Abertas vagas para curso sobre Improbidade Administrativa
Ccurso terá análise de casos concretos sobre ações de improbidade, no TJ.

Abertas vagas para curso sobre Improbidade Administrativa

A Escola Superior da Magistratura do Maranhão (ESMAM) realizará nos dias 26 e 27 de novembro o Curso Teoria e Prática – Improbidade Administrativa, em parceria com a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (ENFAM).

Durante o treinamento serão analisadas ações judiciais e discutidos mecanismos para dar maior celeridade na tramitação desses processos de improbidade. As inscrições, iniciadas nesta quarta-feira (16), serão realizadas até o dia 23 de outubro, pelo sistema acadêmico Tutor, através do sistema interno “Sentinela”.

Toda a plataforma do curso foi desenvolvida entre o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e

Ccurso terá análise de casos concretos sobre ações de improbidade, no TJ.

Enfam, de modo que atenda aos preceitos da Meta 18, a qual determina que sejam julgados até o fim deste ano, os casos de improbidade administrativa que chegaram ao Judiciário até 31 de dezembro de 2011.

Já realizaram treinamento similar os magistrados do Pará, Amazonas, Bahia, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte e Tocantins. No Maranhão, o objetivo é reunir todos os magistrados com competência para julgar processos sobre Improbidade Administrativa. (Comunicação ESMAN)

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta