As aparências enganam: loira fatal é presa por golpes de R$ 50 milhões!
A bela Luciane Hoepers, loira fatal, à serviço do crime.

As aparências enganam: loira fatal é presa por golpes de R$ 50 milhões!

Mais uma vez fica comprovada a máxima de que “as aparências enganam”… Pois não é que a musa do Avaí de Santa Catarina, Luciane Hoepers, eleita a mais bela da torcida por fãs do clube na internet,  foi presa, acusada de participar de um esquema de lavagem de dinheiro. A operação ‘Miquéias’, da Polícia Federal, desarticulou o grupo que participa da fraude, e a bela está entre os acusados. Veja, no final da matéria, o vídeo de reportagem do SBT. (Veja vídeo no corpo da matéria)

A gata e outras modelos eram utilizadas para atrair políticos no esquema fraudule

A bela Luciane Hoepers, loira fatal, à serviço do crime.

Olhos azuis, curvas estonteantes, difícil resistir…

nto. Elas aliciavam agentes públicos para as prefeituras investirem dinheiro dos fundos de pensão em títulos indicados pelo grupo. Como recompensa, o gestor recebia uma parte do dinheiro

A beldade avaiana inclusive já teria uma lista de possíveis próximas aliados para ofertar o golpe. A maioria era de Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, e São Paulo.

Como se vê, nunca o velho ditado coube tão bem em uma situação: as aparências enganam.

POLÍCIA FEDERAL

A Polícia Federal aponta envolvimento da musa do Avaí, Luciane Lauzimar Hoppers, com o doleiro Fayed Traboulsi, preso durante a operação Miquéias. Ele é acusado de comandar uma megaquadrilha especializada em lavagem de dinheiro e em fraudes em fundos de pensão municipais. Os envolvidos roubavam e gostavam de ostentar lanchas e carrões milionários. Luciane, segundo a polícia, usou o poder de sedução para convencer prefeitos e gestores a entrar no esquema. Em um ano e meio, o grupo desviou R$ 50 milhões. A musa teve a prisão preventiva decretada e ficou cinco dias no presídio Menino de Brasília.

A reportagem foi exibida no SBT Brasil VEJA VIDEO

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Este post tem um comentário

  1. Raimunda

    Bonito pra esses otários que não podem ver um rabo de saia…

Deixe uma resposta