Blog do Machado

contato@blogdomachado.com.br

16 de fevereiro de 2017 - 18:06:07

Sem comentários

População comemora 68 anos de Matinha com importantes investimentos do Governo Estadual

O município de Matinha celebrou 68 anos, nesta quarta-feira (15), e pôde comemorar com importantes investimentos do Governo do Estado, anunciados pelo secretário de Estado de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry. Além do Centro de Referência de Assistência Social (Cras), entregue no dia do aniversário, foi anunciado, entre outras realizações, asfaltamento, a entrega de uma ambulância e a construção de um ginásio, ações importantes para melhorar a qualidade de vida da população matinhense.

“É uma grande alegria para o Governo do Maranhão comemorar este aniversário. O governador Flavio Dino pediu que estivéssemos hoje aqui para trazer abraços e cumprimentos e também trazer parcerias e ações. Inauguramos o Cras, que é uma parceria com a Prefeitura, e também fazemos anúncios importantes em diversas áreas”, relatou Márcio Jerry.
Dentre os investimentos anunciados, o Governo assegurou, além de ação emergencial para tapar buracos em avenidas importantes do município, a inclusão no programa ‘Mais Asfalto’, assim que retomado, a construção de um ginásio para prática de esportes e ainda realizou o repasse dos cartões do programa Bolsa Escola, a ser entregues para a população para compra de material escolar. “Receberá uma ambulância que foi pleiteada, também estamos começando uma etapa de um convênio de pavimentação asfáltica, em que Estado garantiu a massa asfáltica e o município os equipamentos para que possa haver uma ação emergencial. Assim como o aceleramento das obras da Estrada do Peixe, que é uma obra importante para a cidade. Enfim, várias ações aqui em Matinha, a exemplo do que o governador está fazendo, mesmo em meio à grave crise econômica do país, em centenas de outros municípios”, pontuou o secretário.

O Cras, localizado no Bairro Novo, recebeu o investimento de R$ 395 mil e é um ponto de atendimento para população em situação de vulnerabilidade, garantindo direitos e proteção para quem mais precisa.

Leia mais...

16 de fevereiro de 2017 - 17:51:11

Sem comentários

Operação da PF faz buscas e apreensões na casa de filho de Lobão por causa de propina em Belo Monte

OPERAÇÃO SE BASEIA EM PROVAS OBTIDAS POR DELAÇÃO NA OPERAÇÃO LAVA-JATO, MAS SENADOR LOBÃO SE DIZ INDIGNADO EM NOTA QUE SEUS ADVOGADOS DIVULGARAM APÓS A AÇÃO

A Polícia Federal deflagrou no início da manhã desta quinta-feira (16) a operação Leviatã, para cumprir mandados de busca e apreensão nas casas e escritórios de pessoas investigadas por propina na construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará. A Leviatã se baseia em provas coletadas na Operação Lava Jato.
Entre os alvos da operação, segundo a Polícia Federal, estão o ex-senador pelo PMDB do Pará Luiz Otávio e o filho do senador Edison Lobão (PMDB-MA), Márcio Lobão. Os mandados da Leviatã foram expedidos pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

As buscas estão relacionadas a um inquérito que corre no STF para investigar pagamento, por parte das empresas do consórcio de Belo Monte, de 1% dos valores das obras da usina ao PT e ao PMDB.

A Leviatã focou a parte do esquema que repassava dinheiro para o PMDB porque a parte do PT, por não envolver pessoas com foro privilegiado, tramita na Justiça Federal do Paraná.

Os advogados de Márcio Lobão divulgaram nota na qual disseram que houve buscas na casa dele no Rio de Janeiro. A

PF faz buscas na casa de Marcio Lobão, filho do senador maranhense Edison Lobão…
nota afirma que a medida foi “drástica” e que Márcio Lobão reitera não ter cometido “nenhum ilícito” (veja a íntegra da nota no final desta reportagem).

Leia mais...

13 de fevereiro de 2017 - 21:42:50

Sem comentários

Reforma do ensino médio deve ser sancionada na quinta-feira pelo presidente Michel Temer. Veja os principais pontos…

A proposta divide as disciplinas em cinco áreas de conhecimento: 1 – linguagem e suas tecnologias 2 – matemática e suas tecnologias 3 – ciências da natureza e suas tecnologias 4- ciências humanas e sociais aplicadas 5 – formação técnica e profissionais

Relator da reforma do ensino médio, o senador Pedro Chaves (PSC-MS) acredita que o texto aprovado na quarta-feira da semana passada (8) pelo Senado será sancionado na íntegra pelo presidente Michel Temer (PMDB-SP).

Em entrevista à Rádio Senado, Pedro Chaves afirmou que a sanção deverá acontecer na próxima quinta-feira (16), quando o Projeto de Conversão 34/2016, originário da Medida Provisória 746/2016, será transformado definitivamente em lei.

Chamada pelo MEC (Ministério da Educação) de “Novo Ensino Médio”, a proposta divide as disciplinas em cinco áreas de conhecimento (linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas/sociais e formação técnica/profissional) e prevê a implantação gradativa do ensino integral, de sete horas por dia ou 1,4 mil horas por ano.
Abra no LEIA MAIS e veja os principais pontos:

Leia mais...

13 de fevereiro de 2017 - 19:32:26

Sem comentários

Suzane Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato dos pais, é selecionada no Fies para cursar faculdade católica

A detenta Suzane von Richthofen, condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, foi pré-selecionada para obter empréstimos para pagar a mensalidade em uma universidade católica privada em Taubaté (SP). O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) divulgou nesta segunda-feira (13) a lista com os nomes dos candidatos aprovados, segundo noticiou o G1

Com o nome na lista dos selecionados, o governo pode pagar até 100% do valor do curso da detenta. Para ter direito de acessar o programa, a presa tem que concluir a inscrição no SisFies até esta terça-feira (14).

Suzane se cadastrou para fazer o curso de administração, que é presencial, no período noturno da faculdade Dehoniana. De acordo com as informações obtidas pelo G1 no site do Fies, havia apenas duas vagas disponíveis no Fies para o perfil escolhido pela presa.

No Fies, os estudantes são classificados a partir da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Suzane teria obtido nota 675,08 no exame, que foi feito nos dias 13 e 14 de dezembro de 2016 dentro da penitenciária Santa Matia Eufrásia Pelletier, em Tremembé (SP), onde ela está desde 2006.

Agora, com o resultado da pré-seleção, a Defensoria Pública, que defenda Suzane, deve entrar com pedido na Vara de Execuções Criminais (VEC) para que ela faça faculdade. Cabe à juíza Sueli Zeraik analisar o pedido – que ainda não foi entregue ao judiciário e pode ser recusado.

A faculdade Dehoniana informou que não foi realizada a matrícula da presa e que a lista dos aprovados no Fies não foi entregue à instituição até o fim da tarde desta segunda -feira. As aulas na faculdade começaram no último 6 e a mensalidade do curso custa R$ 596 ao mês.

Leia mais...

13 de fevereiro de 2017 - 18:06:19

Sem comentários

Prefeitos começam a discutir em São Paulo a organização da II Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Dirigentes de entidades municipalistas de todo país discutem na próxima semana, durante encontro em São Paulo, à pauta da 20ª edição da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, organizada pela CNM (Confederação Nacional de Municípios).

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina (PSDB), participará dos dois dias de reunião — segunda e terça-feira (13 e 14), na capital paulista, segundo adiantou o diretor político da entidade, José Domingues Ramos, o Zé Cabelo.

No primeiro dia, o encontro ocorrerá na APM (Associação Paulista de Municípios) com a participação dos presidentes de associações de municípios e secretários-executivos das entidades.

No dia seguinte, haverá uma reunião política no mesmo local e uma visita ao governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP), além da cerimônia de posse da nova diretoria e conselhos da APM.

Na prática, a intenção da CNM é encaminhar os assuntos a serem inseridos na pauta de reivindicações da próxima Marcha a Brasília, que anualmente reúne cerca de 4 mil prefeitos de todo país em Brasília.

Leia mais...

10 de fevereiro de 2017 - 21:13:16

Sem comentários

Capitã do Corpo de Bombeiros é vítima de estupro dentro da própria casa, em São Luís

Uma capitã do Corpo de Bombeiros, de 46 anos de idade, cuja identidade a polícia mantém em sigilo, foi estuprada dentro de sua própria casa, na Chácara Brasil, região do bairro do Turu, cidade de São Luís do Maranhão, na manhã de hoje (10).

Após o ato, segundo as primeiras informações policiais, o criminoso fugiu, levando pertences da vítima.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, ela foi surpreendida por um homem que chegou em uma bicicleta, no momento em que saía de casa, e obrigada a voltar para o interior da residência, onde o suspeito a amarrou e depois de revirar a casa a estuprou.

O criminoso, que portava um revólver, fugiu na mesma bicicleta em que chegara na casa da vítima. A polícia faz buscas no sentido de prendê-lo. Já a capitã prestou queixa na 7ª Delegacia de Polícia Civil, no bairro Turu, mas o caso será investigado pela Delegacia da Mulher.

A vítima foi encaminhada para o Instituto Médico Legal para ser submetida a exame de conjunção carnal.

Leia mais...

10 de fevereiro de 2017 - 16:53:28

Sem comentários

Escândalo! O quase futuro ministro do STF, Alexandre Moraes, diz que se surpreendeu com reunião em barco com senadores

O ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer para o Supremo Tribunal Federal, divulgou uma nota na tarde desta sexta-feira (10) na qual disse ter sido “surpreendido” ao descobrir que uma reunião com senadores sobre a indicação dele para a Corte seria em um barco.

A cerca de duas semanas da data prevista para ser sabatinado na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, Alexandre de Moraes passou por uma “sabatina informal” em um jantar no barco do senador Wilder Morais (PP-GO) na última terça (7).

A sabatina oficial, na CCJ, antecede a votação no plenário do Senado, que decidirá se aprova ou não a indicação. Integram a CCJ 10 dos 13 senadores investigados na Lava Jato.

Alexandre de Moraes se licenciou do Ministério da Justiça após ter sido indicado para a vaga no Supremo aberta após a morte de Teori Zavascki.

A “sabatina informal” ocorreu na noite de terça, um dia depois de Moraes ter sido indicado por Temer. Pelo menos oito senadores participaram do jantar.

Segundo o G1 apurou, no encontro, Moraes respondeu aos questionamentos dos parlamentares sobre temas como a relação profissional, como advogado, com o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e com uma cooperativa de transportes supostamente ligada à organização criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Leia mais...

10 de fevereiro de 2017 - 03:56:39

Sem comentários

Juiz ordena prisão preventiva de ex-presidente do Peru no caso Odebrecht

Um juiz peruano emitiu nesta quinta-feira (9) uma ordem de prisão preventiva de 18 meses contra o ex-presidente Alejandro Toledo, por supostamente ter recebido US$ 20 milhões em propinas da construtora Odebrecht.

O juiz Richard Concepción, titular do Primeiro Tribunal de Investigação Preparatória da Sala Penal Nacional, confirmou a ordem de prisão preventiva solicitada pelo promotor anticorrupção Hamilton Castro, quem acusa o ex-presidente dos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro.

Toledo se encontra fora do Peru, e aparentemente esteve no último fim de semana em Paris (França), embora sua residência seja nos Estados Unidos, onde trabalha como pesquisador na Universidade de Stanford.

Este fato foi um dos motivos que levou o juiz a ordenar a prisão de Toledo, outras razões para mandado foram a gravidade dos crimes de que ele é acusado, com penas de pelo menos quatro anos de prisão.

Além disso, indicou que os “elementos de provas” existentes são suficientes e “respaldam com alto grau de confiabilidade” as acusações contra o ex-presidente.

Portanto, o juiz rejeitou a solicitação feita pelo advogado de Toledo, Heriberto Jiménez, para que o ex-presidente tivesse aparições regulares no tribunal, ao invés de permanecer preso enquanto continua a investigação.

Segundo o promotor Hamilton Castro, Odebrecht e Toledo acordaram com o pagamento de US$ 20 milhões em favor do ex-presidente, para favorecer a construtora na licitação da Estrada Interoceânica do Sul, que atravessa o território peruano, a partir da costa do Oceano Pacífico até a fronteira com o Brasil.

Leia mais...

09 de fevereiro de 2017 - 23:58:40

Sem comentários

Comissão que vai sabatinar Moraes tem 10 senadores investigados na Lava Jato. Lobão é um deles…

SENADOR MARANHENSE EDISON LOBÃO (PMDB), QUE VAI PRESIDIR A COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA, É UM DELES.

Por Gustavo Garcia, G1, Brasília

Composta por 54 senadores (27 titulares e 27 suplentes), a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) tem dez parlamentares alvos de inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) no âmbito da Operação Lava Jato. Ao todo, dos 81 senadores na Casa, 13 são investigados na Lava Jato.

Uma das mais importantes comissões do Senado, a CCJ tem, entre suas atribuições, a tarefa de sabatinar indicados à Suprema Corte, caso do ministro licenciado da Justiça, Alexandre de Moraes. A previsão é de que a sabatina aconteça no fim de fevereiro.

Moraes foi escolhido pelo presidente Michel Temer para ser o substituto de Teori Zavascki – morto em acidente aéreo em janeiro. Se, depois da sabatina da CCJ, o Senado aprovar a indicação, Moraes assumirá uma cadeira no STF e será o novo ministro revisor da Lava Jato na Corte.

O revisor auxilia o relator, sugerindo medidas para corrigir algum problema do processo, além de confirmar, completar ou retificar o relatório (resumo do caso).

São alvos de inquéritos da Lava Jato no Supremo os seguintes integrantes da CCJ:

Titulares

Jader Barbalho (PMDB-PA) – é alvo de três inquéritos na Lava Jato;
Edison Lobão (PMDB-MA) – é alvo de dois inquéritos;
Valdir Raupp (PMDB-RO) – é alvo de quatro inquéritos e de uma denúncia;
Benedito de Lira (PP-AL) – é alvo de denúncia;
Lindbergh Farias (PT-RJ) – a Procuradoria-Geral da República pediu ao STF, no dia 25 de janeiro de 2017, o arquivamento de inquérito sobre o petista.

Suplentes

Romero Jucá (PMDB-RR) – é alvo de dois inquéritos;
Renan Calheiros (PMDB-AL) – é alvo de oito inquéritos;
Fernando Collor (PTC-AL) – é alvo de seis inquéritos e de uma denúncia;
Gleisi Hoffmann (PT-PR) – alvo de um inquérito, a senadora já é ré em ação penal em andamento no STF
Humberto Costa (PT-PE) – em agosto de 2016, a Polícia Federal afirmou que não vê indícios suficientes contra o senador. Cabe à PGR decidir se pede ou não o arquivamento do caso.

Leia mais...

09 de fevereiro de 2017 - 23:36:11

Sem comentários

Fachin autoriza a 1ª investigação contra Sarney na Lava-Jato. Senadores Renan Calheiros e Romero Jucá também serão investigados, além de Sérgio Machado, ex-diretor da Transpetro.

Senadores Renan Calheiros e Romero Jucá também serão investigados, além de Sérgio Machado, ex-diretor da Transpetro. Foi o primeiro inquérito aberto pelo novo relator da Lava Jato no Supremo – ele substituiu Teori. Políticos negam acusação da Procuradoria-Geral da República de que tentaram obstruir operação.

G1 – Por Mariana Oliveira, TV Globo, Brasília

O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, atendeu a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e autorizou abertura de inquérito para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR), o ex-senador José Sarney (PMDB-AP) e o ex-diretor da Transpetro Sérgio Machado por tentativa de obstrução da Operação Lava Jato. Todos os políticos negam ter cometido crime.

Janot pediu aval para investigar os quatro por entender que houve embaraço à investigação de organização criminosa em razão dos fatos revelados na delação premiada de Sérgio Machado, que gravou conversas com os políticos. Numa das gravações, Jucá sugere “pacto” para barrar a Lava Jato.

Foi o primeiro inquérito aberto pelo novo relator da Lava Jato após a morte do ministro Teori Zavascki – Fachin substituiu Zavascki na relatoria. Depois da investigação, que não tem prazo para terminar, o procurador-geral tem que decidir se denuncia os suspeitos ou se pede arquivamento do caso.

Com a abertura do inquérito desta quinta-feira, Renan Calheiros responde agora a uma ação penal e a 12 inquéritos no Supremo, dos quais nove da Operação Lava Jato. Jucá é investigado em oito inquéritos no Supremo, dos quais três da Lava Jato. Sérgio Machado agora é investigado em dois inquéritos da Lava Jato, e Sarney é alvo de uma apuração (a que foi aberta nesta quinta).

Leia mais...

Página 1 de 3123


©2012 José Machado - Web Design MP Marketing e Promoção