Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

15 de setembro de 2017 - 16:45:17

Sem comentários

Compartilhe:

    Pode? Mulher dá à luz bebês gêmeos filhos de pais diferentes

    Um empresário chinês milionário ficou surpreso ao descobrir que seus filhos gêmeos não eram completamente irmãos. Um dos bebês havia sido gerado a partir de outro homem.
    Gang Zhou, morador de Yiwu, província de Zhejiang, percebeu diferença nos filhos à medida que foram crescendo. Um deles não tinha nenhuma das fisionomias do homem ou de sua família, o que intrigou o pai.

    Preocupado, ele finalmente decidiu fazer um teste de DNA. O resultado chocou não só a ele, mas também aos especialistas: um dos filhos na verdade era de outro pai.

    O caso não é o primeiro, mas é bastante raro. Segundo especialistas, tal feito ocorre uma vez em um milhão de fecundações.

    Leia mais...

    09 de setembro de 2017 - 00:57:18

    Sem comentários

    Compartilhe:

      Modernização – Flávio Dino entrega Centro de Controle inédito no Porto do Itaqui

      O governador Flávio Dino entregou na quarta-feira (06) um inédito Centro de Controle Operacional (CCO) no Porto do Itaqui, colocando o empreendimento numa nova fase de atuação. Além disso, também foi lançado o edital para a construção de um novo berço no porto. São nesses berços que os navios atracam para fazer carregamentos e descarregamentos.

      As duas medidas fazem parte do crescimento acelerado e sustentado que o porto tem vivido nos últimos dois anos e meio. “É mais um passo para a modernização do Porto do Itaqui. Trazemos segurança para as operações realizadas no ponto do Itaqui. O nosso porto é cada vez mais demandado e tenho certeza que continuará sendo”, disse o governador.

      O Centro de Controle agora conta com seis postos de monitoramento para acompanhar, por meio de rádio e imagens, as operações no porto em tempo real. A equipe de operações pode controlar a programação de navios e cargas no Porto do Itaqui por um painel digital (videowall).
      O novo berço do Porto do Itaqui terá 270 metros de comprimento, 40 metros de largura, profundidade de 15 metros e será dedicado a carga geral e granéis sólidos. “São obras importantes que vão gerar empregos, vão exigir grande necessidade de recursos humanos num grande momento de dificuldade para o Brasil”, afirmou o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, responsável pela gestão do porto.

      Entre as outras tecnologias que serão incorporadas ao novo controle, estão o acesso por biometria, automação de portarias e balanças. A instalação de rádios digitais em estações fixas e móveis, ampliando a área de cobertura, também fazem parte das tecnologias incorporadas.

      Leia mais...

      08 de setembro de 2017 - 23:20:41

      Sem comentários

      Compartilhe:

        PGR pede prisão de Joesley, Ricardo Saud e ex-procurador Marcello Miller

        BRASÍLIA – A Procuradoria-Geral da República pediu nesta sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão preventiva do dono da JBS, Joesley Batista, do diretor da empresa Ricardo Saud, segundo a Globonews, e do ex-procurador Marcello Miller. O advogado é suspeito de fazer jogo duplo, ou seja, atuar como investigador do grupo de trabalho da Lava-Jato e, ao mesmo tempo, defender os interesses de executivos da J&F no início deste ano, conforme entendimento unânime da equipe de auxiliares mais próximos do procurador-geral Rodrigo Janot. Miller continua a prestar depoimento na noite desta sexta-feira na sede da Procuradoria Regional da República da 2ª Região, no Centro do Rio. O depoimento já dura mais de sete horas.

        Os pedidos de prisão serão encaminhados ao relator da Lava-Jato no STF, ministro Edson Fachin. Ele ainda não teve acesso aos pedidos. A tendência é que examine com cautela ao longo do fim de semana antes de tomar uma decisão.

        A equipe do procurador-geral considera que ao patrocinar a defesa do empresário Joesley Batista e outros delatores da J&F, controladora da JBS, o ex-procurador incorreu em crimes como envolvimento com organização criminosa, exploração de prestígio e obstrução de justiça.

        A tendência é de que seja pedida também a prisão dos executivos da JBS Joesley Batista e Ricardo Saud.Ministros do STF teriam se irritado com o conteúdo de uma conversa de quatro horas entre Batista e Saud.

        Na conversa, gravada involuntariamente, os dois falam sobre arrancar do ex-ministro José Eduardo Cardozo revelações comprometedoras sobre ministros do STF.

        Leia mais...

        08 de setembro de 2017 - 23:01:00

        Sem comentários

        Compartilhe:

          Propina leva Sarney, Lobão e toda a cúpula do PMDB no Senado ao STF

          PGR aponta que atuais e ex-senadores receberam R$ 864,5 milhões em propina paga por fornecedores da Petrobras. Denunciados negam irregularidades.

          O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira (8) denúncia contra políticos do PMDB do Senado.
          Foram denunciados os senadores Edison Lobão (MA), Jader Barbalho (PA), Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO), além do ex-senador e ex-presidente José Sarney. Também foi denunciado o ex-senador pelo PSDB e ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado.

          De acordo com as investigações, os sete políticos receberam R$ 864,5 milhões em propina paga por fornecedores da Petrobras e sua subsidiária Transpetro (veja mais abaixo nesta reportagem).

          A acusação aponta crime de organização criminosa, cuja pena varia entre 3 a 8 anos de prisão, além de multa.

          Todos os denunciados negaram participação no esquema de propina. O advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, que defende Romero Jucá, Edison Lobão e José Sarney, afirmou que recebe a denúncia “com perplexidade”. Para ele, Janot demonstra que é contra políticos e partidos.

          Leia mais...

          04 de setembro de 2017 - 11:52:32

          Sem comentários

          Compartilhe:

            Câmara vota fim das coligações nas eleições para deputados e vereadores

            Proposta que integra a reforma política será o item único da sessão desta segunda-feira (4). Na terça-feira, pauta também inclui outra PEC sobre o tema, que cria um fundo com recursos públicos para financiar as campanhas eleitorais e muda o sistema eleitoral.

            O Plenário da Câmara dos Deputados terá sessões de votação a partir de segunda-feira (4), com pauta que inclui o fim das coligações partidárias para as eleições proporcionais e a criação de uma cláusula de desempenho para acesso a recursos do Fundo Partidário e ao horário gratuito de rádio e TV. Essas medidas constam da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 282/16, que trata da reforma política.

            A PEC 282 será o item único da sessão de segunda-feira, marcada para as 16 horas. Na terça-feira (5), estão previstas sessões desde as 9 horas, com pauta que inclui mais de 30 itens.

            O substitutivo de autoria da deputada Shéridan (PSDB-RR), aprovado na comissão especial que analisou a PEC 282, proíbe as coligações para as eleições proporcionais (deputados e vereadores) já a partir das eleições de 2018, desde que a proposta seja promulgada como emenda constitucional até um ano antes das eleições (7 de outubro).

            Dessa forma, as coligações serão permitidas apenas para os cargos majoritários (prefeito, governador, presidente da República e senador).

            Quanto à cláusula de desempenho, haverá uma transição até 2030 quanto ao índice mínimo de votos obtido nas eleições para a Câmara dos Deputados ou de deputados federais eleitos. Esse índice será exigido para acesso ao Fundo Partidário e ao horário gratuito de rádio e TV.

            Entretanto, segundo informou o líder do PSDB, deputado Ricardo Tripoli (SP), a deputada Shéridan apresentará mudanças antes da votação da matéria em relação à cláusula de desempenho, às coligações para 2018 e à federação partidária, que permite a partidos pequenos atuarem conjuntamente.

            Leia mais...

            29 de agosto de 2017 - 11:58:17

            Sem comentários

            Compartilhe:

              Flávio Dino entrega obras e leva investimentos a Bequimão e Pinheiro, nesta terça

              Reivindicação antiga de quem mora em Bequimão e entorno, que vai garantir mais acesso e mobilidade, a Ponte do Balandro está sendo entregue pelo governador Flávio Dino nesta terça-feira (29). O governador cumpre agenda no município e realiza ainda inauguração de equipamentos sociais, entrega de itens escolares e melhorias no sistema de abastecimento de água com novos poços.
              Toda em concreto armado e construída sobre o Rio Itapetininga, a Ponte do Balandro recebeu investimentos do Governo de mais de R$ 2,9 milhões. Os serviços contemplaram, ainda, a recuperação da estrada que dá acesso ao bairro do Balandro e povoados vizinhos. A nova Ponte do Balandro mede 72 metros de comprimento e 12 metros de largura, com duas pistas para veículos e uma passarela de cada lado para pedestres.

              Além dos moradores da sede, a construção beneficia também os povoados Santa Vitória, Barroso, Floresta, Santana, Centrinho de Santana, Juraraitá, Beirada, Cai-Cai, Iribuí, Itaputíua, Calhau, Ponta do Soares, Carrapicho e Sassuí, além de encurtar a distância para quem mora na região de Jacioca, alcançando milhares de pessoas. O financiamento foi viabilizado junto ao BNDES e a licitação aconteceu em 2014. As obras iniciaram mas foram paralisadas, sendo retomadas no início de 2016, já na atual gestão.

              Leia mais...

              29 de agosto de 2017 - 11:34:10

              Sem comentários

              Compartilhe:

                A mídia tradicional vê com certo preconceito o fato de Fufuquinha assumir a presidência da Câmara Federal

                Parlamentar em 1º mandato, aliado de Cunha, maranhense substitui Maia, que assume o Palácio do Planalto interinamente

                São Paulo – Com o presidente Michel Temer em viagem para a China, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumindo interinamente o seu lugar no Palácio do Planalto e o primeiro vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), integrando a comitiva de Temer, sobrou para o deputado André Fufuca (PP-MA), segundo vice-presidente, comandar a Casa pelos próximos oito dias.

                Fufuquinha, como é conhecido em seu estado, ganhou fama no ano passado ao se comportar como o fiel escudeiro do hoje ex-deputado e preso pela Lava-Jato Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

                O deputado ganhou destaque também ao se indispor com o também deputado Júlio Delgado (PSB-MG) durante o depoimento de Cunha no Conselho de Ética, em maio do ano passado.

                Na ocasião, Fufuca havia sido recém-nomeado para o colegiado, movimento que foi considerado suspeito por aqueles congressistas que enxergavam em Fufuca um soldado a serviço do peemedebista.

                Delgado afirmou que Fufuca chamava Cunha de “papi” nos corredores do Congresso. A reação de Fufuca é sucesso no YouTube. Ele aparece chamando Delgado de “moleque” e diz que nunca usou a expressão “papi” porque ela seria “afeminada”.

                Apesar das negativas, o furor em defender Cunha nunca foi disfarçável. Em plenário, ele chegou a comparar a denúncia contra Cunha à acusação contra Tiradentes, herói da Inconfidência.

                Fufuca votou a favor do cassação da presidente Dilma Rousseff e contra o afastamento de Temer. No último caso, passou a sessão inteira postado atrás de Maia. A exposição fez com que o deputado virasse meme na internet. No mais compartilhado deles, o deputado foi comparado ao novo Zacarias, interpretado pelo ator e comediante Gui Santana, no remake de Os Trapalhões.

                Fufuca nasceu em Santa Inês, no Maranhão. De família tradicional na política, André Luiz de Carvalho Ribeiro herdou o apelido do pai, Fufuca Dantas (Fufuca é uma derivação de Francisco), que é prefeito de Alto Alegre do Pindaré.

                Leia mais...

                29 de agosto de 2017 - 11:09:40

                Sem comentários

                Compartilhe:

                  Deu na Veja! Quem é Fufuquinha, o deputado maranhense que vai chefiar a Câmara por 7 dias

                  André Fufuca (PP-MA) será o presidente da Casa até a volta de Temer de viagem à China, já que Rodrigo Maia (DEM-RJ) assumirá a Presidência da República

                  O presidente Michel Temer (PMDB) vai à China nesta terça-feira, permitindo ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumir a Presidência da República pela sexta vez no ano. Como Temer levará em seu avião para a Ásia o 1º vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), o comando da Casa caberá ao maranhense André Fufuca, 2º vice-presidente – ele deverá ficar no cargo até o dia 5 de setembro.

                  Aos 28 anos, André Luiz Carvalho Ribeiro é parlamentar de primeira viagem em Brasília e adotou como sobrenome o apelido do pai, Francisco Ribeiro Dantas Filho, o Fufuca Dantas (PMDB), atual prefeito de Alto Alegre do Pindaré (MA). Fufuca é um apelido derivado de Francisco.

                  No passado, o deputado Fufuca foi integrante da tropa de choque do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – hoje, é um aliado fiel de Temer. Outro ex-aliado fiel de Cunha, o deputado Hugo Motta (PMDB-PB) compartilhou o registro de uma ida do grupo a um jogo do Flamengo em 2015, com Fufuca, o então presidente da Câmara e André Moura (PSC-SE), hoje líder de Temer no Congresso:

                  Médico de formação, Fufuquinha, como é conhecido, iniciou a sua carreira política no PSDB, partido pelo qual foi deputado estadual no Maranhão entre 2011 – foi eleito com apenas 21 anos – e 2014, ano em que passou para o Legislativo federal. A vitória, no entanto, veio no nanico Partido Ecológico Nacional (PEN), o mesmo que agora quer mudar de nome para Patriotas e abrigar o sonho presidencial de Jair Bolsonaro (RJ), hoje no PSC.

                  Leia mais...

                  15 de agosto de 2017 - 01:21:51

                  Sem comentários

                  Compartilhe:

                    Mauro Santayana, em artigo: “AS FRONTEIRAS DA SUBALTERNIDADE”…

                    No Brasil de hoje, parece que no trato com os gringos, estamos agindo como se estivéssemos quase sempre, despudoradamente, em permanente consulta proctológica.

                    Enquanto os EUA suspendem a isenção de vistos para 38 países e o número de brasileiros barrados em aeroportos europeus – principalmente os espanhóis – aumenta em quase 10% – foram 923 apenas no primeiro trimestre – ainda há sujeitos que, no primeiro escalão do governo, defendem a isenção unilateral de vistos para países ditos “desenvolvidos”, como se tivéssemos que assumir, na “nova ordem” mundial, a condição de cidadãos de segunda classe.

                      

                    O “trade” turístico que nos desculpe, mas o 

                    diabo está nos “detalhes”.

                    O excitatório frenesi dos vira-latas – que, junto ao entreguismo mais abjeto,  não consegue se refrear neste governo – precisa entender que, nas relações internacionais, o limite para o pragmatismo e o déficit de dignidade é o critério de reciprocidade. 

                    Não se deve assegurar ao outro o que ele faz questão – de forma aberta e oficial – de negar-nos.

                    Leia mais...

                    15 de agosto de 2017 - 00:40:59

                    Sem comentários

                    Compartilhe:

                      O plano da Câmara para perdoar 543 bilhões que empresários devem à União

                      Cifra proposta no Refis, que renegocia débitos, é duas vezes maior que orçamento de São Paulo.
                      Medida Provisória do tema deve ser votada nesta semana na Câmara em pleno “apagão fiscal”

                      Para receber 500 milhões de reais no curto prazo, o Governo Michel Temer (PMDB) pode abrir mão de arrecadar até 543,3 bilhões de reais em um período de três anos. Assim é o programa de refinanciamento de dívidas com a União batizado de Novo Refis, que deve ser votado nessa semana na Câmara dos Deputados. Apenas para efeito de comparação, o valor que deverá deixar de entrar nos cofres da União é 2,6 vezes maior do que o orçamento anual de São Paulo, o Estado mais rico do país.

                      Desde que foi enviada ao Congresso, em maio deste ano, a medida provisória 783, a MP do Novo Refis, já enfrentava oposição interna. A Receita Federal e a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional emitiram notas técnicas nas quais concluíram que liberar o refinanciamento de dívidas de empresas e pessoas físicas da forma como estava fazendo era prejudicial às contas públicas. Inicialmente, a estimativa de perda de receita era de 63,8 bilhões de reais nos próximos três anos.

                      Depois de receber cerca de 300 emendas parlamentares, os deputados conseguiram desfigurar ainda mais a proposta malfadada. Consecutivamente, diminui de maneira estratosférica a estimativa de valor a ser arrecadado no curto prazo.

                      Leia mais...

                      Página 2 de 32412345678910203040Última »
                      
                      
                      ©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção