Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

13 de novembro de 2017 - 19:17:58

Sem comentários

Do jeitinho da novela da Globo agiu o covarde que, em S. Luís, quase matou ex-mulher a porradas

A novela das 9 da Rede Globo está mostrando um relacionamento conturbado em que o personagem Gael é doente só para bater na mulher, Clara. Não importa se ela está, indisposta, grávida, alegre ou triste. O negócio dele é bater na esposa. E anda se diz arrependido sempre após o malfeito.

Nessa  da vida imitar a arte, Lúcio André Silva Soares –  filho de Zé Genésio, ex-prefeito de Pinheiro, também irmão do atual prefeito do município, Luciano Genésio – agiu muito parecido com o personagem da novela global, até mesmo com a história de tomar o celular da vítima, como ocorre no folhetim

Mas como o histórico das agressões do maranhense começou bem antes da novela, é até provável que o autor tenha sabido da sua doença e se inspirado nele para compor o personagem televisivo.

Na novela também tem um delegado sem vergonha que faz vistas grossas para os crimes dos poderosos do lugar onde ocorre o enredo fictício. Já aqui no Maranhão, de verdade, tem autoridades policiais e judiciais que agem muito parecido para proteger covardes que batem em mulher, bem como traficantes e assaltantes de banco…

Pois não é que, depois de espancar e quase matar a ex-companheira – sendo contido e preso por amigos da vítima e por policiais chamados ao local, Lúcio André pagou uma fiança e saiu da delegacia como se nada houvesse acontecido…

Segundo registro policial,  na noite de sábado, (11),  André espancou o quanto pode a ex-companheira, advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva, com quem teria um filho de 1 ano de idade. De acordo com a família de Ludmila, Lúcio André já havia agredido a ex-mulher grávida de cinco meses, no ano passado.

Ainda segundo essas informações, o crime de violência doméstica ocorreu após um jantar para possível reconciliação. O agressor forçou a vítima a postar uma foto do casal nas redes sociais e tentou tomar à força seu celular, para que pudesse verificar se havia conversas com homens. Ludmila negou, e, então, o agressor pediu a conta e informou que deixaria a ex-companheira em casa.

Durante todo o percurso do restaurante até a residência da vítima, na Cohama, Lúcio André Silva Soares a espancou e a expulsou a chutes do carro. O agressor tentou, ainda, atropelar Ludmila, mas foi impedido por uma vizinha.

Os vizinhos de Ludmila impediram que Lúcio André Silva Soares fugisse. O homem foi encaminhado ao Plantão Central do Cohatrac, mas pagou fiança de R$ 4.685,00 e já está solto. O Alvará de Soltura foi concedido pelo Delegado Valber do Socorro Andrade Braga.

Advogados, promotores e outros especialistas em Direito condenam a decisão do delegado de soltar o agressor sem que ele chegasse a esquentar o banco do xadrez.

NR – As distorções na imagem da vítima foram feitas  pelo jornal O Imparcial. As mesmas fotos foram publicadas em diversos canais pelas redes sociais. Teriam sido fornecidas pela própria família da vítima para mostrar o grau de violência com que fora agredida pelo covarde.

 

O simulacro de galã, Lúcio André, também bate na mulher…. As costas dela após apanhar!

Como ficou o rosto de Ludmila após a violência

Foi um massacre…

Compartilhe:

    Nenhum comentário Quero comentar!

    No comments yet.

    Leave a comment





    
    
    ©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção