Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

24 de maio de 2017 - 03:59:15

Sem comentários

Compartilhe:

    Jornalista Reinaldo Azevedo pediu demissão, de uma tacada só, da Revista Veja e da Rádio Jovem Pan

    Reinaldo Azevedo

    Reinaldo Azevedo não é mais colunista da “Veja”, de onde pedira pra sair. O mesmo ocorreu com a RádioJovem Pan, onde apresentava o muito ouvido programa “Pingo nos Is”.

    O jornalista, que ficou conhecido por suas publicações críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) desde o primeiro governo Lula, pediu à direção da revista, nesta terça-feira (23), pelo fim de seu contrato. A decisão foi tomada por causa da divulgação de uma gravação telefônica feita pela Polícia Federal na qual ele conversa com Andrea Neves, irmã do senador afastado Aécio Neves (PSDB).

    O site “BuzzFeed” foi quem publicou trechos do diálogo. Na conversa, Reinaldo Azevedo chama a “Veja” de “nojenta” por causa de uma reportagem de capa que abordava o pagamento de uma suposta propina a Aécio em Nova York, em uma conta em nome de Andrea.

    De acordo com o jornal “O Globo”, a conversa entre Reinaldo e Andrea consta do conjunto de áudios disponibilizado pela Procuradoria Geral da República no inquérito que provocou o afastamento de Aécio.

    O jornalista não é alvo de investigação e as gravações não têm indícios de crime, o que gerou críticas de entidades de imprensa e até de desafetos do ex-colunista da “Veja” contra a PGR e a PF.

    A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) afirmou, em nota, que vê com preocupação a violação de sigilo de fonte protagonizada pela PGR. “A Lei 9.296/1996, que regula o uso de interceptações telefônicas em processos, é clara: a gravação que não interesse à produção de provas em processo deve ser destruída. O próprio Ministério Público, aliás, é que deveria cuidar para que isso aconteça”, diz o comunicado.

    No texto, a Abraji destaca ainda que a inclusão das conversas entre Reinaldo e Andrea no inquérito ocorre no momento em que o jornalista tece críticas à atuação da PGR, o que sugere a possibilidade, segundo a associação, de o caso “se tratar de uma forma de retaliação ao seu trabalho”.

    Diante da repercussão do caso, Reinaldo publicou em seu blog, hospedado no site da “Veja”, um comunicado sobre o seu pedido de demissão no qual elucidou que Aécio e Andrea são suas fontes. Ele ressaltou também que “em qualquer democracia do mundo, a divulgação da conversa de um jornalista com sua fonte seria considerada um escândalo”.

    Conforme o colunista Flávio Ricco, do portal “UOL”, Reinaldo Azevedo também vai deixar a rádio Jovem Pan, onde apresentava o programa “Pingos nos Is”. O jornalista continuará o seu trabalho de comentarista no “Rede TV! News”.

    Leia mais...

    24 de maio de 2017 - 02:50:32

    Sem comentários

    Compartilhe:

      Enem 2017: prazo para pagar inscrição termina nesta 4a. feira. Cerca de 6,5 milhões se inscreveram

      Enem 2017 aplicativo

      Cerca de 6,5 milhões de pessoas fizeram inscrição pelo site; prazo para participar terminou na sexta, mas quem não pagar a taxa ficará de fora da prova.

      O prazo para os candidatos inscritos na edição 2017 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pagarem a taxa de inscrição termina nesta quarta-feira (24), dentro do horário bancário. Todos os candidatos que não têm direito à isenção devem realizar o pagamento para garantir sua participação nas provas que, neste ano, acontecem nos dias 5 e 12 de novembro, dois domingos consecutivos.
      Baixe o aplicativo G1 Enem: jogo de perguntas e respostas
      O Enem 2017 teve pelo menos 6,5 milhões de inscrições. O último balanço divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) indicava que, às 15h de sexta-feira (19), o sistema registrou 6.535.884 inscritos.
      Últimas horas
      O ritmo de inscritos no último dia aumentou: só nas últimas sete horas (entre as 8h e as 15h), mais de 510 mil pessoas fizeram seu cadastro no site. A média neste período é de 1.224 novos inscritos por minuto. O prazo acabou às 23h59 de sexta.
      A expectativa do Inep era de que cerca de 7 milhões de inscrições. De acordo com a assessoria de imprensa do Inep, o balanço final de participantes do Enem só será divulgado na próxima semana.
      No ano passado, foram 9,2 milhões de inscritos – ou seja, até o momento, foram realizados o equivalente a 65% dos cadastros de 2016. Em 2015, o total foi de 8,4 milhões.
      A taxa subiu para R$ 82 e o boleto precisa ser pago até 24 de maio. Para checar o status de sua inscrição e gerar o boleto, os candidatos devem acessar o site www.enem.inep.gov.br/participante.
      Aplicativo do Enem foi reformulado (Foto: Reprodução/Inep) Aplicativo do Enem foi reformulado (Foto: Reprodução/Inep)
      Aplicativo do Enem foi reformulado (Foto: Reprodução/Inep)

      Leia mais...

      23 de maio de 2017 - 17:32:50

      Sem comentários

      Compartilhe:

        Polícia recaptura mais dois fugitivos de Pedrinhas, mas não tem pista dos perigosos assaltantes de bancos

        Dois fugitivos

        Após denúncias anônimas repassadas pelo Grupo de Serviço Avançado (GSA) do 21º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foram recapturados, na tarde desta terça-feira (23), mais dois fugitivos da Unidade Prisional de Ressocialização São Luís 6 (UPSL 6), unidade do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Os militares encontraram Alisson Pereira Lima, de 22 anos, e Kássio Gerdel Carvalho Ribeiro, 33, que haviam escapado naquela fuga em massa de detentos ocorrida no domingo (21).

        O Jornal Pequeno apurou junto ao delegado Tiago Bardal, chefe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), que os dois presidiários estavam escondidos em uma residência localizada no Quebra Pote, área rural de São Luís, em um trecho repleto de mangue. Assim que as equipes chegaram ao local, na comunidade Santa Helena, avistaram os dois criminosos, embora as denúncias anônimas indicassem que haveria quatro detentos na residência, sendo que um estaria baleado.

        Alisson e Kássio, disse o delegado Tiago, não estão naquela lista dos sete perigosos assaltantes de banco de quadrilhas interestaduais que eram o alvo do resgate perpetrado pela facção Primeiro Comando da Capital (PCC), que traçou um plano e instalou dinamites no muro do antigo Centro de Detenção Provisória (CDP), na noite de domingo, explodindo parte da parede. Bardal pontuou que esses dois recapturados aproveitaram a oportunidade, isto é, o corre-corre de internos, e passaram pelo buraco, desaparecendo logo em seguida durante o tiroteio.

        A fuga: na noite de domingo, após uma explosão de dinamites no muro da UPSL 6, 32 detentos correram em direção ao buraco aberto na parede, sendo que dois morreram no confronto entre bandidos armados com fuzis e agentes do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop). Sete foram recapturados pouco depois de buscas feitas pelas equipes e por policiais do Batalhão de Choque e da Companhia de Operações Especiais (COE).

        Leia mais...

        23 de maio de 2017 - 17:07:02

        Sem comentários

        Compartilhe:

          Finalmente! STF condena Maluf a mais de 7 anos de prisão e tira mandato de deputado

          Paulo Maluf

          Parlamentar também terá que pagar multa de R$ 1,3 milhão com correção monetária

          BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou nesta terça-feira o deputado Paulo Maluf (PP-SP) a sete anos nove meses e dez dias de prisão, em regime inicialmente fechado, pelo crime de lavagem de dinheiro. Ele também terá de pagar multa no valor de R$ 1,3 milhão, com correção monetária desde 2006. O parlamentar também foi condenado a entregar à União todos os valores desviados dos cofres públicos – que, na época, era estimado em R$ 1 milhão. O STF também declarou a perda do mandato de Maluf. Com a condenação, o parlamentar fica enquadrado na Lei da Ficha Limpa e não poderá concorrer às próximas eleições.

          As penas, no entanto, não terão efeito imediato. Primeiro, o STF vai publicar a decisão no diário da justiça eletrônico – o que pode levar até 60 dias. Depois disso, a defesa poderá entrar com embargos de declaração, um recurso que não costuma modificar, mas apenas esclarecer pontos duvidosos da decisão. Somente depois do julgamento do recurso é que a decisão poderá ser cumprida e a Câmara dos Deputados será notificada da perda do mandato.

          A decisão foi tomada pela Segunda Turma do STF, com os votos de Barroso, Edson Fachin, Rosa Weber e Luiz Fux. Segundo as investigações, os recursos lavados seriam oriundos principalmente de desvios das verbas para a construção da Avenida Águas Espraiadas, em São Paulo, quando Maluf era prefeito da cidade (1993-1996).

          Leia mais...

          23 de maio de 2017 - 11:24:13

          Sem comentários

          Compartilhe:

            Polícia continua à caça de 20 detentos que fugiram de Pedrinhas. Até agora, 9 recapturas; 3 morreram

            Jefferson Portela: agilidade para identificar e recapturar os fugitivos

            Desde a fuga registrada na noite desse domingo (21), na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), antigo CPD Pedrinhas, policiais civis e militares, além dos serviços de inteligência das Secretarias de Segurança Pública e de Administração Penitenciária, têm atuado de forma integrada para recapturar foragidos e identificar os envolvidos na ação. Até agora, nove detentos foram recapturados, 20 continuam foragidos e 3 morreram em confronto com policiais.

            De acordo com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a ação para conter mais fugitivos foi rápida e o trabalho de busca se estende também a outros estados.

            “Foi uma ação rápida e a ordem do Governo do Estado é recapturar e identificar todos os autores do crime. Já foi aberto um inquérito na Superintendência de Investigações Criminais (Seic) e pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO). Além disso estamos fazendo um trabalho integrado com os estados vizinhos, que já estão todos avisados”, detalhou Portela.

            Paralelo ao inquérito iniciado na Polícia Civil, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) também abriu sindicância interna para apurar as responsabilidades. Além dos presos envolvidos, serão ouvidos os servidores que estavam de plantão no dia da fuga.

            A suspeita de facilitação será investigada com rigor. “As circunstâncias não combinam com nossos procedimentos padrões de rotina, dentre os quais a inspeção de grades, justamente para verificar se estão ou não violadas. O caso será apurado, e os responsáveis punidos no rigor da lei”, garantiu o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

            Nos últimos três anos, a Seap já capacitou mais de 4 mil agentes de segurança penitenciária, dentre efetivos, temporários, auxiliares e estagiários. Nesse período, a gestão estadual também formou 235 novos agentes de carreira, aprovados em concurso público, realizado em 2015.

            Leia mais...

            23 de maio de 2017 - 11:06:23

            Sem comentários

            Compartilhe:

              Flávio Dino lança pacote de obras de infraestrutura turística para Barreirinhas

              Flávio Dino em Barreirinhas

              O governador Flávio Dino esteve na cidade de Barreirinhas na tarde desta segunda-feira (22) para lançar um pacote de obras de infraestrutura turística para a cidade. Em evento realizado na Câmara Municipal de Vereadores, o Governo do Estado assinou ordens de serviço para a recuperação das vias de acesso à Cardosa e ao Santo Antônio, além de mais uma fase do programa Mais Asfalto, e anunciou outras ações.

              Um dos pontos mais conhecidos de Barreirinhas, a Cardosa terá os 23 km do seu acesso todo recuperado para dar maior trafegabilidade, e, consequente, fluxo turístico ao local, que é famoso pelos passeios de boia. Outro lugar de grande movimentação, a estrada do Santo Antônio dá acesso às principais lagoas do município, e também será completamente recuperado.

              Além disso, o governador anunciou mais uma etapa do programa Mais Asfalto para contemplar as vias de acesso ao aeroporto, que também terá as obras retomadas em breve. “São investimentos de mais de R$ 10 milhões”, garantiu Flávio Dino, destacando, também, a pavimentação da MA-315, que liga Barreirinhas a Paulino Neves, e a interligação do aeroporto para o trecho.

              Leia mais...

              23 de maio de 2017 - 10:47:09

              Sem comentários

              Compartilhe:

                Deputado Rocha Loures, aliado de Temer, entrega mala dos R$ 500 mil à PF

                Rocha Loures, amigo e assessor de Temer, o homem da mala, entrega  o dinheiro à PF...

                Rocha Loures (PMDB-PR) foi flagrado na noite de 24 de abril, em São Paulo, saindo apressado do estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, carregando uma mala preta com dinheiro vivo

                O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) entregou à Polícia Federal, em São Paulo, a mala dos R$ 500 mil da JBS. O parlamentar, aliado do presidente Michel Temer (PMDB), foi flagrado na noite de 24 de abril, em São Paulo, saindo apressado do estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, carregando uma mala preta com R$ 500 mil em dinheiro vivo. Agentes da Polícia Federal o seguiam e o filmaram.

                As imagens mostram Rocha Loures desconfiado, olhando para os lados, em direção a um táxi que o aguardava na Rua Pamplona, com o porta-malas aberto
                Rocha Loures teve a prisão pedida pela Procuradoria-Geral da República. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou a prisão do aliado de Temer, mas decretou seu afastamento do mandato.

                Segundo a investigação, os R$ 500 mil seriam referentes a uma propina da JBS em troca do empenho do parlamentar em um projeto de interesse do grupo na Câmara.

                Leia mais...

                23 de maio de 2017 - 10:27:08

                Sem comentários

                Compartilhe:

                  PF prende assessor de Temer e ex-governadores de Brasília por fraudes de quase R$ 1 bi no Mané Garrincha

                  Ex-governadores José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz

                  Operação Panatenaico está nas ruas para cumprir 15 mandados de busca de apreensão, 10 mandados de prisão temporária além de 3 conduções coercitivas

                  A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 23, o ex-vice-governador de Brasília, Tadeu Filippelli (PMDB), atual assessor especial do presidente Michel Temer, e os ex-governadores José Roberto Arruda (PR) e Agnelo Queiroz (PT) na Operação Panatenaico.

                  A ação investiga uma organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para Copa do Mundo de Futebol de 2014.

                  Orçadas em cerca de R$ 600 milhões, as obras no estádio custaram ao fim, em 2014, R$ 1,575 bilhão. O superfaturamento, portanto, pode ter chegado a quase R$ 900 milhõeseu e-mail conteúdo de qualidade.
                  Entre os alvos das ações de hoje estão agentes públicos e ex-agentes públicos, construtoras e operadores das propinas ao longo de 3 gestões do Governo do Distrito Federal. A hipótese investigada pela Polícia Federal é que agentes públicos, com a intermediação de operadores de propinas, tenham realizado conluios e assim simulado procedimentos previstos em edital de licitação. A renovação do Estádio Mané Garrincha, ao contrário dos demais estádios da Copa do Mundo financiados com dinheiro público, não recebeu empréstimos do BNDES, mas sim da Terracap, mesmo que a estatal não tivesse este tipo de operação financeira prevista no rol de suas atividades.

                  Leia mais...

                  23 de maio de 2017 - 00:25:50

                  Sem comentários

                  Compartilhe:

                    Perito contratado por Temer diz que áudio não vale como prova e devia ir para o lixo

                    Ricardo Molina perito

                    Perito contratado por Temer diz que áudio não vale como prova e devia ir para o lixo.Ricardo Molina diz que até um leigo perceberia impropriedades na gravação

                    Perito contratado por Temer, Ricardo Molina diz que gravação feita por dono da JBS não vale como prova – Jorge William / Agência O Globo

                    Contratado pela defesa de Michel Temer para analisar o áudio da conversa entre o presidente e o empresário Joesley Batista, o perito Ricardo Molina afirmou nesta segunda-feira que a gravação seria imediatamente descartada em qualquer processo jurídico, e que deveria ser jogada no lixo, em função de diversos problemas.
                    Em entrevista coletiva em Brasília, o perito afirmou que há problemas que seriam detectados até por leigos na gravação. Ele afirma que o áudio está “inteiramente contaminado por inúmeras descontinuidades, mascaramentos por ruídos, longos trechos ininteligíveis ou de inteligibilidade duvidosa e várias outras incertezas” e que “não poderia ser considerado como uma prova material válida”, conforme escrito numa apresentação de Power Point exibida aos jornalistas.

                    O perito, no entanto, não soube apontar o numero exato de pontos do áudio com problemas, mas disse que eram mais de 50. Ele afirmou que contou com a ajuda de mais duas pessoas e três programas de computador.

                    Ele apontou a baixa qualidade do aparelho usado por Joesley.

                    — É uma gravação tão importante que estranha que tenha sido feita com um gravador tão vagabundo.

                    Leia mais...

                    23 de maio de 2017 - 00:05:13

                    Sem comentários

                    Compartilhe:

                      Rodrigo Janot volta a pedir prisão do senador Aécio Neves e do deputado Rocha Loures

                      Em recurso ao STF, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pede outra vez a prisão de Aécio, já negada por Fachin

                      Procurador-geral da República recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, que negou a prisão dos parlamentares, que foram afastados; recurso deverá ser analisado pelo plenário do STF.

                      O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
                      A PGR recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, que negou na semana passada, em decisão monocrática, a prisão preventiva (antes da condenação) dos parlamentares.

                      Com o recurso, o pedido deverá agora ser analisado pelo plenário do STF, formado pelos 11 ministros da Corte.

                      O advogado José Luis Oliveira Lima, que faz a defesa de Rodrigo Rocha Loures, afirmou que não há qualquer motivo para a prisão do deputado afastado e disse que aguarda o plenário do Supremo mantenha a decisão que negou o pedido de prisão feito por Janot. “O deputado, no momento oportuno, irá prestar todos os esclarecimentos devidos”, disse.

                      O advogado Alberto Toron, que faz a defesa de Aécio Neves, informou que aguarda ser intimado sobre o pedido da PGR “para apresentar suas contrarrazões, oportunidade em que demonstrará a impropriedade” do pedido. Tambem afirmou que ingressará no STF com um pedido para revogar o afastamento do senador do mandato “por falta de base legal e constitucional”.

                      O órgão entende que Aécio e Loures foram pegos em “flagrante por crime inafiançável” na tentativa de obstruir as investigações da Operação Lava Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, entregues na delação premiada da empresa.

                      Leia mais...

                      Página 3 de 30212345678910203040Última »
                      
                      
                      ©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção