Preço da gasolina sobe em 21 estados e no DF na 1ª semana do ano

Apenas em cinco estados brasileiros houve recuo nos preços médios do combustível de petróleo; na média nacional, houve alta nos postos de 0,24%, de R$ 4,099 para R$ 4,151 o litro ante a semana final de 2017 O valor médio da gasolina vendido nos postos brasileiros subiu em 21 estados brasileiros e no Distrito Federal na semana inicial de 2018, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilados pelo AE-Taxas. Apenas em cinco estados brasileiros houve recuo nos preços médios do combustível de petróleo. Na média nacional, houve alta nos postos de 0,24%, de R$ 4,099 para R$ 4,151 o litro ante a semana final de 2017. O etanol, combustível feito a partir da cana, tem poder calorífico menor que o da gasolina, derivada do petróleo. Foto: Epitácio Pessoa/Estadão Parte inferior do formulário Em São Paulo, maior consumidor do País e com mais postos pesquisados, o litro da gasolina subiu 0,76% na semana passada, de R$ 3,945 para R$ 3,975, em média. No Rio de Janeiro, o combustível saiu de R$ 4,548 para R$ 4,657, em média, alta de 2,40%. Em Minas Gerais houve alta média no preço gasolina de 3,27%, de R$ 4,188 para R$ 4,325 o litro. Etanol. Os valores médios do etanol hidratado seguem vantajosos sobre os da gasolina apenas em postos dos estados de Mato Grosso e Goiás, ainda de acordo com dados da ANP. O levantamento considera que o combustível de cana, com menor poder calorífico, precisa ter preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso. Em Mato Grosso, onde o etanol é o mais competitivo, o biocombustível é vendido em média por 59,91% do preço da gasolina. Em Goiás e paridade está em 66,58%. Em Minas Gerais o etanol vale, em média, 70,50% do preço da gasolina, bem próximo do limite de paridade com o combustível de petróleo. Em São Paulo, a paridade está em 71,09%. A gasolina é mais vantajosa no Amapá. Naquele estado, o preço do etanol atinge 93,70% do cobrado em média pela gasolina.

Continuar lendo Preço da gasolina sobe em 21 estados e no DF na 1ª semana do ano

Vetado por Sarney para ministério, Pedro Fernandes renuncia à vice-liderança do governo na Câmara

Parlamentar do PTB havia sido indicado pelo partido para assumir comando do Ministério do Trabalho. Ao pedir para deixar a função, Fernandes alegou que quer 'evitar embaraços' a Temer. Após ser barrado para o comando do Ministério do Trabalho, o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) pediu nesta terça-feira (9) para deixar de ocupar o posto de vice-líder do governo na Câmara. O parlamentar maranhense foi indicado pelo PTB para assumir o Ministério do Trabalho, mas afirmou que teve o seu nome vetado pelo ex-presidente José Sarney, um dos políticos mais influentes do PMDB e do Maranhão, base eleitoral de Pedro Fernandes. Em uma carta enviada ao líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Fernandes pediu para ser destituído da função de vice-líder para, segundo ele, “evitar embaraços” para o presidente Michel Temer. “Diante das circunstâncias e para evitar embaraços do sr. presidente Michel Temer com o sr. ex-presidente José Sarney, notifico meu desinteresse de continuar como vice-líder”, escreveu o deputado do PTB no pedido para se desincompatibilizar do posto. Pedro Fernandes fez questão de ressaltar na carta que acompanhou “todas as orientações do governo nas votações em plenário e nas comissões permanentes e especiais”. Ao G1, o deputado do PTB explicou que a solicitação para deixar a vice-liderança ainda depende de um ato formal do líder do governo na Câmara. Embora ainda esteja à espera da confirmação do líder do governo, Pedro Fernandes afirmou que já se sente ex-vice-líder.

Continuar lendo Vetado por Sarney para ministério, Pedro Fernandes renuncia à vice-liderança do governo na Câmara

Assassino de Décio Sá teria matado Alan Kardec, líder do “bonde”, neste domingo, numa briga em Pedrinhas

Corre nas redes sociais a informação de que Alan Kardec Dias Mota, preso na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 4 (UPSL 4), teria morrido, por volta do meio-dia, depois de se envolver, na manhã deste domingo (7), numa briga com o paraense Johnathan de Sousa Silva, assassino do jornalistá Décio Sá, quando os dois participavam do "banho de sol", direito concedido aos detentos. Alan Kardec teria sido vitima de uma barra de ferro no peito, sendo levado gravemenete ferido para o Hospital Socorrão 2 Mas a informação ainda não foi confirmada pelas autoridades policiais nem pela Secretaria de Administração Penitenciária. Alan Kardec seria uma das lideranças principais da facção "Bonde dos 40", como um dos seu fundadores no Maranhão. Essa foto foi divulgada pelas redes sociais

Continuar lendo Assassino de Décio Sá teria matado Alan Kardec, líder do “bonde”, neste domingo, numa briga em Pedrinhas

Missões em Marte, superfoguetes e mais do que a ciência espacial prepara para 2018

Dos próximos capítulos da exploração comercial do espaço ao desenvolvimento de carros equipados com motores de foguete, 2018 promete ser um ano movimentado para a ciência espacial. A BBC selecionou algumas das novidades preparadas pelo setor para este ano, que incluem o envio de novas missões a Marte e a Mercúrio, a exploração de asteroides e o início da construção dos superfoguetes do empresário Elon Musk. Mundo em movimento Antes restrita a poucas potências, a exploração do espaço é cada vez mais internacional - e diferentes países preparam missões para este ano. A primeira delas, prevista para março, será a Chandrayaan 2, a nova etapa do inovador projeto de exploração lunar que a Índia iniciou em 2008. Antes restrita a poucas potências, a exploração do espaço é cada vez mais internacional - e diferentes países preparam missões para este ano. A primeira delas, prevista para março, será a Chandrayaan 2, a nova etapa do inovador projeto de exploração lunar que a Índia iniciou em 2008. Enquanto a tecnologia da Chandrayaan 1 permitia apenas que a sonda orbitasse em volta do satélite, a Chandrayaan 2 será capaz de aterrissar e se locomover sobre a superfície da Lua. O lançamento, a partir do centro espacial de Satish Dhawan, em Andhra Pradesh, no sul do país, será feito com a ajuda do veículo de lançamento de satélite geosíncrono (GSLV, na sigla em inglês), desenvolvido pela agência espacial indiana, a ISRO. Já a Nasa, agência espacial americana, planeja ir novamente a Marte em maio, com a missão InSight. Desta vez, os americanos querem investigar o que há abaixo da superfície do Planeta Vermelho.

Continuar lendo Missões em Marte, superfoguetes e mais do que a ciência espacial prepara para 2018

Com infecção urinária, Michel Temer poderá se afogar no Porto de Santos?

Revista destaca nesta semana a intimação do ministro do STF Luís Roberto Barroso para que Temer responda em 15 dias a 50 perguntas feitas pela Polícia Federal que investiga as motivações de um decreto presidencial "para lá de favorável ao setor portuário"; "Uma negociação em troca de quê? Grana?", questiona a publicação A PF investiga as motivações de um decreto presidencial de maio de 2017 "para lá de favorável ao setor portuário", como lembra a reportagem. "Escutas da PF pegaram o "homem da mala" e da confiança de Temer, Rodrigo Rocha Loures, a negociar a norma com um executivo da Rodrimar, uma empresa atuante no Porto de Santos, cujo dono, Antônio Celso Grecco, é amigo do presidente", informa ainda. "Uma negociação em troca de quê? Grana?", questiona a publicação. Depois de ter duas denúncias de corrupção rejeitadas contra ele na Câmara, a grande questão que a revista faz é: "Temer vai se afogar em Santos?".

Continuar lendo Com infecção urinária, Michel Temer poderá se afogar no Porto de Santos?

Dançarina sai do Maranhão em busca de trabalho e acaba morta em Florianópolis-SC

Jovem viajou com a intenção de trabalhar e conseguir dinheiro para comprar uma casa e pagar e terminar de pagar a faculdade A dançarina maranhense Braieny Alves Soares, de 20 anos, foi morta a tiros na última quinta-feira (4) no centro de Florianópolis. Em São Luís, a família se desespera por ainda não ter recebido um telefonem sequer da polícia catarinense, informando-os dos detalhes da morte da jovem e das providências já adotadas para identificar os autores ou autora do crime Informações procedentes de fontes policiais catarinenses dizem que a jovem teria sido abordada por duas mulheres, próximo a uma casa noturna situada à Rua Major José Augusto de Farias, na área central de Florianópolis. Após manter uma conversa com as suspeitas, tiros foram disparados e logo em seguida as suspeitas fugiram em um automóvel, deixando Braieny Alves caída no chão. Essa versão foi divulgada após a polícia ter a acesso a imagens de câmara de vigilância instaladas na área onde o assassinato aconteceu. A polícia já está de posse de mensagens postadas pela proprietária da boate onde Brieny estaria trabalhando. Segundo familiares, a jovem viajou para Santa Catarina em busca de trabalho e da possibilidade de conseguir dinheiro para comprar uma casa para a família e terminar de pagar a faculdade.

Continuar lendo Dançarina sai do Maranhão em busca de trabalho e acaba morta em Florianópolis-SC

Lista de resoluções: seis propósitos sexuais para melhorar as relações em 2018

Nossa lista de resoluções de Ano Novo está destinada a descobrir o tipo de animal erótico que temos dentro de nós, e a satisfazê-lo adequadamente. Por algum motivo chegamos à maioridade neste século 1. Planejar o lazer tanto quanto o trabalho Quando somos adolescentes ou estamos apaixonados nossos hormônios e órgão genitais têm um peso considerável nas atividades diárias, e eles mesmos encontram espaços em nossas agendas apertadas. No entanto, a coisa muda quando ficamos mais velhos ou passamos muito tempo com a mesma pessoa. O trabalho, as obrigações cotidianas, o estresse, a academia, as crianças, as compras, as redes sociais, a série de televisão do momento... Tudo fica à frente da sexualidade, essa maravilhosa e gratuita capacidade de passar bem que começamos a explorar cada vez menos, mesmo que evoquemos com verdadeiro fervor. Deixar as relações sexuais nas mãos da espontaneidade, se não se pertence aos grupos anteriores, é como esperar que nosso chefe nos chame e aumente o nosso salário. Planejar e reservar momentos de lascívia, seja sozinho/a ou acompanhado/a, e transformá-los em compromissos inadiáveis é uma boa maneira de o sexo não passar a ser uma recordação vintage. Aqui acontece como o exercício físico. Se não nos inscrevemos em uma academia ou atividade às segundas, quartas e sextas de 7h às 9h, será muito difícil que a gente faça atividade esportiva em casa. Marque um dia na semana para a bagunça, no meu caso as dirty fridays, e vai ver que a coisa tem outro swing. 2. Atrever-se a experimentar coisas novas Vejo as mães tentando que seus filhos pequenos experimentem receitas e alimentos novos, sempre com o mesmo argumento, “se não provar nunca vai saber se gosta ou não”. Enquanto isso, os filhos têm três listas separadas: aquilo que gostam, aquilo que não gostam e aquilo que ainda não experimentaram. “Gosta de bacalhau, Carlinhos?”, “Não sei, nunca comi”. “Quer um pouco?”. “Não, obrigado”. A vida sexual deveria ser parecida com essa etapa infantil em que estamos permanentemente em fase de experimentação e na qual, pouco a pouco, vamos reduzindo a lista de experiências desconhecidas. É claro que há coisas que à primeira vista não ativam nem de longe os nossos sucos gástricos; mas exceto esses exemplos extremos, talvez deveríamos ser mais propensos a nos deixar surpreender pelos sabores do mundo. Ideias preconcebidas, estereótipos ou regras autoimpostas são alguns dos principais obstáculos para provar coisas novas. “E o senso de ridículo”, afirma Francisca Molero, sexóloga e ginecologista, “é um grande inibidor sexual que nos impede de fazer muitas coisas. Porque além disso, o riso não cai muito bem com o sexo na nossa mentalidade, e não deveria ser assim”. Todos, cada um adaptado à sua personalidade sexual, temos coisas que gostaríamos de provar e que não nos atrevemos. É a hora de experimentar. VEJA AS DEMAIS. Acesse LEIA MAIS...

Continuar lendo Lista de resoluções: seis propósitos sexuais para melhorar as relações em 2018

Jefferson revela que o próprio Temer lhe falara do veto de Sarney a Pedro Fernandes para ministro.

O presidente Michel Temer confirmou nesta quarta-feira (3) a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como nova ministra do Trabalho. A parlamentar, filha do ex-deputado e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, condenado no mensalão, substitui o deputado federal Roberto Nogueira, que pedira demissão ao presidente no dia 27 de dezembro para se dedicar à campanha eleitoral. Cristiane foi a segunda indicação do PTB para o cargo. Temer recebeu a indicação em um encontro com Jefferson durante encontro no Palácio do Jaburu, em Brasília. O presidente nacional do PTB se disse emocionado e chorou ao falar com jornalistas ao fim do encontro. Jefferson afirmou que o nome da filha surgiu na conversa com Temer. Na terça-feira, 2, o presidente havia desistido de nomear o deputado federal Pedro Fernandes (PTB-MA) para a vaga após o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) não referendar o nome de Fernandes, aliado do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). O deputado havia sido indicado por seu partido para ocupar o lugar de Ronaldo Nogueira (PTB-RS). Sarney nega o veto. Temer pediu a Jefferson, então, uma nova indicação do PTB. “O Palácio me avisou que tinha subido no telhado a nomeação do Pedro Fernandes, me ligou pedindo que pensássemos um novo nome por causa do problema de relação do Fernandes com o Sarney”, disse Jefferson, na terça-feira, à reportagem. “O presidente Sarney não concorda com o nome. Ele queria conversar, mas o Fernandes não quis conversar com o presidente Sarney sobre o Maranhão. Então, deu problema.”

Continuar lendo Jefferson revela que o próprio Temer lhe falara do veto de Sarney a Pedro Fernandes para ministro.

Prefeitos de municípios cortados pela Ferrovia Carajás se reúnem para celebrar maior compensação financeira

O Conselho Intermunicipal Multimodal – CIM tem marcada para esta sexta-feira (5) uma reunião com a participação dos prefeitos dos municípios beneficiados com a emenda do senador do senador Roberto Rocha que garantiu aumento, para 15% , da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM) aos municípios escoadores da produção de minério de ferro, aqueles afetados por operações de embarque e desembarque. Ou, ainda, cidades onde se localizam pilhas de estéril, barragem de rejeitos e instalações de beneficiamento. No Maranhão, 23 municípios cortados pela Estrada de Ferro Carajás, ao longo de 670 quilômetros de extensão da ferrovia, serão beneficiados. Ao todo, a previsão é de que sejam injetados aproximadamente R$ 46 milhões anuais nesses municípios, os quais serão repartidos de acordo com o tamanho da população e a extensão da malha ferroviária dentro de cada unidade municipal.

Continuar lendo Prefeitos de municípios cortados pela Ferrovia Carajás se reúnem para celebrar maior compensação financeira

Sarney veta nome de Pedro Fernandes para ministro do Trabalho e Temer acata

Pedro Fernandes é deputado pelo Maranhão, estado de influência do ex-presidente O ex-presidente José Sarney (PMDB) vetou o nome do deputado Pedro Fernandes (PTB-MA) para o comando do Ministério do Trabalho. O presidente Michel Temer aceitou a decisão de Sarney e busca, agora, um novo nome para assumir a pasta, que foi deixada por Ronaldo Nogueira na última quarta-feira (27). Pedro Fernandes, que deixou o grupo político do ex-pesidente Sarney, bandeando-se para o grupo de Flávio Dino, chegou a dar entrevistas como virtual minisro. E o pior: disse que, nessa condição, continuaria aliadíssiomo do atual governador do Maranhão, que derrotou nas urnas o candidato da oligarquia Sarney, Edison Lobão Filho, pondo fim a um dos mais longevos domínios políticos do Brasil. Isso irritou profundamente o cacique José Sarney, que pediu sua cabeça antes mesmo da posse anunciada. Por ser da cúpula do PMDB, partido do presidente da República, Sarney ainda conserva certa posição política e dizem ser um dos principais conselheiros do atual Chefe das Nação. Daí... Nos bastidores, Sarney está negando a ingerência na nomeação.

Continuar lendo Sarney veta nome de Pedro Fernandes para ministro do Trabalho e Temer acata