A paralisação em 24 estados brasileiros e DF. São Luís sem ônibus e bloqueio da BR 135

A paralisação em 24 estados brasileiros e DF. São Luís sem ônibus e bloqueio da BR 135

Manifestações atingem 24 Estados do Brasil, mais o Distrito Federal. A violência utilizada nos protestos tem sido constantes. Em São Luís, ônibus não circulam e o comércio dos principais corredores da cidade está quase todo fechado.
Protestos e transportes parados marcam a greve geral em várias cidades

Protestos e transportes parados marcam a greve geral em várias cidades

Sindicatos fazem protestos e paralisações em 24 estados e no DF nesta sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e previdenciária. Servidores públicos, bancários, motoristas de ônibus e professores estão entre as categorias que aderiram ao movimento.

Em São Luís, com o transporte coletivo paralisado, o comércio e as repartições públicas, com raras exceções, também não funcionam. A volta dos ônibus estaria prevista para as 16 horas, mas tudo depende da intensidade do movimento. No geral, a situação está assim:

  • Ônibus não circulam.
  • Vias bloqueadas: BR-135 (que dá acesso à entrada e saída de São Luís, os dois sentidos da rodovia estão completamente bloqueados) e Avenida dos Portugueses.
  • Aeroporto está funcionando.
  • Servidores públicos, bancários, motoristas de ônibus e professores estão entre as categorias que aderiram à paralisação.

Em todo o país, notadamente em São Paulo, os manifestantes fazem de tudo para impedir a locomoção das pessoas por qualquer meio de transportes, dificultando que cheguem ao seu destino. Querem, com isso, parar o sistema produtivo do país. Para isso, estão interditando estradas, incendiando pneus e provocando engarrafamentos.

Veja, agora, com a colaboração do G1, um balanço do movimento, até as 10 horas. É só acessar o “LEIA MAIS”.

 

  • Ônibus: estão funcionando normalmente. Paralisação durou uma hora (6h às 8h).
  • Aeroportos de Macapá: funcionando normalmente.
  • Vias bloqueadas: nenhuma, segundo a Polícia Militar.
  • Manifestantes estão concentrados na Praça da Bandeira desde às 8h30. A Força Sindical prevê para às 10h uma caminhada.

 

Greve geral, Macapá, Amapá (Foto: John Pacheco)Greve geral, Macapá, Amapá (Foto: John Pacheco)

Greve geral, Macapá, Amapá (Foto: John Pacheco)

 

AMAZONAS

 

 

  • Ônibus: duas empresas pararam 100%. O restante deixou 30% dos coletivos nas garagens. Sindicato interditou a Rotatória do Armando Mendes entre 4h e 6h.
  • Polícia Civil faz ato na Delegacia Geral. Eles prometem parar 70% das delegacias de Manaus.
  • Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Especial, Turismo, Fretamento, Escolar e Locadora de Veículos interditou parcialmente a Rotatória da Suframa, na Zona Sul, desde 4h.

 

Motoristas do transporte especial bloqueiam via em Manaus

Motoristas do transporte especial bloqueiam via em Manaus

 

  • Bloqueio de avenidas em Maceió: Av. Fernandes Lima, Av. Durval de Góis Monteiro.
  • Bloqueio de rodovias: BR-316, BR-101, BR-104, AL-220.
  • Aeroportos funcionam normalmente.
  • Rodoviária foi fechada no início da manhã, mas já está liberada.
  • Ônibus urbanos que rodam em Maceió não saíram das garagens nesta manhã.
  • Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (HUPAA) cancelou consultas.
  • Agências bancárias estão fechadas.
  • Centrais de Flagrantes da Polícia Civil não estão registrando ocorrências.

 

Integrantes de sindicatos e movimentos sociais levaram faixas em protesto em Maceió contra o governo de Michel Temer (Foto: Michelle Farias/G1)

Integrantes de sindicatos e movimentos sociais levaram faixas em protesto em Maceió contra o governo de Michel Temer (Foto: Michelle Farias/G1)

 

  • Salvador está sem ônibus e trens por 24h. Funcionários protestam na porta das empresas.
  • O metrô de Salvador, entretanto, funciona normalmente nesta sexta-feira.
  • No aeroporto, as companhias aéreas informaram que não nenhum voo está atrasado.
  • Ferry Boat funciona normalmente.
  • Por volta das 6h30, manifestantes fecharam o trânsito na Avenida ACM, em frente ao Shopping da Bahia. Às 7h40, a organização informou que cerca de 1 mil pessoas participam do protesto.
  • Um grupo de manifestantes ocupa uma das pistas da Estrada do Coco, em Lauro de Freitas, sentido Salvador.
  • Cerca de 30 pessoas fecharam o Trevo da Resistência, na BA-522, em Candeias.
  • Houve interdição também na BA-526, conhecida como Cia-Aeroporto, mas por volta das 7h50, a pista já havia sido liberada.
  • Tribunal Regional do Trabalho e Tribunal de Justiça da Bahia suspenderam os expedientes.

Manifestantes vão para a estação rodoviária do metrô de Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

Manifestantes vão para a estação rodoviária do metrô de Salvador (Foto: Juliana Almirante/G1)

Feira de Santana

  • Manifestantes fecharam um sentido da BR-324.

Itabuna

 

  • Os ônibus não estão funcionando, inclusive os que fazem o transporte intermunicipal.
  • As rodovias BR-415 e BR-101, sentido Itabuna/Ibicarai e Itabuna/Buerarema, respectivamente, estão fechadas desde as 4h.
  • A ponte do bairro Conceição, que dá acesso ao bairro de Fátima e BR-415, sentido Itabuna/Ilhéus, foi fechada.

Barreiras

  • Servidores judiciários, servidores da Uneb e da Ufob e policiais civis aderiram à paralisação.
  • Um grupo de manifestantes fechou completamente a BR-135, na altura do Km-172.

Catu

  • Há interdição total da BR-101, em Catu. O bloqueio foi feito na altura do Km-369.

Vitória da Conquista 

  • Os funcionários duas empresas que fazem o transporte público em Vitoria da Conquista, no sudoeste da Bahia, aderiram à greve.
  • A maioria das faculdades e escolas, particulares e públicas, suspenderam as aulas.

 

CEARÁ

  • Ônibus: circulação parcial; pontos estão cheios.
  • Metrô: opera normalmente.
  • Vias bloqueadas: avenidas Domingos Olímpio, 13 de Maio, Duque de Caxias; da Universidade (Fortaleza); Km 153 da BR-116 (cidade de Russas).
  • Aeroporto: dois voos foram cancelados.
  • Lojas do Centro: parte das lojas está fechada.

A manifestação em Fortaleza é organizada pelo Sindicato Mova-se, dos servidores públicos estaduais. (Foto: Roberto Leite/G1 Ceará)

A manifestação em Fortaleza é organizada pelo Sindicato Mova-se, dos servidores públicos estaduais. (Foto: Roberto Leite/G1 Ceará)

 

DISTRITO FEDERAL

  • O transporte público não funcionou no DF. Metroviários e rodoviários aderiram à paralisação.
  • Na rodoviária do Plano Piloto, o transporte irregular ocupou o lugar das linhas regulares.
  • Vias bloqueadas no início da manhã foram liberadas por volta de 8h.
  • Escolas públicas não abriram e algumas particulares também ficaram fechadas.
  • No aeroporto JK, atrasos foram normalizados às 9h (segundo Inframérica). Houve 92 pousos e decolagens e 4 voos cancelados. Às 8h30, manifestantes que estavam no saguão do aeroporto deixaram o local, sem incidentes.
  • Na Esplanada dos Ministérios o policiamento foi reforçado. Alguns prédios estão com tapumes.

 

Manifestantes bloqueiam EPNB, em Brasília (Foto: Bombeiros/Divulgação)

Manifestantes bloqueiam EPNB, em Brasília (Foto: Bombeiros/Divulgação)

 

ESPÍRITO SANTO

Áreas bloqueadas na região: 

  • Entroncamento da Avenida Dante Michelini com a Avenida Norte Sul, na Praia de Camburi
  • Dante Michelini, próximo ao viaduto da Vale
  • Avenida Getúlio Vargas, na Vila Rubim
  • Avenida Alexandre Buaiz, próximo à Rodoviária de Vitória
  • Segunda Ponte, em frente ao Porto de Vitória
  • Descida da Segunda Ponte (liberação apenas para quem quer retornar)
  • Praça do pedágio, na Terceira Ponte

Serra

  • Km 269 da BR-101, em Carapina

Viana

  • Km 298 da BR-101, próximo à Real Café

Colatina

  • Avenida Silvio Avidos, no bairro São Silvano
  • Ponte Florentino Avidos

 

GOIÁS

  • Ônibus do Eixo Anhanguera e de linhas alimentadoras que saem do Terminal Padre Pelágio, em Goiânia não funcionam.
  • Manifestantes estão na garagem da Metrobus e impedem a saída de ônibus desde às 3h.
  • Rodovia GO-060: manifestantes bloquearam pista sentido Trindade/Goiânia das 7h às 8h, mas situação já foi normalizada.
  • Aeroporto: operação normal. Apenas um voo da Azul, que sairia de Cuiabá (MT) e chegaria a Goiânia às 7h20, foi cancelado por conta da neblina.

 

Manifestantes fecham saída de ônibus da Metrobus em Goiânia, Goiás (Foto: Guilherme Mendes/TV Anhanguera)

Manifestantes fecham saída de ônibus da Metrobus em Goiânia, Goiás (Foto: Guilherme Mendes/TV Anhanguera)

 

MARANHÃO

  • Ônibus não circulam.
  • Vias bloqueadas: BR-135 (que dá acesso à entrada e saída de São Luís, os dois sentidos da rodovia estão completamente bloqueados) e Avenida dos Portugueses.
  • Aeroporto está funcionando.
  • Servidores públicos, bancários, motoristas de ônibus e professores estão entre as categorias que aderiram à paralisação.

 

 

MATO GROSSO

 

 

  • Ônibus municipais e intermunicipais de Cuiabá e Várzea Grande estão parados.
  • Professores da rede estadual e municipal também participam da paralisação desta sexta-feira.

 

Interior

 

  • Um grupo protesta no km 686 da BR-163 em Lucas do Rio Verde, a 360 km de Cuiabá. Eles bloquearam os dois trechos da rodovia desde as 7h30 [horário de Mato Grosso].

 

 

MATO GROSSO DO SUL

 

A capital amanheceu sem transporte público. Manifestantes impedem entrada e saída de ônibus de viagem na rodoviária. Escolas estaduais de MS estão sem aulas.

 

MINAS GERAIS

  • Ônibus: funcionam parcialmente.
  • Estações de ônibus: São Gabriel, Diamante e Venda Nova estão fechadas. As estações Barreiro, Vilarinho e Pampulha funcionam parcialmente. A Estação José Cândido da Silveira funciona normalmente. As estações de transferência nos corredores e nas avenidas Santos Dumont e Paraná estão abertas e com bilheterias funcionando.
  • Metrô: não funciona.
  • Aeroporto Internacional de Belo Horizonte: funciona normalmente.
  • Aeroporto da Pampulha: funciona normalmente.
  • Vias bloqueadas: Anel Rodoviário, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte; MG-010, em Vespasiano, na Grande BH, está com o tráfego intermitente.
  • A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foi fechada por um protesto.
  • Unidades de Pronto-Atendimento, Hospitais da Rede Fhemig e Hospital Municipal Odilon Behrens funcionam em escala mínima.
  • A maioria dos Centros de saúde estão fechados ou somente com função administrativa.
  • Escolas municipais e estaduais estão fechadas.
  • Servidores da Justiça e do Ministério Público aderiram ao movimento.

 

PARÁ

  • Bloqueio no início da Alça Viária, em Marituba.
  • Ônibus funcionam normalmente. O trânsito está fluindo no centro de Belém.

Santarém

  • Ônibus estão circulando normalmente.
  • Aeroporto Maestro Wilson Fonseca: funciona normalmente.
  • Vias bloqueadas: rua Siqueira Campos e Av. Tapajós, no Centro.
  • Escolas públicas e alguns bancos não abrem.
  • Escolas da rede privada funcionam normalmente.
  • Concentração da manifestação começou as 8h na Praça da Matriz.

PARAÍBA

  • Ônibus da Região Metropolitana estão parados no início da manhã.
  • Manifestantes fecharam pelo menos cinco avenidas da capital e feixas de duas rodovias.
 Avenida Tancredo Neves, no bairro do Ipês, foi bloqueada (Foto: Walter Paparazzo/G1)

Avenida Tancredo Neves, no bairro do Ipês, foi bloqueada (Foto: Walter Paparazzo/G1)

 

PARANÁ

  • Não há transporte coletivo em Curitiba, Ponta Grossa, Maringá e Londrina. Milhões de passageiros são prejudicados.
  • Manifestantes protestam em várias rodovias. As situações mais complicadas são na BR-277, em São José dos Pinhais, e na Avenida das Torres, que liga a capital ao aeroporto.
  • Funcionários da coleta de lixo em Curitiba também aderiram às paralisações.

 

PERNAMBUCO

  • Nenhum ônibus saiu das garagens nesta manhã. Mais de 2 milhões de pessoas são afetadas.
  • Metrô: funcionou com esquema especial até as 9h. Estações fechadas até as 16h.
  • Trabalhadores realizaram protesto nas vias de acesso ao Aeroporto Internacional do Recife. As ruas já foram liberadas. Não houve atrasos de voos nem cancelamentos, até as 7h30.
  • Escolas públicas também não abriram as portas.
  • Delegacias: segundo a Polícia Civil, as delegacias de plantão funcionam normalmente.

 

Vias:

 

  • Avenida Cruz Cabugá, no centro: liberada às 9h58.
  • Avenida Conselheiro Aguiar, na Zona Sul do Recife: liberada.
  • Vias interditadas: Avenida Recife, Zona Oeste. Quilômetro 9 da BR-232, bairro do Curado. QuilômetroS 7 e 72 da BR-101, no município de Goiana e no bairro do Barro, respectivamente. Estrada da Muribeca, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.
  • Rodovias liberadas: Quilômetros 83 e 86 da BR-101, em Jaboatão e no Cabo de Santo Agostinho, respectivamente.
BR-232, na Zona Oeste do Recife, foi bloqueada com pneus queimados (Foto: ADELSON COSTA/PERNAMBUCO PRESS)

BR-232, na Zona Oeste do Recife, foi bloqueada com pneus queimados (Foto: ADELSON COSTA/PERNAMBUCO PRESS)

 

PIAUÍ

  • Agentes penitenciários paralisaram e não vão receber presos nos presídios. Visitas suspensas e transferências também.
  • Acessos à Universidade Federal do Piauí e ao Hospital Universitário estão bloqueados.
  • Comércio abriu no Centro da capital, mas algumas lojas foram fechadas pelos manifestantes.
  • Trecho da BR-316 foi bloqueado na Zona Sul de Teresina, mas conforme a PRF o protesto é por conta da falta de água.

RIO DE JANEIRO

  • Ponte Rio-Niterói: liberada nos dois sentidos após protesto.
  • Niterói-Manilha: liberada nos dois sentidos após protesto.
  • Linha Vermelha: aberta, com congestionamento.
  • Ônibus: funcionam com frota total, segundo a Rio Ônibus; passageiros dizem que há menos coletivos.
  • Trens e Metrô: operação normal.
  • VLT: parado devido a manifestação.
  • Barcas: Arariboia fechada por manifestantes; Charistas aberta.
  • BRT: após interdição, o BRT Transoeste foi reaberto.
  • Rodoviária: bloqueio de manifestantes complica muito o trânsito.
  • Santos Dumont: protestos nos acessos, embarque normal.
  • Galeão: operação normal.

Manifestantes fecham a Ponte Rio-Niterói, sentido Rio, na manhã desta sexta-feira (28) (Foto: Reprodução/TV Globo)

Manifestantes fecham a Ponte Rio-Niterói, sentido Rio, na manhã desta sexta-feira (28) (Foto: Reprodução/TV Globo)

 

RIO GRANDE DO NORTE

  • Ônibus e trens: circulam com frota reduzida. ônibus com 40% da frota; trens com viagens reduzidas.
  • Ônibus intermunicipais: algumas empresas decidiram recolher os veículos.
  • Aeroporto: funciona normalmente.
  • Vias bloqueadas: 4 pontos de bloqueio: rotatória das BRs 101 e 406, na zona Norte de Natal; outra rotatória da BR 101, na cidade de Extremoz; BR 304, em Mossoró; e na BR 226, em Currais Novos.
  • Policiais civis e agentes penitenciários trabalham com 30% do efetivo.

 

 

RIO GRANDE DO SUL

  • Ônibus urbanos e metropolitanos não circulam em Porto Alegre.
  • Linhas de trem que ligam a capital à Região Metropolitana não operam.
  • Há rodovias com bloqueios em diversas regiões do estado, com queima de pneus. Algumas delas: BR-290, entre os km 97 e 99; pontos da BR-386; BR-116 e ERS-122, na Serra; BR-392, no Sul; BR-287, em Santa Maria.
  • Aeroporto Salgado Filho funciona normalmente.

 

O serviço de ônibus está parcialmente interrompido. Cerca de 50 manifestantes bloqueiam a garagem da empresa Expresso Medianeira.

As duas maiores empresas de ônibus também não operam na cidade. No meio da manhã deve ser realizada uma assembleia.

Trinta ônibus chegaram a deixar as garagens, mas acabaram sendo impedidos de circular pela cidade por sindicalistas em ruas próximas das empresas. As empresas, então, decidiram suspender o serviço. De acordo com os manifestantes, a situação deve continuar até às 9h.

 

RONDÔNIA

  • Ônibus: funcionam normalmente
  • Bancos: paralisados
  • Eletrobras: paralisada e com protestos de servidores em frente à sede na Avenida Sete de Setembro
  • Vias bloqueadas: nenhuma via bloqueada até o momento
  • Manifestantes estão se concentrando no ponto de encontro, na Praça das Três Caixas d’Água em Porto Velho. Movimento começou a aumentar a partir das 9h.

RORAIMA

Boa Vista

  • Cerca de 200 pessoas fecharam um trecho da Av. Venezuela, uma das mais movimentadas da capital.
  • Outro ponto onde estão reunidos manifestantes é a Ponte do Cauamé, na BR 174. O ato teve início às 6h e reúne cerca de treze sindicatos do estado.

SANTA CATARINA

Ônibus não circulam na capital. Avenidas foram bloqueadas na região. Escolas municipais e postos de saúde amanheceram fechados. A coleta de lixo foi interrompida.

Manifestantes se concentraram na Praça da Bandeira, Centro, no início da manhã. Eles invadiram o terminal de ônibus antes das 7h e não deixavam os veículos entrarem.

Ônibus não estão circulando. O Seterb liberou o corredor de ônibus para os veículos, por causa da grande quantidade de carros na rua.

Ônibus não circulam.

Manifestantes fecharam terminal de ônibus em Joinville (Foto: Kleber Pizzamiglio/RBS TV)

Manifestantes fecharam terminal de ônibus em Joinville (Foto: Kleber Pizzamiglio/RBS TV)

 

SÃO PAULO

  • Trens e ônibus e as linhas Vermelha, Azul e Verde do Metrô não circulam. Apenas a Linha 4-Amarela do Metrô, administrada por uma concessionária, opera normalmente.
  • Os motoristas de ônibus e cobradores também cruzaram os braços. A exceção fica por conta dos micro-ônibus, operados por empresas permissionárias que não aderiram à paralisação.
  • Vias bloqueadas: Avenidas Ipiranga, no Centro, e Giovanni Gronchi, na Zona Sul, além da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, têm protestos e bloqueios. Foram liberadas as avenidas 9 de Julho, no Centro, 23 de Maio, na Zona Sul, e a Rodovia Anchieta, Rodovia Anhanguera, Régis Bittencourt, Anchieta, Cônego Domênico Rangoni.
  • Aeroportos de Congonhas e Cumbica: funcionam normalmente.

 

Terminal Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo (SP), amanhece vazio nesta sexta-feira (28). Diversas categorias aderiram hoje ao movimento nacional intitulado “Greve Geral

Terminal Cachoeirinha, na Zona Norte de São Paulo (SP), amanhece vazio nesta sexta-feira (28). Diversas categorias aderiram hoje ao movimento nacional intitulado “Greve Geral” contra a reforma da Previdência e reforma trabalhista. (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Manifestantes bloqueiam a Avenida Ipiranga, após a Praça da República.  (Foto: Reprodução/TV Globo)Manifestantes bloqueiam a Avenida Ipiranga, após a Praça da República.  (Foto: Reprodução/TV Globo)

Manifestantes bloqueiam a Avenida Ipiranga, após a Praça da República. (Foto: Reprodução/TV Globo)

  • Aeroporto de Viracopos funcionando normalmente, mas as rodovias que dão acesso a ele estão com congestionamentos. Rodovia Santos Dumont é a principal delas e ficou bloqueada até as 7h30, quando o trânsito começou a fluir.
  • Todos os terminais de ônibus da cidade estão fechados. Não há ônibus urbanos circulando.
  • As demais rodovias que cruzam a região, Anhanguera, Bandeirantes, Dom Pedro I, não têm bloqueio.
  • Limite entre Santos e São Vicente (Praia) está bloqueado.
  • Cônego foi desocupada após confronto com o BAEP, em Cubatão.
  • Entrada de Santos (Saída da Anchieta) desocupada após negociação com a PM.
  • Manifestantes se dirigem ao centro da cidade.

Ribeirão Preto

  • O transporte público não funciona desde a 0h desta sexta. Os ônibus não deixaram as garagens.
  • Por volta das 7h, manifestantes bloquearam a Rodovia Anhanguera no acesso ao Aeroporto Leite Lopes, em Ribeirão Preto. Houve lentidão no trecho, mas a situação foi normalizada cerca de uma hora depois.
  • Ônibus: não funcionam.
  • Escolas: 20 estaduais estão fechadas, 10 têm funcionamento parcial e outras 14 não decidiram se haverá aula.
  • Aviação: cerca de 300 funcionários da oficina da Latam estão paralisados em frente à empresa.

 

 

  • Ônibus: 7 terminais de ônibus estão fechados.
  • Trem: Linha Rubi da CPTM não está operando.
  • Vias: Anhanguera voltou a ser interditada por volta das 8h30, na via sentido interior. O congestionamento atingiu 4 quilômetros.
  • Atos: funcionários públicos de Jundiaí se reuniram em frente à Câmara Municipal. Cerca de 200 pessoas participam da manifestação, que é pacífica.

Mogi

  • A estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) no Centro de Mogi das Cruzes amanheceu com os portões fechados.

Vale do Paraíba

  • Ônibus não circulam em São José dos Campos, Taubaté e Jacareí.
  • Via Dutra, em São José dos Campos, foi liberada após protesto que durou 1 hora.
  • Atos: sindicalistas fizeram bloqueios na porta de fábricas para impedir acesso dos trabalhadores. Entre elas Johnson, Hitachi, MWL, Volkswagen (empresas em São José, Taubaté e Caçapava).

Itapetininga

  • Motoristas e funcionários do transporte coletivo aderiram à paralisação.
  • integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL) fecharam os dois sentidos do km 24 da Rodovia Francisco Alves Negrão (SP-258).
  • Uma barreira de pneus foi colocada por manifestantes na rodovia Humberto Pelegrin (SP-268), entre Itapetininga (SP) e Alambari (SP), por volta das 5h.
  • Sindicalistas e MST realizam protesto com faixas na praça das Três Escolas. A concentração começou às 8h30.
  • Ônibus não circulam e terminais estão fechados.
  • Há manifestação pacífica pelas ruas no Centro da cidade.
  • Ônibus não circulam.
  • Pelo menos 26 escolas estaduais estão fechadas.
  • Os ônibus não circularam entre 5h45 e 6h30.

Sorocaba

  • Sindicalistas estão em frente aos terminais urbanos, que amanheceram fechados, e a algumas empresas da cidade.
  • A PM reforça a segurança na garagem da STU (Sorocaba Transportes Urbanos LTDA) e de vários pontos da cidade, principalmente em áreas comerciais. O efetivo de choque da PM já atuou durante a manhã em tentativas de obstrução de via.
  • Manifestantes fecharam o trecho urbano da rodovia BR-153, em São José do Rio Preto. O bloqueio começou por volta das 7h30 e durou um pouco mais de uma hora.
  • No centro de Rio Preto, manifestantes contra as reformas interditam neste momento um trecho da Avenida Alberto Andaló.
  • Integrantes do MST também bloquearam na manhã desta sexta-feira um trecho da SP-563, na região de Jales (SP).
  • 90% das escolas estaduais da região de Araçatuba estão fechadas.
  • Em Catanduva (SP), manifestantes se reuniram nesta manhã na Praça Nove de Julho.

 

SERGIPE

  • Ônibus não estão circulando.
  • Aeroporto Santa Maria funciona normalmente.
  • Vias bloqueadas: três pontos da BR 101 estão bloqueados por manifestantes, que impedem a passagem de veículos no KM 89, município de Nossa Senhora do Socorro; KM 53, município de Carmópolis e KM 78, no município de Maruim.

Trecho do Conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro (SE). (Foto: Fábio Machado)

Trecho do Conjunto Marcos Freire II, em Nossa Senhora do Socorro (SE). (Foto: Fábio Machado)

 

TOCANTINS

  • Ônibus circulam normalmente por toda cidade.
  • Um voo foi cancelado no aeroporto de Palmas.
  • Algumas escolas estão fechadas.

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta