Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

14 de maio de 2017 - 21:49:04

Sem comentários

Compartilhe:

    ENTREVISTA – Ciro Gomes: Lula racha país em bases odientas, rancorosas e violentas

    Ciro Gomes BBC

    Fernanda Odilla – Da BBC Brasil em Londres

    Paulista de nascimento e cearense de criação, Ciro Gomes já foi prefeito, deputado estadual, deputado federal, governador e ministro dos governos Itamar Franco e Lula. Hoje ele enche a boca para dizer que tem 37 anos de vida pública e é a pessoa mais preparada para ser presidente do Brasil.

    “Mais que todos”, afirma, sem modéstia, dizendo que o fato de aparecer estacionado em torno de 5% nas pesquisas de intenção de votos, é “provisório”.

    Hoje no PDT, ele já passou por sete diferentes partidos. Defende-se dizendo que falta identidade partidária a “100% dos políticos brasileiros”, inclusive ao ex-presidente Lula.

    Dono de um estilo franco e impulsivo que há anos lhe rende a fama de “destemperado”, ele admite que tem medido mais as palavras. Ao falar do deputado federal Jair Bolsonaro lembra que este lhe deu um voto na disputa presidencial de 2002 e diz que atualmente ele cumpre um papel importante ao atrair os antipetistas, afastando-os dos tucanos.

    Mas Ciro Gomes continua sem poupar adjetivos mais contundentes quando se refere a nomes como o do presidente Michel Temer, do ex-presidente Lula, e do prefeito de São Paulo, João Doria. Diz que não sabe ao certo “se Temer chefia uma quadrilha ou um bando de patetas”. Doria, por sua vez, é um “farsante”. E Lula, para ele, “é o grande responsável por este momento político trágico que o Brasil está vivendo”.

    Questionado se tem medo de “bater” em Bolsonaro, Ciro dispara: “Eu tenho medo de quê, mulher? Eu tenho coragem de mamar em onça. A guerra entre a turma dele e a minha na internet é uma coisa selvagem. Mas eu não. Tu achas que vou me preocupar com isso? Estou preocupado é com o Brasil”, disse à BBC Brasil, em Londres.

    Na Inglaterra, o ex-governador participa do Brazil Forum UK, evento que reúne neste fim de semana acadêmicos, políticos e economistas para falar do Brasil. Ele diz que não quer se encontrar com o juiz Sérgio Moro, um “garoto” deformado pelo “aplauso e pela juventude” que “sucumbiu” e foi arrastado por Lula para a arena política. Ele afirma estar mais interessado na palestra do economista André Lara Resende, um dos criadores do Plano Real.

    Leia a seguir trechos da entrevista concedida por Ciro Gomes à BBC Brasil em Londres.

    Leia mais...

    14 de maio de 2017 - 17:50:19

    Sem comentários

    Compartilhe:

      No Rio, Neto de Zagallo está na UTI depois de ser baleado em tentativa de assalto na Tijuca

      Zagalo neto Paulo Roberto

      Paulo Roberto Rodrigues Zagallo, de 28 anos, neto do ex-técnico Mário Jorge Zagallo, está internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Pasteur, no Méier, Zona Norte do Rio. Segundo Paulo Jorge Zagallo, pai do jovem, o filho foi vítima de uma tentativa de assalto, por volta das 3h da manhã deste domingo, quando passava pela Rua Isidro de Figueiredo, na Tijuca, também na Zona Norte.

      Paulo Roberto Rodrigues Zagallo foi baleado, mas ainda não há informações sobre as circunstâncias. Segundo Paulo Jorge, o jovem voltava de um lanche com amigos quando foi abordado por motoqueiros.

      — O meu filho está com a bala alojada em uma das vértebras, mas o estado de saúde dele está controlado — disse o pai, que o acompanha no hospital.

      O Hospital Pasteur informou que Paulo Roberto deu entrada na unidade no início da tarde deste domingo. O jovem, segundo o hospital, tem ferimentos por arma de fogo no braço esquerdo e no tórax. O seu quadro de saúde é estável.

      Leia mais...

      14 de maio de 2017 - 16:17:51

      Sem comentários

      Compartilhe:

        Deus nosso! Mapa do esquema da Odebrecht atinge os 26 Estados brasileiros e o Distrito Federal!!!

        símbolo da lava jato

        Nomes da lista do ministro Edson Fachin, do STF, e pedidos de inquéritos remetidos a outras instâncias dão a dimensão da corrupção delatada pela empreiteira

        O Estado de S.Paulo*

        Não é exagero dizer que a Odebrecht corrompeu todo o Brasil. Os 26 Estados do País e o Distrito Federal têm políticos locais na lista do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), ou receberam pedidos de investigação relacionados ao acordo de colaboração. Se antes Paraná, Rio, São Paulo, Pernambuco, a Justiça Federal e as cortes superiores no Distrito Federal conduziam inquéritos relacionados à operação, no pós-Odebrecht 20 Estados e o Distrito Federal terão células da Lava Jato em busca de esclarecer fatos narrados pelos executivos da empreiteira baiana.

        Ao encaminhar petições ao Supremo com base nas revelações da Odebrecht, no mês passado, a Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitou que mais de 200 casos fossem remetidos a outras instâncias judiciais. Há menções a ex-prefeitos, prefeitos e deputados estaduais, por exemplo.

        Para considerar a capilaridade das delações da Odebrecht pelo País, o Estado contabilizou não apenas os locais que receberão as solicitações de investigação, como regiões que têm políticos na mira, ainda que os inquéritos tramitem em Brasília. Esse é o caso de Roraima, por exemplo, que não receberá trechos da delação para analisar, mas elegeu o senador Romero Jucá (PMDB), que será investigado no Supremo.

        Com a profusão das investigações, as colaborações da Odebrecht podem provocar efeito cascata. Cada inquérito poderá levar a novos fatos, conforme o Ministério Público avançar nas apurações. Também por causa dos desdobramentos, o esquema de corrupção relatado pela Odebrecht deve arrastar as investigações e influenciar as disputas eleitorais em 2018.

        ACESSE “LEIA MAIS” E VEJA O MAPA DA CORRUPÇÃO ENTRANHADA E ALASTRADA POR TODO O PAÍS…

        Leia mais...

        14 de maio de 2017 - 12:05:23

        Sem comentários

        Compartilhe:

          Delações de marqueteiros e Palocci põem Lula e o PT em abismo político

          Lula só a cara

          Vídeos de Mônica Moura e João Santana e negociações de ex-ministro petista colocam mais bombas no caminho do ex-presidente e seu partido.

          EL PAÍS

          O calvário do Partido dos Trabalhadores e do ex-presidente Lula ganhou novos capítulos numa sequência impensável a quem acreditava que o ponto alto da semana política que passou ficaria no embate entre o petista e o juiz Sergio Moroem Curitiba. O encontro mais esperado da Lava Jato parece agora apenas um aperitivo para um cardápio farto que se seguiu na sequência, e que fragiliza ainda mais o ex-presidente e o seu partido, tanto do ponto de vista político quanto jurídico. Apenas um dia depois do seu depoimento, o ministro do Supremo, Edson Fachin, liberou o sigilo das delações do casal de marqueteiros Mônica Moura e João Santana, que revelam o milionário esquema de caixa 2 pago no Brasil e no exterior, supostamente com aval de Lula e Dilma Rousseff.

          Na sexta, uma nova bomba nuclear para o ex-presidente e o PT veio na forma da nota divulgada pelo então advogado do ex-ministro Antonio Palocci. “O Escritório José Roberto Batochio Advogados Associados deixa hoje o patrocínio da defesa de Antonio Palocci em dois processos que contra este são promovidos perante o juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba, em razão de o ex-ministro haver iniciado tratativas para celebração do pacto de delação premiada com a Força Tarefa Lava-jato, espécie de estratégia de defesa que os advogados da referida banca não aceitam em nenhuma das causas sob seus cuidados profissionais.”

          O que eram informações de bastidores começam a se tornar realidade. O ex-todo poderoso ministro petista, que pavimentou a relação de Lula com o então apavorado mercado financeiro nacional e internacional em seu primeiro mandato (2003-2006), sucumbiu à pressão da Lava Jato e mostrou que seu silêncio tem limite. Preso preventivamente há oito meses, Palocci fechará acordo com a Justiça para negociar uma redução de pena, e pode jogar um caminhão-tanque de gasolina nas labaredas que já incendeiam o Brasil com as investigações sobre corrupção no poder público e privado. Palocci sabe que suas palavras valem ouro para a Justiça e têm poder para estender ainda mais a operação Lava Jato, saindo inclusive do ramo das empreiteiras para se espalhar a outros setores. “Acredito que posso dar um caminho que talvez vai lhe dar pelo menos mais um ano de trabalho, mas é um trabalho que faz bem ao Brasil”, disse Palocci a Moro em seu depoimento no dia 20 de abril, após afirmar que tinha condição de relatar “fatos com nomes, endereços, operações realizadas e coisas que serão certamente de interesse da Lava Jato.” Não os abria ali, explicou, pela “sensibilidade das informações” de que dispõe.

          Agora, o país volta a prender a respiração na expectativa de conhecer novos fatos e detalhes sobre o modus operandi das relações de poder, num exercício que já virou rotina. A escala crescente de informações não para de surpreender ao mesmo tempo que vai fechando o cerco ao PT e deixando poucas brechas para Lula. As delações de Mônica Moura e João Santana, que gozavam da intimidade palaciana desde 2005, já trazem informações chocantes o suficiente para questionar o futuro do PT e da sonhada candidatura do ex-presidente para as eleições de 2018. De negociações de João Santana na sauna do ex-senador Delcídio do Amaral para tratar de pagamento de caixa 2 de campanha, a um suposto email falso criado na biblioteca do Palácio da Alvorada com aval da ex-presidenta Dilma para prevenir Mônica Moura sobre o andamento da Lava Jato. De onze milhões de dólares supostamente recebidos das mãos do hoje presidente venezuelano, Nicolas Maduro, a pagamentos secretos da Odebrecht numa conta na Suíça.

          Quando foram presos em fevereiro de 2016, Santana e Moura chamaram a atenção pela tranquilidade com que seguiram o ritual da prisão. Mônica até sorria enquanto mascava chicletes com as mãos presas por algemas atrás do corpo.

          Leia mais...

          14 de maio de 2017 - 10:34:07

          Sem comentários

          Compartilhe:

            Sepultamento de Edmilson Jansen marcado para as 16 horas; corpo é velado na Câmara Municipal

            edmilson jansen plenário

            CORPO ESTÁ SENDO VELADO NA CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO LUÍS – PROJETO REVIVER – E SEPULTAMENTO MARCADO PARA AS 16 HORAS DESTE DOMINGO, 14, NO CEMITÉRIO DO GAVIÃO

            A Câmara Municipal de São Luís confirmou a morte, por volta das 21 horas e 40 minutos deste sábado, do vereador Edmilson Caneiro Jansen de Mello – Edmilson Jansen , 66 anos, que cumpria o seu terceiro mandato, como filiado ao Partido Trabalhista Cristão (PTC).

            Jansen foi vítima de complicações de uma cirurgia bariátrica, como já vinha sendo noticiado. Ele passou por três momentos delicados: o da cirurgia em si, realizada por um conhecido médico de São Luís, a complicação, seguida de leve melhora , e outra recaída, que teria exigido uma segunda cirurgia â qual ele não resistiu e veio a óbito.

            A Câmara Municipal e os familiares do vereador já acordaram que o velório será no plenário da Casa, localizada no projeto Reviver (Praia Grande).

            O sepultamento do vereador está marcado para as 16 hora, no Cemitério do Gavião.

            Leia mais...

            14 de maio de 2017 - 00:11:37

            Sem comentários

            Compartilhe:

              Complicações de cirurgia bariátrica levam à morte o vereador de São Luís Edmilson Jansen, do PTC

              Edmilson Jansen

              Atualizado 1:14 horas

              A Câmara Municipal de São Luís confirmou a morte, por volta das 21 horas e 40 minutos deste sábado, do vereador Edmilson
              Caneiro Jansen de Mello – Edmilson Jansen , 66 anos, que cumpria o seu terceiro mandato, como filiado ao Partido Trabalhista Cristão (PTC).

              Jansen foi vítima de complicações de uma cirurgia bariátrica, como já vinha sendo noticiado. Ele passou por três momentos delicados: o da cirurgia em si, realizada por um conhecido médico de São Luís, a complicação, seguida de leve melhora , e outra recaída, que teria exigido uma segunda cirurgia â qual ele não resistiu e veio a óbito.

              A Câmara Municipal e os familiares do vereador já acordaram que o velório será no plenário da Casa, localizada no projeto Reviver (Praia Grande).

              Ainda não foram confirmados local e horário de sepultamento.

              Leia mais...

              13 de maio de 2017 - 18:57:57

              Sem comentários

              Compartilhe:

                Governo beneficia mil pessoas e aquece comércio com entrega do ‘Cheque Minha Casa’

                om o semblante de felicidade estampado no rosto, mil beneficiários do programa ‘Cheque Minha Casa’ receberam os primeiros recursos que serão utilizados para reformar, ampliar e melhorar seus lares. Em solenidade realizada na manhã deste sábado (13), no Real Promoções, no Turu, o governador Flávio Dino anunciou o pagamento, em cheque, no valor de R$ 2,5 mil, referente à primeira parcela do benefício, a moradores de São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Raposa e São Luís.

                A iniciativa do Governo do Estado, coordenada pela Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), garante a construção ou adequação de residências, tendo como prioridade os idosos e pessoas com deficiência. A meta do programa é executar as melhorias em quatro mil moradias.

                O governador Flávio Dino explicou que o programa tem dois objetivos bem claros: a reforma das casas e a movimentação do comércio local.

                Leia mais...

                13 de maio de 2017 - 18:39:25

                Sem comentários

                Compartilhe:

                  Casa de Luiz Melodia é assaltada enquanto cantor espera transplante em hospital

                  Luiz Melodia cantor

                  O acervo histórico com os detalhes da carreira profissional de Luiz Melodia está perdido. Como noticiou o colunista Ancelmo Gois, no jornal “O Globo”, na madrugada da última sexta-feira, quatro bandidos encapuzados invadiram a casa do artista, em São Conrado, na Zona Sul do Rio, amarram o filho do cantor e levaram alguns pertences. Mulher de Luiz, Jane Reis está desolada com a perda do material valioso. O caso foi registrado junto à polícia.
                  — Estou numa fase de transição, montando um escritório em casa. Tinha tudo nesse computador. Os 40 anos de carreira de Luiz Melodia estavam inteiros lá: a biografia em inglês, todos os releases, do “Pérola Negra” até hoje, parte da passagem dele pela Europa, além de toda a discografia e de todas as músicas. O acervo inteiro se perdeu. Acho que vai dar para recuperar, mas vai ser um inferno. Prefiro nem ficar tão irritada agora, por conta da situação médica do meu marido — acrescenta Jane, que mora numa casa na Rua Coronel Ribeiro Gomes, próxima à Paróquia de São Conrado, capela frequentada por famosos como Maria Bethânia e Elba Ramalho: — Infelizmente, esses tipos de roubo viraram corriqueiros aqui na área. É muito triste.

                  As investigações estão em andamento na 15ª DP (Gávea). De acordo com as autoridades policiais, agentes realizam diligências à procura de imagens que possam ajudar a identificar os autores do crime.

                  Leia mais...

                  13 de maio de 2017 - 18:33:43

                  Sem comentários

                  Compartilhe:

                    Zé Inácio blefava. Lobato é que foi eleito presidente do diretório estadual do PT

                    Augusto Lobato riu por último: vitória e comemoração

                    O deputado Zé Inácio passou um grande constrangimento. Depois de alardear que teria vencido o PED – inclusive plantando isto em blogs – e teria a maioria dos delegados, saiu derrotado no Congresso realizado neste sábado na Fetaema. O militante Augusto Lobato é o novo presidente da legenda.

                    A eleição ocorreu apenas com a solicitação para que os delegados levantassem os crachás para dizer em qual dos candidatos votam. A diferença foi visivelmente tão grande que o próprio Zé Inácio admitiu a derrota e não pediu recontagem, uma vez que iria demonstram de fato quantos delegados a mais Lobato tem. (Blog do Clodoaldo)

                    Leia mais...

                    13 de maio de 2017 - 16:28:31

                    Sem comentários

                    Compartilhe:

                      Papa Francisco reza em Fátima “pela concórdia entre todos os povos”

                      Papa Francisco

                      O papa Francisco rezou “pela concórdia entre todos os povos” na Capela das Aparições da virgem de Fátima. A visita do Pontífice ao santuário português coincide com o centenário das aparições aos pastorzinhos Francisco, Jacinta e Lúcia. Os dois primeiros serão canonizados neste domingo.

                      É uma viagem-relâmpago, de apenas 24 horas, sem passar por Lisboa, sem reuniões com políticos, o que se chama de visita pastoral. “O papa Francisco chega como peregrino”, repete António Marto, o bispo de Leiria e Fátima e responsável pela organização da visita, que obrigou as autoridades a restabelecerem o controle fronteiriço por quatro dias, a fecharem o espaço aéreo e a blindarem os acessos ao santuário e às aldeias vizinhas.

                      O Papa chegou às 16h30 desta sexta (12h30 em Brasília) à base aérea de Monte Real, onde foi recebido pelo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, e pelo primeiro-ministro António Costa, entre outras autoridades civis e eclesiásticas. De lá foi de helicóptero para o campo de futebol de Fátima – já batizado como Campo do Papa Francisco – e depois percorreu quatro quilômetros de carro até o santuário, onde era esperado por uma multidão, cujo número a organização não tem nenhum interesse em exagerar.

                      “A praça do santuário tem 32.000 metros quadrados de superfície, então, apertados, cabem 300.000; atrás cabem outras 80.000 pessoas”, diz a diretora de comunicação do santuário. Os peregrinos, entretanto, ocuparam também os arredores e a estrada por onde passou o Papa, gente que passou dias caminhando desde diversos pontos de Portugal e Espanha. Segundo a organização, 45.000 pessoas chegaram a pé até aqui.

                      Já no santuário, em meio a uma multidão procedente de mais de 70 países, Francisco foi rezar na Capela das Aparições, onde era aguardado por um grupo de crianças com as idades que tinham os pastorzinhos quando avistaram a virgem. Conforme anunciado, não houve nenhuma mensagem política, só referências à paz universal e à oração.

                      Leia mais...

                      
                      
                      ©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção