Índios bloqueiam a Br-316 em protesto contra a PEC 215
Br-316 interditada, em protesto dos índios

Índios bloqueiam a Br-316 em protesto contra a PEC 215

 

Br-316 interditada, em protesto dos índios

Desde o início da manhã desta quarta-feira (2), a BR-316, no município de Bom Jardim,  a 375 km de São Luís está interditada por indígenas das tribos guajajaras e guarani. Essa  rodovia é a principal via de acesso às BRs 222 e 135, que interligam as principais cidades do Maranhão.  

Os índios bloquearam a pista nos dois sentidos, ateando fogo em pedaços de madeira, o que  impedia os veículos de passarem pelo local. Eles disseram ainda não ter previsão para liberar a rodovia.  

O protesto, dizem os manifestantes,  faz parte da agenda nacional de manifestações contra a PEC 215, de autoria do ex-deputado federal Almir Sá (PRB-RR), está em tramitação desde 2000 e aguarda criação de Comissão Temporária na Mesa Diretora da Câmara dos Deputados (MESA) e instalação de Comissão Temporária na Seção de Registro de Comissões (SERCO(SGM)), de acordo com a Câmara Federal

Se aprovada, a PEC retira a atribuição exclusiva da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Executivo de promover a demarcação das reservas indígenas no país e a transfere para o Legislativo. O Congresso Nacional também passa a ter competência para ratificar as demarcações homologadas. (Com informações do G1)

 

 

José Machado

José da Silva Machado. Natural de Duque Bacelar - Maranhão, onde nasceu em 14 de junho de l957. Graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal do Maranhão, especialização Jornalismo. Foi repórter, editor e secretário de Redação nos jornais Pequeno, O Imparcial e Diário do Norte, em São Luís. Também foi diretor de Telejornalismo na TV Difusora (Rede Globo), no período 1985/198). Exerceu o cargo de Secretário de Estado de Imprensa e Divulgação do Governo do Estado (2006-2007). É poeta e escritor, tem lançado o livro "As Quatro Estações do Homem" e conclui o livro; "Os vinte contos de réis". Pai de 5 filhos e 1 neto.

Deixe uma resposta