Apresentadora do ‘Bom Dia Brasil’ passa mal e abandona o jornal
Ana Luiza Guimarães comando o 'RJTV' (Foto: Divulgação/ TV Globo)

Apresentadora do ‘Bom Dia Brasil’ passa mal e abandona o jornal

jornalista Ana Luiza Guimarães, apresentadora oficial do 'RJTV', está substituindo Ana Paula Araújo no comando do 'Bom Dia Brasil', neste final de ano. Na manhã desta quinta, dia 26, porém, a apresentadora passou mal e não conseguiu terminar seu trabalho. Ana Luiza Guimarães sentiu fortes cólicas pouco antes do jornal entrar no ar, mas tentou apresentar o 'Bom Dia Brasil' mesmo assim. Infelizmente, a jornalista só conseguiu se manter na bancada ao lado de Rodrigo Bocardi na primeira meia hora. No segundo bloco, na volta do intervalo, Rodrigo explicou aos telespectadores a ausência da colega:

Continuar lendo Apresentadora do ‘Bom Dia Brasil’ passa mal e abandona o jornal
Carnificina em presídios do Maranhão: Roseana pede prorrogação para responder ao MP
MP cobra do governo do Maranhão uma soluão para não complicar o Brasil na OEA

Carnificina em presídios do Maranhão: Roseana pede prorrogação para responder ao MP

Mais fugas em São Luís. O CNJ vai entregar na sexta-feira (27) ao Supremo Tribunal Federal o relatório sobre o sistema penitenciário do Maranhão. VEJA A REPORTAGEM DO JORNAL NACIONAL. O Conselho Nacional de Justiça vai entregar na sexta-feira (27) ao Supremo Tribunal federal o relatório sobre o sistema penitenciário do Maranhão. Quase 60 presos foram assassinados, no estado, este ano. Na noite de quarta, houve uma nova fuga. Os presos faziam faxina no centro de ressocialização e aproveitaram um descuido da vigilância para pular um muro de cerca de três metros. Desde o início do ano, ao todo 87 homens escaparam do sistema carcerário do Maranhão. A maioria do Complexo de Pedrinhas, onde detentos podem ser flagrados trabalhando com os portões abertos. Além das fugas, Pedrinhas enfrenta o problema da violência: 59 detentos foram assassinados no presídio em 2013 - 7, em uma semana. O juiz do Conselho Nacional de Justiça, que inspecionou o presídio, está concluindo o relatório que vai ser entregue ao Supremo Tribunal Federal. E voltou a dizer que a Penitenciária de Pedrinhas está sob o controle do crime. "Esse domínio é tão forte que alguns pavilhões nós não tivemos acesso. Não tivemos acesso porque a administração não permitiu. Não tivemos acesso porque as facções não permitiram. Os líderes das facções não permitiram", diz Douglas Martins, juiz do CNJ. O CNJ ouviu relatos de que as quadrilhas estão violentando mulheres e irmãs de presos ameaçados de morte, em troca de proteção ou de perdão de dívidas. E outra denúncia foi relatada: a de que os encontros íntimos - a que os presos têm direito, estariam ocorrendo de modo coletivo, na presença de até 200 detentos.

Continuar lendo Carnificina em presídios do Maranhão: Roseana pede prorrogação para responder ao MP
Roseana Sarney deseja erguer 11 presídios com BNDES e sem licitações
Governadora Roseana Sarney quer mandar fazer 11 presídios sem licitação alguma.

Roseana Sarney deseja erguer 11 presídios com BNDES e sem licitações

A aplicação do dinheiro estava condicionada à apresentação de bons projetos. Por razões que a sensatez desconhece, o governo maranhense descumpriu as pré-condições. A verba voltou às arcas do Tesouro Josias de Souza Com a autoridade desafiada pelas facções criminosas que dominam o maior presídio do Maranhão, o complexo de Pedrinhas, a governadora Roseana Sarney deseja erguer 11 presídios novos a toque de caixa. Quer fazer isso com dinheiro do BNDES —coisa de R$ 53 milhões— e sem licitações. Deve-se a atmosfera emergencial à imprevidência do próprio Estado. No Maranhão, emergência tornou-se outro nome para a imprudência. É como se o governo local, desejasse desnudar a incompetência, cometendo-a. A administração de Roseana recebera do Ministério da Justiça R$ 22 milhões para construir três cadeias entre 2011 e 2012. A aplicação do dinheiro estava condicionada à apresentação de bons projetos. Por razões que a sensatez desconhece, o governo maranhense descumpriu as pré-condições. A verba voltou às arcas do Tesouro. E o caos do sistema penitenciário aprofundou-se na proporção direta do crescimento do monturo de cadáveres. Nos últimos doze meses, foram executados dentro dos cárceres do Maranhão 59 detentos. Numa chacina de outubro passado, produziram-se no complexo de Pedrinhas dez cadáveres e mais de duas dezenas de feridos. Com o cadeião de Pedrinhas sob convulsão, Roseana decretou “situação de emergência” —que lhe permitiria agora dispensar as licitações. Na semana passada, arrancado de sua inércia por um novo surto de violência no presídio de Pedrinhas (cinco mortos, três decapitados), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu explicações a Roseana por escrito. O prazo para a resposta venceu na terça-feira.

Continuar lendo Roseana Sarney deseja erguer 11 presídios com BNDES e sem licitações
Maranhão – Estado foge de sua obrigação legal de garantir a integridade física do preso
Em mais uma rebelião, presos denunciam superlotação.

Maranhão – Estado foge de sua obrigação legal de garantir a integridade física do preso

VÍDEO MOSTRA A DESUMANIDADE COM QUE OS PRESIDIÁRIOS TRATAM ADVERSÁRIOS DENTRO DO PRESÍDIO Quando uma pessoa é presa, todos os seus outros direitos que não são atingidos pela perda do direito de ir e vir devem ser mantidos. Desta forma, todos os seus direitos de cidadão como educação, saúde, assistência jurídica, trabalho (não sujeito ao regime da C.L.T.) e outros continuam sendo garantidos pelas leis brasileiras. Mesmo estando privado de liberdade, o preso tem ainda direito a um tratamento humano, sem sofrer violência física ou moral. Os direitos dos presos (e das presas) estão indicados na Constituição Federal e na Lei de Execuções Penais, lei que trata do direito dos presos e de sua integração à sociedade. A Constituição em seu artigo 5º XLIX, assegura aos presos o respeito à integridade física e moral, e a Lei de Execuções Penais determina que o Estado tem obrigação e deverá prestar ao preso: Por não respeitar alguns desses direitos, o governo do Maranhão e a governadora Roseana Sarney podem pagar caro por isso. As cenas de violência nas prisões maranhenses que já renderam aproximadamente 60 vítimas – correm o Brasil e o mundo – e já chamam a atenção de organismos internais, como a Organização dos Estados Americanos (OEA).

Continuar lendo Maranhão – Estado foge de sua obrigação legal de garantir a integridade física do preso
“Avança São Luís” já mostra resultados na capital, segundo balanço da prefeitura
Edivaldo Júnior no lançamento do "Avança, São Luís"

“Avança São Luís” já mostra resultados na capital, segundo balanço da prefeitura

O Programa Avança São Luís começa a demonstrar resultados para a capital maranhense. Lançado oficialmente pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior no início de setembro como um novo modelo de gestão orientado para resultados, o pacote de ações de obras a curto e médio prazo começou a ser executadas em 2013 e devem ser intensificadas em 2014. O programa conta com 43 projetos, divididos em 238 produtos. São R$ 526 milhões em investimentos. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior reforça o compromisso de em 2014 trazer ainda mais benefícios para cidade de São Luís com o desenvolvimento mais intenso das ações do Avança São Luís. “Seguiremos superando obstáculos, vencendo desafios, para fazer de nossa cidade um lugar cada vez melhor para se viver e ser feliz. Passo a passo, com responsabilidade, com planejamento seguro, estamos avançando e fecharemos o ano com um balanço positivo, especialmente pelas obras em andamento em várias áreas e pelas perspectivas animadoras que temos para o próximo ano”, afirmou. No setor de iluminação das vias públicas, 12.725 já foram instaladas. As Avenidas Avicênia (Calhau), Ferreira Gullar (Ilhinha) e Libaneses (Tirirical), além da praça do Rio das Bicas (Areinha) foram contempladas com novo projeto de iluminação mais moderna e eficiente. O sistema de cabeamento também está sendo renovado, com instalação subterrânea, feita com sistema antifurto.

Continuar lendo “Avança São Luís” já mostra resultados na capital, segundo balanço da prefeitura

Direto de Chapadinha para o blog: o ‘pulo do gato’ ou a lenda do coêlho x onça …

Chapadinha, via Whatsap - Na ida à cidade do pré-candidato a governador e secretário de Infraestrutura de Roseana Sarney, Luís Fernando, um influente político local protagonizou um fato que pode vir a combater a esperteza da prefeita Belezinha quando se trata de prometer apoio político a candidatos a deputado federal. A prefeita já foi beneficiada com recursos patrocinados por quatro pré-candidatos: Chiquinho Escórcio, Cleber Verde, Fernando Fialho e Gatão Vieira. A todos prometeu apoio político em 2014. As negociações são feitas anulando o ex-prefeito Isaias Fortes, que foi o principal responsável pela vitória da alcaidessa nas urnas Ao perceber isso e notar que a a maioria da população não quer votar em candidatos de fora, preferindo candidatos da terra, na recepção a Luís Fernando, Isaias Fortes lançou a dobradinha Isamara para deputada estadual e Talvane Hortegal para deputado federal. Com isso, a prefeita ficou com a pulga atrás da orelha. E já começa a se assustar com os apoios prometidos, quase consciente de que não dará votações importantes para nenhum dos seus candidatos. Ela pensa que ganhou a eleição sozinha e que sabe de tudo de política, parecido com a fábula do”pulo do gato”, transcrita abaixo.

Continuar lendo Direto de Chapadinha para o blog: o ‘pulo do gato’ ou a lenda do coêlho x onça …
Rafael será preso por beijar autista. Especialistas comentam o caso! Você quer dar o seu pitaco?
Rafael e Linda vivem romance atípico em "Amor"

Rafael será preso por beijar autista. Especialistas comentam o caso! Você quer dar o seu pitaco?

Por Vanessa Paes Barreto | Folhetim Linda (Bruna Linzmeyer) e Rafael (Rainer Cadete) se beijarão pela primeira vez no capítulo de “Amor à Vida” do dia 10 de janeiro, mas o momento romântico terminará na cadeia. Leila (Fernanda Machado) e Neide (Sandra Corveloni) vão flagrar os dois e farão uma denúncia, que acarretará na prisão do advogado. O motivo: sedução de incapaz. O Folhetim ficou curioso com a história. Na vida real, seria possível que Linda, uma autista, tivesse um relacionamento amoroso com Rafael? Segundo Elizabeth Cavaliere, psicóloga clínica, sim! “Existem vários graus de autismo e, no caso da novela, parece que Linda não foi tratada pelos pais da forma correta e, portanto, não conseguiu desenvolver seu lado cognitivo. Se ela tiver um autismo secundário, mais leve, poderia sim se relacionar com um homem”, comenta. No entanto, ainda segundo a profissional, isso só seria possível após o tratamento adequado. “Ela não poderia, claro, ter relações sexuais em seu estado atual. Não sabemos a resposta dela a um tratamento e só depois disso saberíamos o grau da doença. Se ela se casasse agora, seria uma viagem do autor (Walcyr Carrasco)”, opina.

Continuar lendo Rafael será preso por beijar autista. Especialistas comentam o caso! Você quer dar o seu pitaco?

Alívio! Edivaldo Júnior manda pagar salário de dezembro nesta quarta-feira

Para os servidores do Município de são Luís, ressabiados com a administração passada, que não pagou o mês de dezembro de 2012, deixando os barnabés sem o peru de Natal e o vinho do ano novo, a Prefeitura de São Luís deu, hoje (23), uma boa notícia, através da Secretaria Municipal de Comunicação Social: O prefeito Edivaldo Holanda Júnior determinou a antecipação do pagamento dos salários referentes ao mês de dezembro dos servidores públicos da administração municipal. Com a decisão, a Prefeitura de São Luís pagará o funcionalismo nesta quarta-feira (25), reforçando o compromisso do prefeito Edivaldo de pagar os proventos ainda dentro do mês. Este ano, a Prefeitura de São Luís efetuou o pagamento de 14 folhas, incluindo os salários de dezembro de 2012, atrasados pela gestão anterior, e o 13º salário.

Continuar lendo Alívio! Edivaldo Júnior manda pagar salário de dezembro nesta quarta-feira
Rubens Júnior lamenta rejeição de emendas ao Orçamento do Estado
Rubens fica indignado com o rolo compressor da bancada do governo

Rubens Júnior lamenta rejeição de emendas ao Orçamento do Estado

AGÊNCIA ASSEMBLEIA O líder do Bloco Parlamentar de Oposição (BPO), Rubens Pereira Jr. (PCdoB), lamentou, na sessão extraordinária desta segunda-feira (23), em que foi votado o orçamento do Estado para o próximo ano, a rejeição das emendas que apresentou ao projeto, destinando ou aumentando repasses para diversas áreas do Estado. Com orçamento global de R$ 14 bilhões, a oposição queria remanejar recursos para áreas mais carentes, como saneamento básico, combate ao analfabetismo e à criminalidade e reduzir o volume de recursos para a comunicação oficial do Governo do Estado. Logo na abertura da sessão, Rubens Jr. disse que algumas emendas da oposição foram rejeitadas dentro da Comissão de Orçamento. Para as que foram rejeitadas na Comissão, o parlamentar apresentou destaques, que foram derrubados em plenário.

Continuar lendo Rubens Júnior lamenta rejeição de emendas ao Orçamento do Estado

Assembleia aprova orçamento de R$ 14,1 bilhões para 2014 sem emendas

AGÊNCIA ASSEMBLEIA Em sessão extraordinária, o Plenário da Assembleia Legislativa aprovou, na noite desta segunda-feira (23), o Projeto de Lei Orçamentária de 2014 do Governo do Maranhão. A discussão do Projeto de Lei nº 244/2013, do Poder Executivo, encaminhado pela governadora Roseana Sarney, foi travada mediante um extenso debate sobre emendas apresentadas ao texto encaminhado pelo governo. Aprovado previamente na Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício financeiro de 2014 prevê receitas da ordem de R$ 14,1 bilhões. O valor é pouco mais de R$ 1 bilhão maior do que deste ano de 2013, que foi de R$ 13,079 bilhões. O presidente da Comissão de Orçamento, Finanças, Fiscalização e Controle, deputado Alexandre Almeida (PTN), destacou que o maior foco do interesse do Executivo, com o projeto encaminhado à Assembleia Legislativa, é a implementação do programa Viva Maranhão.

Continuar lendo Assembleia aprova orçamento de R$ 14,1 bilhões para 2014 sem emendas