (BNB) e a Prefeitura de São Luís com o objetivo de disponibilizar produtos e serviços financeiros do Programa de Microcrédito Urbano do BNB, o Crediamigo, a implantação do Banco da Cidade de São Luís atenderá a demanda dos empreendedores de São Luís.

Por meio do PAC Cidades Históricas, a Prefeitura garantiu investimentos no valor de R$ 133 milhões. Entre as ações prioritárias da administração municipal estão a melhoria do Mercado Central, do Largo do Carmo e das praças da Alegria, João Lisboa, Deodoro e do Pantheon. O prédio da rua Afonso Pena, 46, será reformado e terá uso para a Secretaria Municipal de Turismo (Setur) e Museu da Cidade.

Ainda para o Centro Histórico, a Prefeitura possui o projeto Cluster de TI e Comunicação, através do qual promove incentivos fiscais (ISS e IPTU), às empresas que desejarem se localizar ou estejam localizadas na Zona de Proteção Histórica tombada pelo Governo Federal. (Secom/PMSL)

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta