Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

23 de maio de 2017 - 11:24:13

Sem comentários

Compartilhe:

    Polícia continua à caça de 20 detentos que fugiram de Pedrinhas. Até agora, 9 recapturas; 3 morreram

    Desde a fuga registrada na noite desse domingo (21), na Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís 6 (UPSL 6), antigo CPD Pedrinhas, policiais civis e militares, além dos serviços de inteligência das Secretarias de Segurança Pública e de Administração Penitenciária, têm atuado de forma integrada para recapturar foragidos e identificar os envolvidos na ação. Até agora, nove detentos foram recapturados, 20 continuam foragidos e 3 morreram em confronto com policiais.

    De acordo com o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a ação para conter mais fugitivos foi rápida e o trabalho de busca se estende também a outros estados.

    “Foi uma ação rápida e a ordem do Governo do Estado é recapturar e identificar todos os autores do crime. Já foi aberto um inquérito na Superintendência de Investigações Criminais (Seic) e pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado (DCCO). Além disso estamos fazendo um trabalho integrado com os estados vizinhos, que já estão todos avisados”, detalhou Portela.

    Paralelo ao inquérito iniciado na Polícia Civil, a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) também abriu sindicância interna para apurar as responsabilidades. Além dos presos envolvidos, serão ouvidos os servidores que estavam de plantão no dia da fuga.

    A suspeita de facilitação será investigada com rigor. “As circunstâncias não combinam com nossos procedimentos padrões de rotina, dentre os quais a inspeção de grades, justamente para verificar se estão ou não violadas. O caso será apurado, e os responsáveis punidos no rigor da lei”, garantiu o secretário da Seap, Murilo Andrade de Oliveira.

    Nos últimos três anos, a Seap já capacitou mais de 4 mil agentes de segurança penitenciária, dentre efetivos, temporários, auxiliares e estagiários. Nesse período, a gestão estadual também formou 235 novos agentes de carreira, aprovados em concurso público, realizado em 2015.

    Leia mais...

    23 de maio de 2017 - 11:06:23

    Sem comentários

    Compartilhe:

      Flávio Dino lança pacote de obras de infraestrutura turística para Barreirinhas

      O governador Flávio Dino esteve na cidade de Barreirinhas na tarde desta segunda-feira (22) para lançar um pacote de obras de infraestrutura turística para a cidade. Em evento realizado na Câmara Municipal de Vereadores, o Governo do Estado assinou ordens de serviço para a recuperação das vias de acesso à Cardosa e ao Santo Antônio, além de mais uma fase do programa Mais Asfalto, e anunciou outras ações.

      Um dos pontos mais conhecidos de Barreirinhas, a Cardosa terá os 23 km do seu acesso todo recuperado para dar maior trafegabilidade, e, consequente, fluxo turístico ao local, que é famoso pelos passeios de boia. Outro lugar de grande movimentação, a estrada do Santo Antônio dá acesso às principais lagoas do município, e também será completamente recuperado.

      Além disso, o governador anunciou mais uma etapa do programa Mais Asfalto para contemplar as vias de acesso ao aeroporto, que também terá as obras retomadas em breve. “São investimentos de mais de R$ 10 milhões”, garantiu Flávio Dino, destacando, também, a pavimentação da MA-315, que liga Barreirinhas a Paulino Neves, e a interligação do aeroporto para o trecho.

      Leia mais...

      23 de maio de 2017 - 10:47:09

      Sem comentários

      Compartilhe:

        Deputado Rocha Loures, aliado de Temer, entrega mala dos R$ 500 mil à PF

        Rocha Loures (PMDB-PR) foi flagrado na noite de 24 de abril, em São Paulo, saindo apressado do estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, carregando uma mala preta com dinheiro vivo

        O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) entregou à Polícia Federal, em São Paulo, a mala dos R$ 500 mil da JBS. O parlamentar, aliado do presidente Michel Temer (PMDB), foi flagrado na noite de 24 de abril, em São Paulo, saindo apressado do estacionamento de uma pizzaria nos Jardins, carregando uma mala preta com R$ 500 mil em dinheiro vivo. Agentes da Polícia Federal o seguiam e o filmaram.

        As imagens mostram Rocha Loures desconfiado, olhando para os lados, em direção a um táxi que o aguardava na Rua Pamplona, com o porta-malas aberto
        Rocha Loures teve a prisão pedida pela Procuradoria-Geral da República. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, negou a prisão do aliado de Temer, mas decretou seu afastamento do mandato.

        Segundo a investigação, os R$ 500 mil seriam referentes a uma propina da JBS em troca do empenho do parlamentar em um projeto de interesse do grupo na Câmara.

        Leia mais...

        23 de maio de 2017 - 10:27:08

        Sem comentários

        Compartilhe:

          PF prende assessor de Temer e ex-governadores de Brasília por fraudes de quase R$ 1 bi no Mané Garrincha

          Operação Panatenaico está nas ruas para cumprir 15 mandados de busca de apreensão, 10 mandados de prisão temporária além de 3 conduções coercitivas

          A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira, 23, o ex-vice-governador de Brasília, Tadeu Filippelli (PMDB), atual assessor especial do presidente Michel Temer, e os ex-governadores José Roberto Arruda (PR) e Agnelo Queiroz (PT) na Operação Panatenaico.

          A ação investiga uma organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Estádio Nacional Mané Garrincha para Copa do Mundo de Futebol de 2014.

          Orçadas em cerca de R$ 600 milhões, as obras no estádio custaram ao fim, em 2014, R$ 1,575 bilhão. O superfaturamento, portanto, pode ter chegado a quase R$ 900 milhõeseu e-mail conteúdo de qualidade.
          Entre os alvos das ações de hoje estão agentes públicos e ex-agentes públicos, construtoras e operadores das propinas ao longo de 3 gestões do Governo do Distrito Federal. A hipótese investigada pela Polícia Federal é que agentes públicos, com a intermediação de operadores de propinas, tenham realizado conluios e assim simulado procedimentos previstos em edital de licitação. A renovação do Estádio Mané Garrincha, ao contrário dos demais estádios da Copa do Mundo financiados com dinheiro público, não recebeu empréstimos do BNDES, mas sim da Terracap, mesmo que a estatal não tivesse este tipo de operação financeira prevista no rol de suas atividades.

          Leia mais...

          23 de maio de 2017 - 00:25:50

          Sem comentários

          Compartilhe:

            Perito contratado por Temer diz que áudio não vale como prova e devia ir para o lixo

            Perito contratado por Temer diz que áudio não vale como prova e devia ir para o lixo.Ricardo Molina diz que até um leigo perceberia impropriedades na gravação

            Perito contratado por Temer, Ricardo Molina diz que gravação feita por dono da JBS não vale como prova – Jorge William / Agência O Globo

            Contratado pela defesa de Michel Temer para analisar o áudio da conversa entre o presidente e o empresário Joesley Batista, o perito Ricardo Molina afirmou nesta segunda-feira que a gravação seria imediatamente descartada em qualquer processo jurídico, e que deveria ser jogada no lixo, em função de diversos problemas.
            Em entrevista coletiva em Brasília, o perito afirmou que há problemas que seriam detectados até por leigos na gravação. Ele afirma que o áudio está “inteiramente contaminado por inúmeras descontinuidades, mascaramentos por ruídos, longos trechos ininteligíveis ou de inteligibilidade duvidosa e várias outras incertezas” e que “não poderia ser considerado como uma prova material válida”, conforme escrito numa apresentação de Power Point exibida aos jornalistas.

            O perito, no entanto, não soube apontar o numero exato de pontos do áudio com problemas, mas disse que eram mais de 50. Ele afirmou que contou com a ajuda de mais duas pessoas e três programas de computador.

            Ele apontou a baixa qualidade do aparelho usado por Joesley.

            — É uma gravação tão importante que estranha que tenha sido feita com um gravador tão vagabundo.

            Leia mais...

            23 de maio de 2017 - 00:05:13

            Sem comentários

            Compartilhe:

              Rodrigo Janot volta a pedir prisão do senador Aécio Neves e do deputado Rocha Loures

              Procurador-geral da República recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, que negou a prisão dos parlamentares, que foram afastados; recurso deverá ser analisado pelo plenário do STF.

              O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).
              A PGR recorreu da decisão do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato, que negou na semana passada, em decisão monocrática, a prisão preventiva (antes da condenação) dos parlamentares.

              Com o recurso, o pedido deverá agora ser analisado pelo plenário do STF, formado pelos 11 ministros da Corte.

              O advogado José Luis Oliveira Lima, que faz a defesa de Rodrigo Rocha Loures, afirmou que não há qualquer motivo para a prisão do deputado afastado e disse que aguarda o plenário do Supremo mantenha a decisão que negou o pedido de prisão feito por Janot. “O deputado, no momento oportuno, irá prestar todos os esclarecimentos devidos”, disse.

              O advogado Alberto Toron, que faz a defesa de Aécio Neves, informou que aguarda ser intimado sobre o pedido da PGR “para apresentar suas contrarrazões, oportunidade em que demonstrará a impropriedade” do pedido. Tambem afirmou que ingressará no STF com um pedido para revogar o afastamento do senador do mandato “por falta de base legal e constitucional”.

              O órgão entende que Aécio e Loures foram pegos em “flagrante por crime inafiançável” na tentativa de obstruir as investigações da Operação Lava Jato, com base nas gravações realizadas pelos donos da JBS, entregues na delação premiada da empresa.

              Leia mais...

              22 de maio de 2017 - 20:16:14

              Sem comentários

              Compartilhe:

                Flávio Dino visita Complexo Eólico Delta 3, que entra em fase final de instalação no Maranhão

                O Maranhão ganhou o primeiro empreendimento que aproveitará a força dos ventos para produzir energia limpa e sustentável. Nesta segunda-feira (22), o Complexo Eólico Delta 3, da Omega Energia, entrou em fase final de instalação, entre as cidades de Barreirinhas e Paulino Neves. Ao lado dos executivos da empresa, o governador Flávio Dino acionou o primeiro aerogerador do parque, que recebeu investimentos de cerca de R$ 1,5 bilhão.

                O primeiro Complexo Eólico do Maranhão contará com 96 aerogeradores e já está com mais de 60% das obras concluídas, com a previsão de atingir os 100% no início do segundo semestre deste ano. Além deste projeto, a visita do governador Flávio Dino marcou o reforço da parceria para a conclusão da MA-315, que está sendo construída em colaboração entre o Governo do Estado e a Omega Energia.

                Para Flávio Dino, este é um momento importante que marca investimentos privados de grande monta que levarão desenvolvimento para o Brasil e o Maranhão. “Nós precisamos de energia para nossos lares, para o nosso setor empresarial, para que novos investimentos aconteçam. Neste caso, com o ponto positivo a mais que é uma fonte limpa de energia renovável e preconizada como uma das saídas para o mundo”, ressaltou.

                O governador enfatizou ainda que “a região possui concentração de ventos em razão do ecossistema bastante favorável”, que faz com que esse investimento seja rentável e possa, inclusive, ser ampliado. Na ocasião, ele visitou o complexo e acionou o primeiro aerogerador a entrar em funcionamento no Maranhão.

                De acordo com o secretário de Estado de Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo, a entrada na fase final de instalação do Complexo Eólico Delta 3 é um momento histórico para o Maranhão. “Foi importante na geração de emprego e renda aqui no Maranhão e continuará sendo importante para a geração de energia para o estado e para o Brasil”, pontuou.

                Leia mais...

                22 de maio de 2017 - 19:11:26

                Sem comentários

                Compartilhe:

                  Esmeralda gigante de 360 kg é achada no norte da Bahia. Pedra é avaliada em R$ 1 bilhão

                  Pedra foi localizada por cooperativa, na cidade de Pindobaçu, e vendida para minerador na região. (G1)

                  Uma esmeralda gigante, que pesa 360 kg e tem 1,3 metros de altura, foi encontrada há 25 dias na Mina da Carnaíba, no município de Pindobaçu, norte do estado. A região é conhecida pela exploração do mineral. Esta é a segunda pedra de grande porte encontrada na região. A primeira, achada em 2001, tinha 20 kg a mais e foi avaliada em cerca de R$ 1 bilhão.

                  A pedra foi localizada a 200 metros de profundidade pela Cooperativa Mineral da Bahia, que tem autorização para explorar a área, e vendida a um minerador da região. Por motivos de segurança, o dono da pedra bruta não quis dar entrevista e nem informou quanto pagou pela esmeralda. O advogado dele, Márcio Jandir, disse que o cliente já providenciou documentação para legalizar a propriedade da pedra adquirida por ele.

                  “Nós já fizemos toda a emissão do certificado de origem, exigencia do DNPM [Departamento Nacional de Produção Mineral]. O documento já foi emitido. Hoje o proprietário da pedra está autorizado a transitar com ela em território nacional e, obviamente, ele almeja fazer exposições com a pedra e apresentar em museus e bibliotecas”, disse o advogado.

                  A esmeralda Bahia, encontrada em 2001, foi levada para os Estados Unidos ilegalmente e, durante vários anos, foi motivo de uma disputa judicial entre o governo brasileiro e o americano. Até que, em 2015, foi decidido que a pedra ficaria nos Estados Unidos.

                  Leia mais...

                  22 de maio de 2017 - 18:42:49

                  Sem comentários

                  Compartilhe:

                    Já são 9 os recapturados vivos depois da explosão em Pedrinhas; 3 foram mortos em confronto com a polícia

                    TRÊS DOS FUGITIVOS RECAPTURADOS JÁ ESTAVAM PRATICANDO ASSALTOS QUANDO FORAM PRESOS PELA POLÍCIAS MILITAR

                    Sobe para nove o número de fugitivos recapturados pela Polícia Militar, depois da explosão, na noite de ontem (21) que abriu um rombo no muro da Unidade Prisional de Ressocialização de São Luís , antigo CDP (Centro de Detenção Provisória) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Seis deles foram presos logo depois da fuga. Mais três foram presos ontem, e um quarto bandido, ainda não identificado, morreu durante troca de tiros com a PM, juntando-se a mais dois que morreram ainda no domingo (21).

                    Os criminosos foram presos no povoado Itapera, na zona Rural de São Luís, fazendo o que mais sabem fazer: pegaram um táxi-lotação próximo a Praça da Bíblia e, nas proximidades do Anjo da Guarda, anunciaram o assalto, segundo relatou a policia

                    Com a prisão de Marcos André Silva, Gleilson dos Anjos Santos e Francisco Walison Moreira da Conceição, sobe para nove o número de detentos de volta ao presídio. Seis foram detidos ainda no domingo. Restam ainda 21 presos foragidos.

                    A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Sejap) já abriu sindicância para apurar uma possível facilitação na fuga dos detentos, conforme nota divulgada ainda pela manhã:

                    Leia mais...

                    22 de maio de 2017 - 17:50:00

                    Sem comentários

                    Compartilhe:

                      Defesa deTemer desiste de pedido para suspender inquérito no STF; seria faca de dois gumes…

                      advogados do presidente Michel Temer querem evitar uma derrota antecipada no plenário do Supremo Tribunal Federal.

                      Nesta tarde eles entraram com um novo pedido para que o ministro relator Edson Fachin não decida e nem leve a plenário o pleito anterior da defesa, que requer a suspensão do inquérito contra o presidente.

                      A defesa também contratou uma perícia particular, que aponta até 70 pontos de obscuridade no áudio. O resultado desta perícia seria, para os advogados, suficiente para dar consistência à defesa de Temer.

                      Fora isto, perder no julgamento do pedido de suspensão ajudaria a minar ainda mais o – já reduzido – apoio político do presidentais

                      Mais cedo a ministra Carmén Lúcia, presidente do STF, suspendeu o julgamento do pedido de suspensão feito anteriormente, condicionando-o à juntada nos autos dos laudos periciais da PF nos áudios e no gravador que Joesley Batista usou para gravar o presidente.

                      Leia mais...

                      
                      
                      ©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção