Amantes encomendam morte de marido para ficar com o dinheiro

Mandantes do crime tinham um caso há 13 anos

A Polícia Civil descobriu que os responsáveis pela morte do empresário Luiz Eduardo de Almeida Barreto, de 49 anos, assassinado na última segunda-feira, na zona sul de São Paulo, são Eliana Freitas Barreto, mulher da vítima, e Marcos Fábio Zeitunsian, seu amante, ambos de 46 anos.

Zeitunsian foi preso em casa e Eliana foi chamada como testemunha até a delegacia, onde confessou o crime. Ela e Marcos ficarão presos temporariamente.

Eliana e Zeitunsian teriam começado a se relacionar há 13 anos. Enquanto Luiz Eduardo trabalhava em São Paulo durante a semana, a esposa morava em Guaratinguetá com os dois filhos do casal. Local onde recebia visitas frequentes do amante quando estava sozinha, como destaca o portal IG.

Segundo o delegado Jorge Carrasco, o crime teria sido motivado pela vontade da mulher e do amante de ficarem juntos e também de pegarem o dinheiro de Marcos, que era bem sucedido por ser diretor de uma empresa de aplicativos.

As investigações indicam que o empresário teria ainda um seguro de vida de R$ 500 mil. Com esse dinheiro, Eliana pretendia montar uma loja para o amante em Guaratinguetá.

Eliana de Freitas e Marcos Zeitunsian irão responder por homicídio triplamente qualificado e podem pegar até 30 anos de prisão.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta