Flávio Dino manda reestruturar Avenida Litorânea e estendê-la até o Olho D’água

O governador Flávio Dino assinou, na tarde desta quarta-feira (31), no Palácio dos Leões, o contrato para obras do Projeto de Reestruturação da Avenida dos Holandeses e Litorânea – BRT Metropolitano, Lote 1. Nesta primeira parte, anunciada pelo governador, além da implantação do sistema de transporte de média capacidade, o BRT inclui, entre outras intervenções, a extensão da Avenida Litorânea até o Olho d’Água. Durante a solenidade, Flávio Dino assinou o contrato do Consórcio BRT – Litorânea, que visa a contratação da empresa especializada (DP Barros Pavimentação e Arveck Técnica e Construções) para a elaboração dos projetos básicos e executivos para implementação das obras. O grande investimento tem múltiplos objetivos, como melhorar a mobilidade urbana, a interligação dos municípios da Região Metropolitana da Ilha de São Luís e o aperfeiçoamento das condições de acessibilidade locais.

Continuar lendo Flávio Dino manda reestruturar Avenida Litorânea e estendê-la até o Olho D’água

Suspeito de matar delegados da PF é dono de um trailer de cachorro quente

A Polícia Civil trata como um desentendimento pontual a troca de tiros que terminou com a morte de dois delegados da Polícia Federal na madrugada desta quarta-feira, em Florianópolis. Suspeito, dono de um trailer de cachorro quente, também foi baleado e está internado. O homem baleado durante uma briga que resultou na morte de dois delegados da Policia Federal, na madrugada desta quarta-feira (31) em Florianópolis, é o principal suspeito de atirar contra eles, segundo a Polícia Civil. A troca de tiros entre o homem, que é dono de um trailer de cachorro-quente, e os dois policiais ocorreu em uma casa de prostituição na rua Fúlvio Aducci, bairro Estreito, na área continental, por volta das 2h. “A discussão ocorreu no corredor de acesso às quitinetes, só os três. Foi uma discussão trivial que resultou nisso aí”, afirma o delegado Ênio de Matos, da Delegacia de Homicídios da capital. Ele não detalhou a motivação da discussão. Os policiais federais não estavam em serviço. Segundo Matos, a briga envolveu os delegados Adriano Antonio Soares e Elias Escobar e o suspeito, que estaria acompanhado de outro homem. Este não havia sido localizado pela polícia até as 12h30 desta quarta-feira. No entanto, entre os policiais circula a informação que o homem e os dois delegados brigaram no andar de cima no local, que é conhecido pelos moradores como uma casa de prostituição. Quando desceram as escadas para ir embora, foram recebidos a tiros por outros dois homens que estavam na rua, como mostrou o Jornal do Almoço. Escobar morreu no local e Soares no hospital. Suspeito internado O suspeito de atirar nos dois delegados foi internado. Segundo a Delegacia de Homicídios, ele teria efetuado o disparo com a própria arma e é dono de um comércio de cachorro-quente localizado próximo à casa. Até as 13h, o delegado averiguava se o suspeito tinha passagens e porte de arma. Os delegados também atiraram, conforme Matos.

Continuar lendo Suspeito de matar delegados da PF é dono de um trailer de cachorro quente

Golpe que simula consulta a saldo do FGTS atinge 360 mil pessoas em 2 dias

Um novo golpe usa o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como isca no WhatsApp. Mais de 360 mil pessoas já foram afetadas pelo ataque em apenas dois dias, de acordo com os dados da empresa de segurança e tecnologia PSafe. As mensagens falsas circulam com um link que supostamente encaminharia o trabalhador para conferir se está apto a receber R$ 1.760 referente a um saldo do FGTS. As vítimas recebem o texto a partir de pessoas conhecidas ou em grupos do WhatsApp. A mensagem alega que as pessoas que trabalharam com carteira assinada entre 1998 e 2016 podem receber até dois salários mínimos, por meio da Caixa Econômica Federal. A armadilha usa mensagem para atrair trabalhadores que ainda possuem dúvidas sobre o saque de contas inativas do FGTS. Para fazer a consulta, o usuário precisa acessar um link e responder a três perguntas: “Você trabalhou no período entre 1998 a 2016?”, “Você está registrado atualmente?” e “É maior de 18 anos”. Independentemente das respostas, a vítima é encaminhada para uma nova página, que pede que ela compartilhe o link com dez amigos via WhatsApp para poder consultar a lista. Desta forma, o golpe afeta um maior número de vítimas.

Continuar lendo Golpe que simula consulta a saldo do FGTS atinge 360 mil pessoas em 2 dias

Apontado como o de maior valor do mundo, acordo de leniência da J&F é alvo de críticas de especialistas

Ao longo dos próximos 25 anos, o conglomerado terá de desembolsar multa de R$ 10,3 bilhões, o que representa apenas 5,62% do faturamento da empresa em 2016 Após a Procuradoria-Geral da República (PGR) firmar um acordo de delação premiada com os sócios do J&F criticado pelo suposto excesso de benevolência concedido aos empresários, o Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal fechou um acordo de leniência bilionário com a controladora dos negócios dos irmãos Batista. Ao longo dos próximos 25 anos, o conglomerado terá de desembolsar multa de R$ 10,3 bilhões. Segundo MPF, trata-se do valor mais alto já acertado para esse tipo de colaboração no mundo. Especialistas, entretanto, consideram a quantia irrisória, uma vez que representa somente 5,62% do faturamento do J&F em 2016. O montante a ser pago por ano equivale a um dia da receita do grupo. — Esse valor não me seduz porque tem de ser analisado o tamanho do prejuízo para a administração pública. Em valores nominais, pode até ser o mais alto, mas a avaliação tem de ser qualitativa, colocando na balança o que houve de prejuízo e o que o grupo causou de dano para o país — observa Fabrício Medeiros, professor do Centro Universitário de Brasília e sócio do escritório Andrade Maia. Após seis tentativas de acerto, iniciadas em fevereiro, o valor foi definido na noite de terça-feira. Agora, autoridades e advogados discutem as cláusulas do acordo, que deve ser assinado em breve. Inicialmente, o MPF previa multa de R$ 33,6 bilhões, mas a lei indica descontos de até dois terços. A primeira proposta da J&F era de R$ 1,4 bilhão.

Continuar lendo Apontado como o de maior valor do mundo, acordo de leniência da J&F é alvo de críticas de especialistas

Fachin nega pedido de Temer para adiar depoimento à PF. Presidente pode negar-se a responder

O ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), negou o pedido feito pela defesa do presidente Michel Temer para suspender o depoimento que prestará, por escrito, até que fique pronta a perícia nos áudios da conversa gravada com o dono da JBS, Joesley Batista. Ele também negou o pedido que os advogados fizeram para, se o depoimento for mantido, a Polícia Federal seja impedida de perguntar sobre o diálogo. No entanto, o ministro lembrou que Temer tem o direito de ficar em silêncio diante das perguntas que não quiser responder. — Ainda que não haja nos autos laudo pericial oficial atestando a higidez da gravação apresentada, poderá o requerente - seria desnecessário qualquer pronunciamento judicial nesse sentido – recusar-se a responder eventuais indagações que digam respeito ao diálogo em comento, sem que isso possa ser interpretado como aceitação de responsabilidade penal. Aliás, se optar por não responder qualquer das perguntas, seja por que motivo for, dessa atitude, juridicamente, não se pode extrair qualquer conclusão contrária à sua defesa — escreveu Fachin, ressaltando que a regra está expressa no Código de Processo Penal. O ministro acrescentou que o direito de Temer de ficar em silêncio não pode ser usado contra ele no processo

Continuar lendo Fachin nega pedido de Temer para adiar depoimento à PF. Presidente pode negar-se a responder

Bruno, dupla com Marrone, pede desculpas em vídeo por fazer show embriagado

"Eu tenho 31 anos de dupla com Marrone e nunca tinha acontecido isso comigo" Após ser acusado de cantar bêbado em show na Fenamilho, em Patos de Minas, Bruno, da dupla Bruno & Marrone, divulgou um pedido de desculpas aos fãs na página oficial deles no Facebook. No vídeo, ele explica que está tomando um remédio e "misturou" o medicamento com uísque, pois não deu tempo do medicamento sair do organismo. "É que eu estou tomando um remédio e, na verdade, eu tomei dois remédios. Um na hora que fui dormir e depois do almoço tomei outro. O show foi mais cedo e não deu tempo do remédio sair do meu organismo e eu tomei 'uns' uísque caubói, depois do meio do show para a frente, eu não lembro de mais nada", confessou. Bruno relata que beber é algo comum para ele. "Já bebi, bebi no palco, coloquei o pessoal para beber comigo. Eu sou muito forte para beber", contou. No pedido de desculpas, ele diz que espera voltar à cidade e pede perdão. O vídeo, que já conta com cerca de 6 mil compartilhamentos e 9 mil comentários, reúne diferentes reações. A maioria, positivas. Muitos se solidarizaram e admiraram a atitude do cantor, enquanto outros aproveitaram para fazer brincadeiras. "Próxima vez chama q a gente bebe junto!" e "Se até o Bruno bebe e esquece das coisas, pq que a gente tem que ser diferente kkkkkkkkk", escreveram alguns fãs. Outros reconheceram o ato: "É preciso muita humildade e profi

Continuar lendo Bruno, dupla com Marrone, pede desculpas em vídeo por fazer show embriagado

Prazo para renovar contratos do Fies é prorrogado para o dia 16 de junho

Prazo se encerraria nesta quarta-feira (31), mas foi estendido pela segunda vez pelo Ministério da Educação, que espera 1,28 milhão de aditamentos O Ministério da Educação prorrogou, pela segunda vez, o prazo para renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referentes ao primeiro semestre de 2017, que se encerraria nesta quarta-feira (31) . Agora, os estudantes que ainda não fizeram o aditamento terão até o dia 16 de junho para concluir a renovação. O prazo inicial anunciado pelo MEC expirava no dia 30 de abril. De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, a decisão de estender o período de renovação dos contratos do Fies visa garantir que nenhum candidato seja prejudicado. O governo espera que cerca de 1,28 milhão de contratos sejam aditados neste semestre. Até a manhã desta quarta-feira, já foram formalizadas mais de 1 milhão de renovações. O aditamento dever ser feito no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). “Todos terão a oportunidade de renovar seus financiamentos”, disse o presidente do FNDE , Silvio Pinheiro, em declaração ao portal do MEC na internet. Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies .

Continuar lendo Prazo para renovar contratos do Fies é prorrogado para o dia 16 de junho

Nasa anuncia missão para estudar o Sol, de pertinho, já em 2018

Sonda será lançada em 2018 para estudar o Sol a uma proximidade nunca alcançada. A nave entrará na coroa solar, milhares de vezes mais quente que a superfície da estrela Sonda será lançada em 2018 para estudar o Sol a uma proximidade nunca alcançada. A nave entrará na coroa solar, milhares de vezes mais quente que a superfície da estrela Nasa/Divulgação Depois de explorar os mais distantes pontos do Sistema Solar, a Nasa finalmente chegará à "estrela principal" da fascinante dança de corpos celestes do qual a Terra faz parte. A agência espacial norte-americana anunciou nesta quarta-feira (31/5) que lançará, no próximo ano, a primeira sonda que "tocará o Sol". Nenhuma nave chegou tão perto do Astro Rei quanto pretende chegar a Sonda Solar Eugene Parker, batizada com o nome do cientista que propôs, seis décadas atrás, a existência dos ventos solares, jatos supersônicos de radiação emitidos pelo Sol e capazes de afetar todo o Sistema Solar. A descoberta feita por Parker, confirmada anos depois com a observação de telescópios, revolucionou o estudo do Sol e do funcionamento do Universo. No entanto, uma pergunta-chave para entender a interação das estrelas com o ambiente ao redor — logo, sobre como a vida na Terra é possível — permanece: como pode a coroa solar (região de plasma mais externa do Sol) ser centenas de vezes mais quente que a superfície da estrela e, assim, conseguir irradiar regiões tão distantes?

Continuar lendo Nasa anuncia missão para estudar o Sol, de pertinho, já em 2018

Prefeitura avança em melhorias de mais duas Unidades de Educação Básica

O prefeito Edivaldo, acompanhado dos secretários municipais de Educação, Moacir Feitosa e de Articulação Política, Jota Pinto, terminam de vistoriar duas escolas da rede municipal que receberam serviços de requalificação estrutural: As Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Maria José Vaz, no João de Deus e a Araripina de Alencar Fecury, no bairro de Fátima, com obras bastante avançadas. Por meio do programa de requalificação estrutural das escolas da rede municipal, a Prefeitura de São Luís já executou serviços em 46 escolas. Atualmente mais 40 estão em obras e 30 com ordem de serviços assinadas e cujas obras devem começar em breve. "Estamos satisfeitos em estarmos melhorando as condições físicas de nossas escolas. Na medida em que as obras estão sendo concluídas, estamos as devolvendo para as comunidades", pontuou o prefeito Edivaldo após, visita à Unidade de Ensino Maria José Vaz, no João de Deus. A melhoria das instalações da Maria José Vaz, que recebeu nova fiação elétrica, substituição de parte do telhado e forro e da rede hidrossanitária e ampliação do refeitório, foi elogiada pelo líder comunitário Antonio Pinheiro, presidente do Departamento Autônomo de Desporto do João de Deus. "Estamos muito satisfeitos com a reforma da nossa escola. Esse é um trabalho que merece nosso elogio ao prefeito Edivaldo", declarou Pinheiro.

Continuar lendo Prefeitura avança em melhorias de mais duas Unidades de Educação Básica

Novo Refis pode permitir renegociações de R$ 200 bilhões em dívidas

Flexibilização das regras para parcelamento de débitos tributários deve sair nesta quarta-feira, 31, por projeto de lei ou medida provisória BRASÍLIA - O novo Refis que o governo negociou com o Congresso Nacional vai permitir uma renegociação de cerca de R$ 200 bilhões de dívidas tributárias de empresas e pessoas físicas, de acordo com expectativa preliminar do governo. Depois de uma polêmica e arrastada negociação com um grupo de deputados defensores de descontos maiores de multa e juros dos débitos, um projeto de lei ou uma Medida Provisória (MP) deverá ser editado nesta quarta-feira com a flexibilização das regras para o parcelamento das dívidas. O governo deve garantir uma arrecadação este ano de no máximo R$ 8 bilhões com o pagamento à vista para os contribuintes que optarem por um desconto maior, segundo apurou o Estadão/Broadcast. Mas o desconto deverá gerar somente em 2018 perda de R$ 30 bilhões. Segundo um interlocutor do governo no Congresso, o Ministério da Fazenda deve apresentar pela manhã a nova redação aos parlamentares. Caso deputados e senadores concordem com a proposta, a equipe econômica já envia o projetou hoje. Como a primeira MP foi editada em janeiro neste ano, a redação da nova proposta terá mudanças em relação à proposta inicial. O parcelamento dos débitos foi vendido na época pela equipe econômica como um programa de regularização tributária para dar alívio aos contribuintes atingidos pela longa recessão econômica do País, mas diferente dos antigos Refis, marcados por descontos elevados de multa e juros. De acordo com interlocutores do governo no Congresso, há um acordo com deputados para que o projeto tramite conjuntamente com uma provável nova medida provisória criando um bônus de produtividade para os servidores da Receita Federal. Mas, na equipe econômica, ainda havia uma expectativa de que a criação do bônus pudesse ser votada até à noite de quinta-feira, 1.º de junho, quando vence a MP 765 que cria esse tipo de gratificação vinculada ao desempenho da arrecadação.

Continuar lendo Novo Refis pode permitir renegociações de R$ 200 bilhões em dívidas