Assembleia emite nota de pesar pela morte da repórter fotográfica Racciele Olivas
Fotógrafa Racciele Olivas: morte prematura e homenagens do Poder Legislativo

Assembleia emite nota de pesar pela morte da repórter fotográfica Racciele Olivas

A Assembleia Legislativa do Maranhão divulgou, ontem (9), nota de pesar pelo falecimento da fotógrafa Raccciele Olivas, de 52 anos, funcionária daquele poder, depois de uma parada cardio-respiratória, no Hospital São Domingos, onde estava internada.

Raccielle atuava profissionalmente como repórter fotográfica há mais de 20 anos. E

Fotógrafa Racciele Olivas: morte prematura e homenagens do Poder Legislativo

m todo esse tempo, fez trabalhos para jornais e revistas, como ‘O Debate’ e ‘Atos e Fatos’. Como free lancer, teve fotos publicadas nos grande jornais do país – O Globo, Estadão, entre outros

 

NOTA DE PESAR

A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão externa o seu profundo pesar pela morte da repórter fotográfica, Racciele Olivas, ocorrida na manhã desta segunda-feira (9), no Hospital São Domingos, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

Racciele nasceu em 27 de setembro de 1963 e atuava profissionalmente como repórter fotográfica há mais de 20 anos. Em todo esse tempo, fez trabalhos para jornais e revistas, como ‘O Debate’ e ‘Atos e Fatos’. No parlamento maranhense, trabalhava há mais de 10 anos. Além das coberturas diárias na Assembleia, Racciele fornecia seus serviços para grandes jornais nacionais como ‘O Globo’ e ‘Estadão’.

O corpo foi velado na Pax União da Rua Grande – Centro, a partir das 16:00 horas de ontem

A Assembleia Legislativa lamenta a grande lacuna que Racciele Olivas deixa no legislativo estadual, ao mesmo tempo em que se solidariza com a dor dos familiares e amigos.

 Exposição Caleidoscópio

Em 2014, como parte do projeto LegisArtes da Assembleia Legislativa do Maranhão, Racciele participou da exposição coletiva intitulada ‘Caleidoscópio’, que reuniu o trabalho de três repórteres fotográficos radicados em São Luís –  também integrantes do quadro da Diretoria de Comunicação da Casa.

Na ocasião, a fotógrafa premiada, apresentou seus belos cliques com temas variados. Racciele registrou em suas passagens pelos interiores maranhenses, belezas escondidas, que o seu olhar, único, poderia capturar.

Das andanças pelo Maranhão, Racciele falava o que mais lhe chamava a atenção. “A vida como o povo leva me sensibilizou ainda mais a fotografar cada detalhe do que estava ao meu redor”, contou, na época, emocionada.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta