Adolescentes estupram menor grávida e assassinam o namorado dela. E ainda filmam o crime
O jovem de 19 anos foi degolado por três adolescentes conhecidos na região por atos ilícitos Foto: Facebook/Reprodução

Adolescentes estupram menor grávida e assassinam o namorado dela. E ainda filmam o crime

O jovem de 19 anos foi degolado por três adolescentes conhecidos na região por atos ilícitos Foto: Facebook/Reprodução

Em ponte  que liga  Maranhão ao Piauí: Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos, foi degolado e teve seu corpo jogado ao Rio Parnaíba, enquanto sua namorada, de 15 anos e grávida de seis meses, foi estuprada pelo grupo.

Três adolescentes confessaram um crime que deixou em choque a pequena cidade de Uruçuí, a 307 km de Teresina, no Piauí. Eles atacaram um casal que namorava em uma ponte na divisa com o estado do Maranhão, na madrugada desta quarta-feira. Flaviano da Silva Marinho, de 19 anos, foi degolado e teve seu corpo jogado ao Rio Parnaíba, enquanto sua namorada, de 15 anos e grávida de seis meses, foi estuprada pelo grupo.

O corpo de Flaviano foi encontrado na manhã desta quarta-feira por pescadores. De acordo com o delegado Diego Pascoal, dois adolescentes de 16 anos foram apreendidos poucas horas após o crime. O terceiro, de 13 anos, foi levado pela própria mãe a uma delegacia de Benedito Leite, no Maranhão, onde a família reside.

Os infratores confessaram o estupro e o assassinato e detalharam tudo o que aconteceu, segundo o delegado. Ele disse ainda que os três são conhecidos devido à prática de ilícitos, como tentativa de homicídio, furtos e roubos.

— Eles já foram apreendidos diversas vezes. São velhos conhecidos da polícia. Um, em especial, já teve 11 entradas em estabelecimento próprio para menor de idade.

Os infratores contaram à polícia que gravaram a ação no celular da vítima, mas, segundo o delegado Bruno Ursulino, que também investiga o caso, não houve registro de vídeo, apenas fotos desfocadas. Os três haviam roubado os celulares das vítimas, assim como a motocicleta de Flaviano.

— Eles não sabiam manusear o aparelho e não gravaram as imagens no celular da vítima. Há apenas fotos desfocadas, não dá para ver nada — disse Ursulino.

Ao saírem do município de Benedito Leite, no Maranhão, eles avistaram o casal na ponte da divisa com o Piauí. Segundo a polícia, o local é isolado e não havia outras pessoas por perto.

— O casal estava em um local isolado quando os três infratores contiveram o rapaz e levaram a moça para um local afastado. Acreditamos que a motivação tenha sido crueldade. Eles não conheciam as vítimas. Cometeram os crimes, levaram os celulares e a motocicleta — afirmou Pascoal.

Alguns familiares e amigos de Flaviano trocaram suas fotos de perfil em rede social pela imagem de uma fita preta que simboliza luto. “Descanse em paz meu sobrinho. A justiça vai ser feita”, escreveu um tio do jovem.

Noticiado também no Jornal Extra

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta